Re-o-Cupa realiza festival de música dia 24 de junho

Organizado pelo Re-o-Cupa, o Dia Da Música (DDM) que acontece no dia 24 de junho, na Rua Afonso Pena, trará bandas maranhenses e do Rio de Janeiro. Sendo a 3° edição do festival, o evento é gratuito. O festival começa às 15h, sendo uma alternativa para o São João.

É um festival de música independente que atua em 22 estados e mais de 45 cidades brasileiras, traz mais de 370 shows gratuitos. As bandas Ninfas Equatorial, Garatujos, Mano Magrão e seu Bando, Pietá e Núbia estão confirmados para o evento. Conheça um pouco sobre as bandas.

  • Ninfas Equatorial

Desde 2013, a banda traz uma proposta de musicalidade que oscila entre o rock sem bateria, a psicodelia eletroacústica e as sinestesias visuais. Da Ilha de Paquetá, um bairro pitoresco do Rio de Janeiro, a banda apresenta músicas autorais, buscando um espírito de simplicidade, transcendental, bucólica e mística.

Seu primeiro disco é de 2015, chamado “Tudo Faz Sentido”. Ultimamente estão morando em São Luís e estão em processo do segundo disco, intitulado “Tudo Faz Sentindo” que tem previsão para o mês de julho desse ano. Formados por João Simas (guitarrista), Jane Maciel (vocalista), Ramusyo (baixista) e Bruno Ferreira (guitarrista). Mais informações HTTPS://www.facebook.com/ninfasequatoriais

  • Garatujos

Tendo uma influência do Afoxé, Baião, Maracatu, Blues, Rock, Groove, Soul e o Black Music, a banda Garatujos se declara uma Banda de Jazz. Reunindo grandes músicos e compondo músicas com elementos da música brasileira e nordestina. Sua caminhada começou em 2013, o nome da banda é uma árvore com raízes mistas. Formados por Gabriel Rocha (toca mais de um instrumento), Pedro Muller (baixo), Gabriel Goés (guitarra), Daniel Almeida (mais de um instrumento), Zequinha (percussão) e Bigonua (metais). Mais informações https://www.facebook.com/garatujos/

  • Mano Magrão e seu Bando

Substituindo o grupo Eletro Acústico Preto Nando. São um grupo de Rap onde suas turmas são uma denúncia das mazelas sociais versando não desejo de transformação radical da sociedade. Sendo um grupo maranhense, é formado por Ailton Penha, conhecido como Mano Magrão (vocalista), Fil Lipe Wagner (guitarrista), Thiago Garcez (zabumba) e Adolescentes Emílio R. Silva (baixista). Mais informações: https://www.youtube.com/user/manomagrao

  • Núbia

Trazendo um resgate histórico e oral dos saberes ancestrais para o direcionamento e surgimento do novo. A banda de reggae usa suas músicas como protesto e empoderamento. Formado por Rodrigo Nascimento (baixo), Nathália Rodrigues (vocal), Núbia Rodrigues (vocal), Filipe Lisboa (guitarra), Jordão Otsuka (teclado), Carlos Silva (bateria), Erivan Nery (Metais) e Demetrios Lucio (percussão). Mais informações https://www.facebook.com/BandaNubia/?ref=br_rs

  • Pietá

Tendo seu último disco “Leve o que quiser” com participações especiais de Chico César, Claudio Nucci e Carlos Malta. A banda Pietá se destacam no cenário musical autoral nos três últimos anos com um repertório novo e dinâmico, explorando a multiplicidade da música brasileira. Formados por Juliana Linhares (vocal), Rafael Louga (percussão) e Frederico Demarca (violão). Mais informações https://www.facebook.com/projetopieta

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s