A Polícia Federal revelou que Carlos Lula, atual secretário de Saúde do Maranhão, tinha conhecimento do esquema criminoso que desviou dinheiro público de hospitais do estado do Maranhão, em 2015.

Através de investigações feitas pela Polícia Federal com a ultilizou ao de escutas telefônicas, revelou que Carlos quando era secretário-adjunto de Assuntos Jurídicos e Legislativos da Casa Civil, tinha conhecimento do esquema em setembro de 2015.