Casa das Tulhas atrai turistas com produtos maranhenses

Azulejos, produtos feitos da fibra do Buriti, tiquira, entre outros, são os mais procurados na feira mais antiga da cidade de São Luís

Por Larissa Brito

A Casa das Tulhas, também popularmente conhecida como Feira da Praia Grande, é dos pontos mais visitados do Centro Histórico de São Luís. Além de possuir uma rica arquitetura, oferece aos visitantes a oportunidade de conhecer um pouco do artesanato e da gastronomia ludovicenses.

Os Turistas e os próprios moradores de São Luís visitam diariamente o comércio mais antigo da cidade à procura de produtos típicos da Ilha do Amor. O local recebe regularmente visitantes paraenses, paulistas mineiros e até mesmo de outras nacionalidades, como franceses, holandeses e portugueses, que chegam à procura de produtos específicos.

20180419_105415-01
Imagem de Larissa Brito

Os mais procurados são os azulejos – que representam bem o Centro Histórico – bolsas, chapéus, tapetes – produtos estes que são feitos da fibra do buriti – e a mais conhecida cachaça do Maranhão, a tiquira, a bebida artesanal feita da mandioca. “Aqui procuramos vender produtos da nossa terra. Feijões que só dão no Maranhão, castanhas, a farinha d’água, tipicamente maranhense, cachaças e doces”, disse Júlio César Araújo, um dos comerciantes mais antigos do mercado.

A feira da Praia Grande também possui uma rica gastronomia com alimentos que representam bem a região. No paladar dos turistas os produtos com maior destaque são o arroz de cuxá, torta de camarão, peixe frito e a famosa galinha caipira.

Comerciantes afirmam que para chamar a atenção dos seus clientes, investem num bom atendimento, limpeza e organização do local. Porém, os mesmo encontram dificuldades, com turistas internacionais na hora da comunicação. Segundo Lucinéia Pereira, dona de uma das lojas encontradas na área interna da feira, a falta de conhecimento de um outro idioma é um problema. “A nossa dificuldade é quando chega turistas de fora, pois sem guia não sabemos a língua deles, e para ter uma comunicação é muito complicado”, ressaltou.

A Casa das Tulhas foi o primeiro mercado fundado em São Luís

Construída no início do século XIX, denominava-se Terreiro Público, local de guarda e venda de gêneros alimentícios. Após o ano de 1820, passou a ser chamada Casa das Tulhas. Com a reconstrução do local em 1855, feita pela Companhia Confiança com a licença da Câmara de São Luís, e ainda com as mudanças ao longo dos anos, as comercializações foram crescendo. Hoje, é um local que vende apenas produtos típicos do Maranhão. O comerciante mais antigo, que trabalha há mais de 30 anos, é o Senhor Raimundo Costa, “é muito bom e gratificante trabalhar aqui, pois além de satisfazer financeiramente é uma feira diferenciada pelo fato de já ter sido o centro de bastecimento de São Luís e pela frequência de turistas”, contou. A Casa das Tulhas faz parte dos bens protegidos pela UNESCO, sendo considerado parte do patrimônio da humanidade.


Leia mais Notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp (98) 98506-2064

Para O Cubo crescer, vamos precisar da sua ajuda. Seja patrão do blog dando um pequeno patrocínio.

https://www.catarse.me/ocubo?ref=project_link


Digite seu e-mail para assinar as notificações deste site

Junte-se a 1.026 outros seguidores

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s