Pessoas com deficiência são prejudicadas por falta de acessibilidade no Centro Histórico de São Luís

A falta de infraestrutura dificulta o direito de ir e vir de cadeirantes

Por Ricardo Castro

Buracos e obstáculos em calçadas, carros estacionados irregularmente, atrapalhando o passeio público, falta de rampas e ineficiência na sinalização estão entre os principais problemas enfrentados pelos cadeirantes que frequentam a área do Centro Histórico
da capital maranhense.

“Os gestores não conseguem aplicar as leis que resguardam os direitos das pessoas com deficiência, isso é complicado porque as ações ficam sedimentadas, presas, faltando a totalidade da compreensão do que é a necessidade de implementar políticas públicas
voltadas para esse público”, enfatizou o coordenador do Fórum Maranhense das Entidades de Pessoas com Deficiência e Patologia de São Luís, Dylson Bessa.

Além da precariedade dos acessos, a falta de educação foi um outro aspecto apontado por Fábio Oliveira, um frequentador assíduo do Centro Histórico. Segundo ele, as pessoas destroem as poucas rampas que existem e ainda estacionam seus carros em frente a elas, obstruindo e dificultando a passagem não só dos cadeirantes, mas também de idosos e pessoas com dificuldades de locomoção. “As rampas já são poucas, não são todas as esquinas que têm, e naquelas que têm, geralmente, encontramos carro parado atrapalhando. Falta educação, fiscalização, falta punição”, denunciou.

Procuramos o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), para que o órgão se posicionasse em relação aos problemas do Centro Histórico – área reconhecida, há 20 anos, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura (UNESCO), como Patrimônio Mundial da Humanidade. Em nota, o Iphan limitou-se a dizer: “Sugerimos que procurem a Subprefeitura do Centro Histórico, órgão ligado a Prefeitura de São Luís, por trata-se de acessibilidade e mobilidade urbana”.

Procurada pela produção, a Subprefeitura não quis se pronunciar sobre o assunto.


Leia mais Notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp (98) 98506-2064

Para O Cubo crescer, vamos precisar da sua ajuda. Seja patrão do blog dando um pequeno patrocínio.

https://www.catarse.me/ocubo?ref=project_link


Digite seu e-mail para assinar as notificações deste site

Junte-se a 1.026 outros seguidores

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s