Governo Bolsonaro queria mudar bula da cloroquina, diz Mandetta em CPI da Covid-19

O ex-ministro da Saúde do Governo Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta, disse durante seu depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito do Senado, que o Governo Federal queria mudar a bula do remédio cloroquina para ser recomendada para uso contra a covid-19.

O ministro declarou que o ato de querer mudar a bula foi durante a época de sua demissão. Que em uma reunião com representantes do Governo Federal, junto com o Presidente Bolsonaro, existia um decreto federal não assinado que mudaria a bula da cloroquina.

No primeiro momento, Mandetta afirmou que o presidente Bolsonaro queria que a Anvisa alterasse a bula da cloroquina, para que constasse a indicação para o tratamento da Covid-19. O remédio não tem eficácia comprovada contra a doença e seu uso não é recomendado pela OMS.

A CPI da Covid-19 investiga a condução de políticas públicas na pandemia. Mandetta esteve no cargo até abril de 2020. O seu sucessor na pasta, Nelson Teich, também seria ouvido nesta terça-feira, mas por causa do atraso, acabou sendo mudado para amanhã (05).

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: