Museus e Casas de Cultura maranhenses na programação virtual da 19ª Semana Nacional de Museus

Anúncios

Pelo segundo ano consecutivo, a Semana Nacional de Museus acontecerá de forma virtual, em função das restrições impostas pela pandemia causada pela Covid-19. De 17 a 23 de maio de 2021, centenas de museus brasileiros farão suas atividades, alusivas ao Dia Internacional dos Museus, celebrado no dia 18. 

Com a pandemia do novo coronavírus, os museus estão com as visitações espontâneas suspensas temporariamente, atendendo apenas por agendamento. Assim as instituições estão buscando alternativas para manter as atividades através do ambiente virtual.

No Maranhão, os museus e casas de cultura, coordenados pelo Governo do Estado, via Secretaria de Estado da Cultura (Secma), mais uma vez participarão da Semana com exposições virtuais, lives, visitas museológica e ampliando debates importantes a respeito de acervo, arte, recuperação, fomento, entre outros temas. 

Espaços como Museu de Alcântara (na cidade de Alcântara), Convento das Mercês (que abriga a Fundação da Memória Republicana Brasileira – FMRB), Casa do Maranhão, Casa de Cultura Josué Montelo, Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, Cafua das Mercês, Forte Santo Antônio, Museu Histórico e Artístico do Maranhão, Museu de Artes Visuais, Museu de Artes Sacra, e Casa do Tambor de Crioula terão atividades virtuais nas redes oficiais de cada Casa. No caso do Convento das Mercês haverá programação presencial, mediante agendamento. 

Neste ano, a 19ª Semana Nacional de Museus traz como tema, “O futuro dos museus: recuperar e reimaginar”, que propõe a reflexão sobre o futuro dos museus, fomentar as discussões do campo museal e inspirar os eventos propostos pelas instituições.

Anúncios

De acordo com o secretário de Estado da Cultura, Anderson Lindoso, é salutar fomentar a discussão sobre os museus e casas de cultura no que tange ao futuro desses espaços museológicos. “Participar dessa Semana Nacional, dialogar com outros espaços e refletir sobre o que estamos fazendo e o que podemos fazer para manter e despertar essa curiosidade sobre acervo, memória, história, é algo preponderante para deixar para as gerações futuras, dentro do estado e fora dele”. 

Para Amélia Cunha, diretora do Museu Histórico e Artístico do Maranhão e Coordenadora da Rede Estadual de Museus, a temática tem sua importância, quando propõe um dialógo entre os museus e também com a sociedade. 

“Esse é um tema extremamente pertinente. Acredito que temos  pontos muito fortes que fazem com que esse tema seja muito relevante, por exemplo, o fato de que quase todas as casas de cultura e museus do mundo inteiro, na pandemia, tiveram que se reinventar, tiveram que reprogramar suas atividades, rever a sua forma de lidar com o público e de lidar com o seu acervo”, disse Amélia

Em São Luís, mesmo com as Casas temporariamente fechadas, foi feito um esforço para que houvesse uma ampla participação na Semana. “Reinventar o fazer museológico é saber tratar das redes sociais, é saber tratar com esse público que vê cada vez mais o museu pela tela, pelas redes sociais, é um desafio. As casas de cultura coordenadas pela Secma tem conseguido um público cada vez maior e se reinventaram, se tornando mais próximas de um público que talvez nem frequentaria e não tinha costume de ir aos museus. Há um esforço das equipes desses espaços na busca de aprofundamento de temas interessantes e de estreitar essa relação com o público, que é de um museu vivo e dinâmico”, atestou Amélia Cunha 

Anúncios

Semana Nacional de Museus

A Semana é uma temporada cultural coordenada pelo Ibram que acontece todo ano em comemoração ao Dia Internacional dos Museus (18 de maio), e tem como propósito mobilizar os museus brasileiros a partir de um esforço de concentração de suas programações em torno de um mesmo tema. A 1ª Semana Nacional de Museus ocorreu em 2003, com 57 museus inscritos e 207 eventos em 36 cidades brasileiras. 

O Dia Internacional dos Museus foi criado em 1977 pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM), um organismo que integra a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A cada ano a ICOM escolhe um tema específico para debater durante o Dia Internacional dos Museus. 

O guia da programação da 19ª Semana Nacional de Museus pode ser consultado no endereço: https://www.museus.gov.br/guia-da-programacao-da-19a-semana-nacional-de-museus-esta-disponivel/

Anúncios

Programação

Convento das Mercês (FMRB)

Exposição “Mulheres”, de 17 a 23 de maio, das 8h às 18h; 

Visita mediada no Museu. Obedecendo ao protocolo de medidas preventivas à Covid-19, de 17 a 21 de maio, das 9h às 17h.

Casa do Tambor de Crioula

Exposição Virtual sobre Tambor de Crioula, dia 17, às 12h.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: