A crise também é estética: Obra de arte é apagada na Península

A obra de arte feita por Ontônio Xofer, onde retratava Maria de Nazaré grávida em cima do jumento foi apagada nesta quinta-feira (03).

Denunciado pelo artista em sua rede social, a obra mostrava Maria em uma representação mais nordestina. Ontônio Xofer ainda relata que a obra foi feita no dia 25 de dezembro de 2020. Moradores locais na época denunciaram a obra de arte a Polícia Militar, quando foi defendido por uma mulher que não foi identificada.

No local, foi instalado uma obra falsa de Rembrandt, chamada Tempestade o Mar da Galileia e instalado duas câmeras ilegais. Pois a capela localizada na Península é tombada e não pode ser modificada.

Curiosamente, a obra de Rembrandt foi roubada por ladrões disfarçados de policiais. Sendo uma dos roubos mais famosos da história da arte. Talvez seja um sinal de que, ao apagar um obra original feita por maranhenses, os responsáveis por esse ato tenham roubado um pouco da beleza do local por puro egoísmo.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: