Projeto leva qualificação profissional e incentiva protagonismo feminino no Residencial Jomar Moraes

Joelma dos Santos Sá, 32 anos, desempregada, moradora do Residencial Jomar Moraes, é uma das alunas do curso de manicure do Projeto de Trabalho Técnico Social (PTTS), que visa desenvolver ações de apoio e fortalecimento às famílias residentes no prédio, através de atividades que promovem a inclusão social e a geração de trabalho e renda.

Anúncios

Executado pela Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), o PTTS integra o projeto PAC Rio Anil e é voltado às famílias residentes nos bairros Camboa, Liberdade, Fé em Deus e Alemanha que foram contempladas com apartamentos no residencial Jomar Moraes, localizado no Parque Pindorama em São Luís. Nesta primeira etapa, foram oferecidos os cursos de cabeleireiro, cuidador de idoso e manicure.

Para Joelma Sá, a capacitação foi uma oportunidade de aperfeiçoamento, uma vez que sonha em abrir seu próprio negócio. Durante a trajetória no curso, por conta de problemas pessoais, pensou em desistir algumas vezes. Mas a vontade de conquistar a certificação foi maior. “Eu fui motivada pelas minhas amigas. Com muita fé em Deus consegui finalizar o curso. É uma oportunidade que me deixa mais próxima de realizar meus sonhos”, afirmou.

Em grande maioria mulheres, mães de família, as turmas dos cursos de cabeleireiro, cuidador de idoso e manicure finalizaram as 80 horas de carga horária eletiva na última sexta-feira (18). Atendendo a medidas sanitárias necessárias neste perídio de pandemia da Covid-19, foi realizado um lanche junino, para comemorar a conquista.

A certificação dos alunos acontecerá na próxima semana, no auditório da Secid. Daniele Ferreira, que coordena o projeto, explica que além das capacitações que foram realizadas, outras ações serão promovidas no sentido de garantir a convivência familiar e comunitária.

Anúncios

“Os cursos possibilitam aos participantes uma fonte de renda a mais dentro da família, podendo colocar a capacitação em prática individual ou em grupo incentivando assim, o associativismo e o empreendedorismo”, explicou a coordenadora.

Ainda segundo Daniele Ferreira, o curso é um divisor de águas na vida de várias participantes. “É um instrumento de transformação de vidas. Hoje, essas mulheres conseguiram conhecimento e, com perseverança, vão conquistar suas independências financeiras”, afirmou.

PTTS

Para as próximas etapas estão previstos os cursos de pedreiro, eletricista, técnica em vendas, designer de sobrancelhas, culinária vegetariana, reaproveitamentos de alimentos, informática básica, artesanato e montagem de bijuterias.

Estão programados, também, os cursos de cooperativismo e associativismo, que serão desenvolvidos por meio de ações que contemplam a produção, coleta e destinação de lixo, saneamento e abastecimento de água, conservação de imóveis, análise de risco ambiental, poluição atmosférica e sonora, dentre outros aspectos relacionados à ecologia, a saúde e ao meio ambiente.

Para o secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Márcio Jerry, os cursos demonstram que as atividades da gestão do governador Flávio Dino são contínuas. “A nossa responsabilidade, enquanto gestores públicos, não se encerra com a entrega da chave do apartamento. Ela prossegue. A gente precisa sempre ir aprimorando. Surgem demandas novas”.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: