“Não tenho prova” o fracasso transmitido ao vivo

Em uma tentativa fracassada de manter seu nome em alta e reconquistar seu eleitorado que cada vez mais vem diminuindo, o Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), realizou nesta quinta-feira (29), uma live através de uma rede social para mostrar provas de que as eleições foram fraudadas.

Bolsonaro passou três anos declarando que tinha provas de “fraudes eleitorais”. Depois de tanta enrolação em uma live vergonhosa, quase como um episódio de uma série ruim onde coloca o antagonista em uma situação humilhante, Bolsonaro acaba admitindo que não tem prova nenhuma de suas acusações.

Anúncios

Com duas horas de tortura, todos esperavam pelo menos um roteiro minimamente organizado para não passar tanto desespero. Bolsonaro vem caindo cada vez mais a cada pesquisa divulgada. Na pesquisa da Econométrica divulgada nesta quinta-feira (29), Bolsonaro perderia para o ex-presidente Lula com uma diferença gritante.

Em um cenário estimulado, Lula tem 59,5% dos votos, enquanto Jair Bolsonaro tem somente 23,4%. Dar para imaginar o desespero do Presidente da República vendo que não terá mais a mamata do Estado por pelo menos 2 anos.

Ainda na live, Bolsonaro usou de sua maior arma, a Fake News. Não tendo provas de sua afirmações, Bolsonaro apelou para notícias falsas que já foram até mesmo desmentidas por vários veículos de checagem de notícias.

Anúncios

O presidente estava ao lado de um “especialista”, o Eduardo Gomes da Silva, que é coronel do Exército e ex-acessor especial do Ministro Luiz Eduardo Ramos na Casa Civil. Porém, em seu currículo divulgado pelo Planalto, o coronel não tem nenhuma especialização na área de programa ou seguraça da informação. Especialista em que exatamente ele seria?

O estranho disso tudo, é que Bolsonaro e sua famílicia sempre foram eleitos pelo atual sistema de eleição. Justamente quando ele se ver sem um norte para se reeleger, inventa e tenta de toda forma criar uma narrativa para mudar o sistema eleitoral. Querendo de alguma forma, arranjar um jeito de abrir espaço para uma possível fraude.

As eleições de 2022 já começou de forma indireta e Bolsonaro está perdendo. Ele sabe que o atestado e a facada não funcionam mais. Essa live mostrou o desespero e é uma prévia de como vai ser as eleições de 2022: Bolsonaro desesperado e atirando mentiras para todo lado.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: