CCJ aprova projeto que reduz valor do absorvente higiênico

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania aprovou, na reunião realizada na manhã desta terça-feira (10), o Projeto de Lei 370/2021, de autoria do Poder Executivo, que inclui absorvente higiênico aos itens da cesta básica. Caso aprovado e sancionado, os consumidores pagarão um valor menor pelo produto, pois a cobrança de ICMS sobre o item será reduzida.

Anúncios

O projeto, com relatoria do deputado Adelmo Soares (PCdoB), foi apresentado à Assembleia Legislativa após Indicação do deputado estadual Yglésio Moyses (PROS), que, além do absorvente higiênico, também pedia inclusão de outros produtos, como fraldas descartáveis infantis ou geriátricas.

O foco é garantir maior assistência em saúde, principalmente às mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica, pauta bastante defendida pelo deputado nas últimas semanas.

Vulnerabilidade social

 Com foco na assistência às mulheres que vivem em situação de rua, Yglésio solicitou à Prefeitura de São Luís, ano passado, por meio da Indicação 874/2020, a distribuição de absorventes íntimos, tendo em vista o elevado risco de contaminação devido a não utilização do produto, situação que se agravou na pandemia de Covid-19.

Assistência 

Ainda com foco no combate à pobreza menstrual, e levando em consideração as dificuldades enfrentadas pela população na pandemia, o parlamentar solicitou que a Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), distribuísse absorventes íntimos nas escolas estaduais.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: