Governo do Maranhão lança curso sobre o Estatuto da Juventude e Protagonismo Juvenil

A Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), por meio da Escola dos Conselhos Elisangela Correia Cardoso, em parceria com a Secretaria de Estado Extraordinária de Juventude (Seejuv), lançou o curso Estatuto da Juventude e Protagonismo Juvenil, totalmente online e gratuito, disponível na plataforma cursos.participa.ma.gov.br. O curso tem como objetivo apresentar o Estatuto da Juventude como marco histórico, social e político do desenvolvimento do protagonismo juvenil no Brasil, identificando os desafios e perspectivas para a garantia dos direitos da juventude na atualidade.

Anúncios

O secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Chico Gonçalves, destacou que “esta é mais uma ação de Educação em Direitos Humanos e que estimula a participação popular de forma consciente e capacitada. Desta vez, voltadas para os jovens, o que me anima, particularmente, porque acredito que desde cedo, os jovens devem participar da vida política do nosso país, reivindicar direitos e garantir políticas que se afirmam no presente, como acesso à educação, cultura, trabalho, esporte, saúde e lazer para os jovens e os futuros jovens, ao mesmo tempo, que assegura uma vida digna no futuro, com uma velhice saudável, ativa”, explicou.

A diretora da Escola dos Conselhos, Maria Gorete, explica que “com mais este curso se espera fortalecer a participação popular e o controle social na política de juventude além de contribuir para melhor compreensão sobre esta agenda de direitos”. O curso tem 40h/aula, distribuída em quatro módulos. Os concludentes que cumprirem os requisitos de aprovação tem acesso ao certificado imediatamente na plataforma, sem burocracia.

Este é o oitavo curso autoinstrucional do catálogo da Escola dos Conselhos – espaço permanente de formação e capacitação com foco na participação popular na administração pública estadual, criada em 2017, pelo Governo do Estado no âmbito da Sedihpop.

Anúncios

Até o primeiro semestre deste ano, já foram mais de 4 mil pessoas que participaram das atividades educativas da Escola dos Conselhos, dos quais aproximadamente 40% são conselheiros de direitos ou de políticas públicas ou conselheiros tutelares.

Desde maio de 2020, a Escola dos Conselhos, impulsionada pela necessidade do distanciamento social trazido pela pandemia de Covid-19, iniciou o uso de plataformas digitais de aprendizagem para dar prosseguimento às suas atividades de formação.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: