Fonte do Ribeirão será reformada em comemoração ao Dia Nacional do Patrimônio Histórico

A Fonte do Ribeirão será reformada conforme a ordem de serviço para a recuperação, assinada pela Prefeitura de São Luís. A reforma será em comemoração ao Dia Nacional do Patrimônio Histórico, que é celebrado nesta terça-feira (17).

Anúncios

A ordem de serviço está programados para serem concluídos em 20 dias. Deteriorada pela ação do tempo e a ausência de cuidados para sua manutenção, atualmente a Fonte do Ribeirão já não apresenta sua beleza por completo. Orçados em, aproximadamente, R$ 80 mil, os serviços de restauro irão transformar esta realidade.

Será feito o preenchimento dos rejuntes danificados das pedras de lioz do piso da fonte e das escadas, que também terão os espelhos dos seus degraus refeitos por causa do avanço das raízes. Também será feita a pintura de todas as paredes e das carrancas. 

A réplica da estátua de Netuno, no topo da fonte, passará por novo resinamento para manter o aspecto natural, melhorando o aspecto visual e preservando sua integridade. A estátua original fica guardada na sede da Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Maranhão (Iphan) no Maranhão, na Rua do Giz. 

Os serviços se estendem também ao entorno da fonte, que receberá melhorias nas calçadas e trocas do meio-fio para alinhamento correto das calçadas. Também serão feitas ações de paisagismo, recomposição dos paralelepípedos e nova iluminação. 

As obras serão executadas pela Semurh em parceria com a Secult e da Fumph, que elaborou o projeto de recuperação.

Anúncios

Fonte do Ribeirão

A Fonte do Ribeirão fica localizada no antigo Sítio do Ribeirão, bairro popular, e era famosa pelas vendedoras de peixe frito com farinha d’água. O monumento data do ano 1796 e foi construído pelo tenente-coronel português Dom Fernando Antônio de Noronha, do Conselho de Sua Majestade, que governou o Maranhão entre 1792 e 1798. Foi erguida pela necessidade de saneamento e melhoria do serviço de abastecimento de água à população de São Luís. Conta-se que suas largas galerias seriam túneis que ligavam as igrejas locais e faziam parte de um labirinto escavado pelos jesuítas, para contrabando de escravos. 

Considerada um dos principais cartões postais de São Luís, a Fonte do Ribeirão é um importante exemplar da arquitetura colonial presente na capital. Sua construção, datada do século XVIII, é composta por pedras de cantaria, paredões e biqueiras em bronze que chamam atenção de quem passa pelo local, características que fizeram da estrutura um espaço tombado pelo Iphan desde 1950.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: