Dados revelam importância da presença de mulheres na ciência, mostra o Gender Summit

A diversidade de gênero é fundamental para a qualidade da pesquisa científica, revelam dados do Gender Summit, evento internacional que ocorre de modo online entre 15 e 23 de setembro,  com foco no Brasil e América Latina. O encontro de cientistas, empreendedores, educadores e personalidades atuantes em setores como inovação e sustentabilidade conta com programação voltada para a apresentação de estudos sobre a importância da atuação de mulheres para o desenvolvimento da ciência.

Anúncios

Organizado por British Council, CNPq e Portia, o Gender Summit reúne instituições de ensino superior e pesquisa científica, órgãos de governo e organizações multilaterais de diversos países. A participação é gratuita e as inscrições estão disponíveis aqui.

Estão confirmadas as participações de pesquisadores de instituições como USP, UnB, Fiocruz, UFRJ, UFMG, Unifesp e Unicamp, do Brasil; Oxford University e King’s College, do Reino Unido, além de universidades, empresas e organizações da sociedade civil da Argentina, Colômbia, Chile, França, México, Itália, Canada e Estados Unidos. O Gender Summit também vai contar com apresentações de representantes de órgãos como UNESCO, Organização Mundial da Saúde (OMS) e Banco Mundial.

Personalidades do empreendedorismo e universo corporativo também têm apresentações confirmadas no Gender Summit, como Luiza Trajano, empresária à frente do Magazine Luiza. Construção da diversidade e responsabilidade social e o papel das mulheres na transformação digital são alguns dos temas que serão abordados nos painéis que colocam a perspectiva de gênero em setores como empreendedorismo e inovação.

Anúncios

“O objetivo do British Council ao assumir a coorganização do Gender Summit é promover a importância da diversidade de gênero para o desenvolvimento da excelência da pesquisa científica”, afirma Vera Oliveira, gerente sênior de educação superior do British Council. “Neste sentido, acreditamos que o evento deve aproximar pesquisadoras e pesquisadores, instituições de pesquisa, empresas e organizações que produzem dados que mostram como a representatividade das mulheres na ciência é benéfica para toda a sociedade”, conclui Oliveira.

Inclusão na ciência: atenção para a diversidade de gênero

A importância da participação de mulheres para a qualidade da produção científica é evidenciada por pesquisas e estudos de caso que serão apresentados no Gender Summit. Os dados que compõem a programação do encontro revelam que, ao contar com diversidade de sexo e gênero, o fazer científico produz resultados que promovem avanços para a sociedade, em todas as áreas do conhecimento, além de soluções para diferentes aspectos da vida no planeta.

O evento vai trazer as descobertas científicos mais recentes, bem como as lacunas, para a compreensão de como as características biológicas (sexo) e socioculturais (gênero), conhecidas coletivamente como “dimensão de gênero”, diferenciam resultados de pesquisas e a qualidade dos resultados para mulheres e homens. O acesso de meninas e mulheres aos ambientes de produção do conhecimento científico, de acordo com dados que serão discutidos ao longo da programação do Gender Summit, é instrumental para inovações em prol da sociedade.

Anúncios

O Gender Summit apresenta ainda um panorama da atuação de mulheres cientistas na América Latina, mostrando o progresso na representatividade e estabelecendo relações com avanços e descobertas científicas. A partir da lente da igualdade de gênero, dados de diferentes áreas, como ciências climáticas, engenharia, biologia e sustentabilidade, por exemplo, revelam o papel fundamental da atuação das mulheres. 

As informações demonstram os impactos positivos da diversidade de gênero na produção do conhecimento científico, resultando em benefícios para a sociedade e avanços no entendimento de questões de diferentes âmbitos da vida humana e de desafios do planeta. Segundo os estudos que compõem a programação do Gender Summit, a integração da dimensão de gênero nos processos de pesquisa e inovação melhora a qualidade dos resultados obtidos.

Sustentabilidade é destaque

A importância de novas tecnologias e programas científicos para apoiar políticas de preservação, bioeconomia e estratégias para o uso sustentável da biodiversidade nas regiões da América Latina também é um dos eixos da programação do Gender Summit. O evento vai reunir pesquisadoras e pesquisadores que apresentarão estudos sobre questões urgentes, como mudanças climáticas, desmatamento e o destino da Amazônia.

 A interação humana com a biodiversidade terrestre e marítima é um dos pontos de atenção dos painéis, que vão reunir nomes de relevância internacional como Carlos Alfonso Nobre, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), entre outros.

Confira a programação completa do Gender Summit aqui. As inscrições estão abertas e são gratuitas. Para garantir sua vaga, clique aqui.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: