Semana de Cultura Popular vai celebrar o reencontro entre artistas e a folclorista Zelinda Lima

A 32ª edição da Semana de Cultura Popular vai homenagear a folclorista e pesquisadora Zelinda Lima. O evento, realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), será presencial nos dias 1º e 02 de setembro, no Teatro João do Vale e na Casa do Tambor, ambos na Rua da Estrela, no Centro Histórico de São Luís. A programação contará com atividades como palestra, rodas de conversa e mostra de filmes, oficinas temáticas de artesanato, dança regional, tambor de crioula, fotografia e imagem. Os espaços respeitarão limite de público e todas as medidas de prevenção contra a Covid-19.

Anúncios

A abertura solene será no Teatro João do Vale, no dia 1º, às 9h, e terá a presença de autoridades e especialistas na área de cultura. A mesa de abertura terá a temática “Desafios da administração pública de cultura em tempos de pandemia”, com o secretário de Estado da Cultura, Anderson Lindoso e vários convidados. Na ocasião, dona Zelinda Lima será homenageada.

“Dona Zelinda ficou muito feliz com a homenagem e isso nos deixou muito feliz, por esse momento que estamos passando. Faremos um momento exaltando o trabalho dela que por muitas décadas foi uma mulher de voz dentro da Secretaria de Cultura. Exaltaremos a memória de uma mulher que sempre esteve à frente de seu tempo e é indispensável pra nossa cultura”, disse Vanessa Leite, gestora de Cultura Popular.

Zelinda Lima passou por vários cargos dentro da Secma, dentre eles, diretora de Centro de Cultura e secretária adjunta de Cultura.

Anúncios

Com o tema “Guarnecendo o Futuro – Cultura Popular em Tempo Crítico: Prevenir, Preservar, Resistir”, a Semana de Cultura Popular vai celebrar a memória. No ano passado, a Semana não aconteceu, nem mesmo virtualmente.

“A Semana de Cultura Popular é sempre um momento de um diálogo mais amplo e troca de saberes, mas esse ano tem sabor de reencontro. Reencontro de amigos fazedores que encontram no outro, força e ajuda. Reencontro com o nosso amor em fazer cultura, reencontro com a troca dessa energia que movimenta tudo. E a temática deste ano é guarnecer o futuro, é preparar para as mudanças e transformações que em toda e qualquer tipo de arte acontece. Mas com o olhar da prevenção e preservação da memória e das tradições, com a resistência que requer a cultura, hoje, mais que nunca”, explicou Vanessa Leite.

Programação
Dia 1º – Teatro João do Vale
9h – Mesa de abertura/Homenagem
10h30 – Palestra de abertura
14h30 – Exibição de vídeos

Exposições

Dia 2 – Teatro João do Vale
9h30 – Exibição de vídeos Projeto Mestres na Varanda
Roda de Conversa
14h – Mostra de Filmes
Tambor de Crioula – Direção: Murilo Santos
Iemanjá, Pela Última Vez – Direção: Denis Carlos
Princesa do Meu Lugar – Direção: Pablo Monteiro

Anúncios

Casa do Tambor
Dia 2 – Oficinas às 9h e às 14h
Como Fazer: Passo a Passo da Modelagem e Pintura em Marchê
Ritmos e Musicalidade das Danças Populares do Maranhão
Respeitando O Sagrado: Fotografia em Espaços Religiosos
Oficina de Tambor – Toque e Pungada
17h – encerramento

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: