Unicamp entregará abaixo-assinado a três ministros por apoio a refugiados afegãos

Reunião entre docentes e ministros será na próxima segunda-feira (20); abaixo-assinado já engaja quase 30 mil apoiadores por meio da plataforma Change.org

Anúncios

Docentes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) entregarão a três ministros brasileiros uma petição com 30 mil assinaturas como um pedido de apoio ao acolhimento de refugiados afegãos em um programa acadêmico. A entrega do abaixo-assinado será feita durante reuniões em Brasília, na próxima segunda-feira, dia 20, ao ministro das Relações Exteriores, o embaixador Carlos Alberto Franco França, ao da Defesa, general Walter Souza Braga Netto, e à ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves. 

Participarão da reunião com os ministros e da entrega das milhares de assinaturas, a presidente da Cátedra Sérgio Vieira de Mello – Unicamp/ACNUR, Ana Carolina de Moura Delfim Maciel; o reitor da universidade Antonio José de Almeida Meirelles; e a chefe de gabinete Adriana Nunes Ferreira. O objetivo dos encontros é demandar apoio para que a Unicamp consiga trazer refugiados afegãos para um programa acadêmico na universidade. 

Os membros da Unicamp estarão acompanhados da ministra do Superior Tribunal Militar (STM), Maria Elizabeth Guimarães Teixeira Rocha, que agendou os encontros.  

A Cátedra empreende ações de acolhimento e permanência para refugiados por meio da garantia de acesso ao Ensino Superior. O órgão e a universidade estão fechando os termos de um edital para a implementação de bolsas de auxílio-permanência para professores, pesquisadores, estudantes e servidores universitários de proveniência afegã, na Unicamp.

O abaixo-assinado que será entregue aos ministros foi aberto pela Cátedra na plataforma Change.org, onde segue ativo e engajando mais apoiadores. A Cátedra Sérgio Vieira de Mello é uma iniciativa da Agência da Organização das Nações Unidas (ONU) para Refugiados, a ACNUR, que visa promover, em parceria com centros universitários nacionais, a educação, pesquisa e a extensão acadêmica à população em situação de refúgio. 

Anúncios

Confira a petição na íntegra: https://change.org/CorredoresHumanitariosAfeganistao  

“É urgente a mobilização de instituições de ensino superior com o propósito de acolher membros da comunidade acadêmica afegã”, destaca Ana Carolina. “Nossa mobilização no âmbito da Unicamp visa possibilitar que tais indivíduos escapem do caos que se instaurou no país de origem e, por meio da concessão de bolsas de permanência e acolhimento da comunidade, possam ser integrados em nossas atividades acadêmicas pelo período de um ano”, acrescenta a presidente da Cátedra sobre o programa de refúgio acadêmico.

A Cátedra e a Diretoria Executiva de Direitos Humanos da Universidade Estadual de Campinas também publicaram um manifesto sobre a situação do Afeganistão. Veja neste link.

Apelo mundial 

Desde a tomada do Afeganistão pelo grupo extremista e fundamentalista islâmico Talibã, um clamor corre o mundo cobrando responsabilidade humanitária de líderes globais e da Organização das Nações Unidas (ONU) para promover o socoro do povo afegão. 

Na plataforma Change.org, além da mobilização lançada pela Cátedra da Unicamp/ACNUR, uma campanha ativa no Brasil, Alemanha, Espanha, Reino Unido, Índia e México apela pela abertura de corredores humanitários. O abaixo-assinado, criado pela ONG alemã Sea-Eye, que ajuda no resgate de migrantes no Mediterrâneo, reúne 335 mil apoiadores.

Anúncios

“É muito importante que a sociedade civil organizada se manifeste em favor do socorro ao povo afegão, que tanto sofre neste momento. A petição é uma ferramenta poderosa para fazer com que as vozes dos que estão em vulnerabilidade sejam escutadas pelas autoridades competentes e que milhares de pessoas tenham a possibilidade de se unir a causas tão urgentes quanto essa”, diz Débora Pinho, coordenadora de campanhas da Change.org. 

No último dia 3, os ministérios das Relações Exteriores e da Justiça e Segurança Pública assinaram uma portaria regulamentando a concessão do visto temporário e de autorização de residência para acolhida a afegãos, apátridas e pessoas afetadas pelo conflito no Afeganistão. A portaria estabelece requisitos para a concessão do visto humanitário. 

A equipe da plataforma Change.org cobra uma resposta do Itamaraty sobre as demandas apresentadas no abaixo-assinado criado pela Cátedra da Unicamp. 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: