Defensoria solicita melhorias no sistema de segurança em terminal de integração

O titular do Núcleo Ecológico da Defensoria Pública, na Zona Rural de São Luís, o defensor público Alex Pacheco Magalhães enviou recomendações à Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP/MA) pedindo providências quanto ao reforço na segurança no Terminal de Integração da Praia Grande. A solicitação foi feita após uma série de reclamações de populares, sobretudo usuários do transporte coletivo que moram na Zona Rural, devido ao grande número de assaltos, entre outros delitos, que acontecem naquela estação rodoviária.

Anúncios

“Neste contexto, solicitamos à Secretaria de Segurança a urgente instalação de bases fixas ou móveis da PM, para atender o local. Também pedimos o reforço nas rondas policiais, o que aumentaria consideravelmente a sensação de segurança. Ainda, vemos como fundamental a instalação de sistema de monitoramento eletrônico, para garantir a segurança de milhares de cidadãos que passam diariamente por este terminal”, destacou o defensor público.

Alex Magalhães apresentou um relatório produzido da Polícia Militar do Estado com o balanço dos assaltos aos ônibus em São Luís e na Região Metropolitana. O estudo apontou que de janeiro até agosto deste ano, mais de 900 assaltos a ônibus foram registrados.

“É um crescimento absurdo nestes números, onde a maior vítima é o cidadão mais pobre, ou seja, o que mais precisa destas políticas públicas”, afirmou, lembrando que a SSP deverá responder ao documento no prazo de 20 dias, sob risco de ser acionada na justiça com vistas a solucionar o problema.

Anúncios

Saúde – Mais uma importante atuação levada até o econúcleo, desta vez na área da Saúde, garantiu a realização de cirurgia em um assistido que corria sério risco de morte. “O assistido sofria de problemas cardíacos graves e que poderiam causar a morte. Após um longo período de espera, o assistido nos procurou e, diante do apresentado, ajuizamos uma ação no Poder Judiciário, o que foi deferido pelo juiz. Estamos satisfeitos, já que em menos de cinco meses de funcionamento garantimos diversos direitos para moradores da região”, concluiu Alex Magalhães.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: