Palavra Aberta lança documentário sobre os bastidores do jornalismo

No Dia Internacional do Acesso Universal à Informação, celebrado em 28 de setembro, o Instituto Palavra Aberta lança o documentário “Os Bastidores do Jornalismo”, com o objetivo de dar transparência ao trabalho da imprensa, fundamental para a sustentação da democracia.

Anúncios

O vídeo promove o entendimento do jornalismo e os cuidados que devem ser tomados com a informação antes de torná-la pública. Dessa forma, incentiva não apenas a defesa da imprensa como instituição essencial nas sociedades democráticas, mas também apresenta métodos e protocolos que podem ser adotados por toda a população, que hoje também tem condições de produzir e publicar conteúdo pela internet.

O documentário conta com a produção da Jabuticaba Conteúdo, mesma produtora que realizou a websérie do instituto, denominada “Conhecer para Defender”, lançada em 2020. O filme é, portanto, mais uma ação do instituto para fortalecer o papel do jornalismo profissional perante à sociedade.

Com a participação de Valmir Salaro, repórter da TV Globo; Thais Folego, editora da Revista AzMina; Antonio Gois, colunista d’O Globo; Cintia Gomes, cofundadora da Agência Mural; Carolina Ercolin, apresentadora da Rádio Eldorado, e André Borges, repórter do Estadão, o documentário perpassa as fases de apuração, produção e veiculação das informações. A compreensão e a análise do processo jornalístico também é uma demanda da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e, portanto, o vídeo pode auxiliar escolas e educadores nessa jornada.

Anúncios

“Esse é um lançamento que reforça a missão do Palavra Aberta de defesa pelas liberdades de expressão e de imprensa e que deve ser assistido não só por jornalistas e estudantes da área, mas por todo cidadão e cidadã. Entender como a imprensa funciona e a sua importância para o acesso a informações de qualidade é crucial para o fortalecimento da democracia, especialmente porque vivemos em meio a um cenário de crescente desinformação”, explica a presidente do Palavra Aberta, Patricia Blanco.

Para a Diretora e Representante da UNESCO no Brasil, Marlova Noleto, o acesso à informação de qualidade é de suma importância, tendo inclusive o poder de salvar vidas. “Essa é uma lição que nós aprendemos nos últimos anos. Seja para enfrentar uma pandemia ou para apoiar o debate público, precisamos de informações amplamente acessíveis, confiáveis e independentes com o objetivo último da construção de sociedades resilientes, inclusivas e democráticas”, explica ela. “

Anúncios

Segundo Marlova, o compromisso com o acesso à informação só será eficaz se for verdadeiramente universal. “Em outras palavras, nós não devemos deixar ninguém para trás. No dia 28 de setembro de 2021, data em que celebramos o Dia Internacional do Acesso à Informação, a UNESCO convida todos a colaborarem para a ampliação e a efetiva implementação das leis de acesso à informação em todo o mundo. Somente assim, com o acesso à informação ocupando um lugar de destaque, é que iremos garantir que os cidadãos estejam capacitados e bem-informados para construir um futuro melhor para todos.”

O filme está disponível nas redes sociais e também no site do instituto. Acesse no YouTube.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: