São Luís faz adesão às Unidades Amigas da Primeira Infância

Capital maranhense se une a outras cinco capitais para qualificar atendimento à primeira infância na saúde e na educação

Anúncios

São Luís (MA) iniciou uma parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Sociedade de Puericultura e Pediatria (SPP-MA), Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn-MA), Secretaria Municipal de Saúde e de Educação por meio das Unidades Amigas da Primeira Infância (UAPI). Além da capital maranhense, Belém (PA), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Fortaleza (CE) e Salvador (BA) já fazem parte da iniciativa que é voltada à qualificação dos serviços de saúde e de educação infantil de forma a contribuir para os resultados das políticas municipais para a primeira infância.

Segundo a especialista em primeira infância do UNICEF, Anelise Timm, a iniciativa tem um tempo de duração, aproximadamente de 18 meses, e é composta por assistência técnica, capacitação, monitoramento, acompanhamento e certificação da melhoria da oferta de serviços que promovam o desenvolvimento das crianças de até seis anos de idade, atendidas em Unidades de Atenção Primária à Saúde e Unidades de Educação Infantil. “O processo é desenvolvido de forma colaborativa pelas equipes em cada unidade participante, com o apoio do grupo da coordenação municipal da UAPI e os parceiros dos especialistas locais membros do Comitê Científico da iniciativa”, informa Anelise.

A capacitação também abordam a atenção integral e integrada da rede de serviços básicos para a primeira infância – incluindo crianças com deficiência, doenças raras e déficit de aprendizagem; mapeamento e qualificação da oferta dos serviços no município; proteção contra todas as formas de violência; indicadores de qualidade na educação infantil; além do necessário olhar para a inclusão e as diversas formas de aprender e ensinar.

Anúncios

“Diversos agentes das áreas de educação e saúde, importantes para proteger e estimular crianças com idades até seis anos, estão sendo diretamente convidados para se engajar na UAPI em São Luís. Buscamos, com isso, solidificar as adesões para esta iniciativa com o intuito de melhorar a atenção à saúde, assegurar inclusão escolar e protegê-las contra violências nos primeiros anos de vida. Iniciamos a UAPI, em São Luís, em cinco equipamentos públicos. E vamos, em parceria, alcançar outras mais para assegurar em conjunto que meninos e meninas ludovicenses tenham maior apoio ao desenvolvimento integral desde o nascimento”, salienta Ofélia Silva, chefe do escritório do UNICEF em São Luís.

A Creche Maria de Jesus Carvalho; Unidade de Ensino Básico Mary Serrão; Centro de Saúde AMAR; Centro de Saúde São Raimundo e Centro de Saúde Janaina fazem parte dos lugares visitados pelo comitê de especialistas do UNICEF, da Prefeitura de São Luís, da Sociedade Maranhense de Pediatria e Puericultura e da Associação Brasileira de Enfermagem do Maranhão.

Em agosto deste ano, a Prefeitura de São Luís assinou o termo de adesão da UAPI e em setembro, a iniciativa teve início localmente. A Coordenação Municipal da UAPI de São Luís é formada por representantes do gabinete da vice-prefeita, Esmênia Miranda, da Secretaria Municipal de Saúde e de Educação. O comitê científico é composto pela Sociedade de Puericultura e Pediatria e da Associação Brasileira de Enfermagem do Maranhão.

Anúncios

Sobre UAPI

A Iniciativa Unidade Amiga da Primeira Infância (UAPI) é uma estratégia de assistência técnica, capacitação, monitoramento, acompanhamento e certificação da melhoria da oferta de serviços e diálogo entre profissionais e famílias para melhor comunicação sobre o desenvolvimento das crianças de até seis anos de idade, atendidas em Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) e Unidades de Educação Infantil.

O programa de capacitação inclui informações básicas sobre primeira infância e trabalho em rede, implementação da metodologia a partir da gestão baseada em resultados e a qualificação da oferta dos serviços de saúde e educação orientada a fluxos integrados especialmente para crianças com deficiência, atraso no desenvolvimento e doenças raras.

Anúncios

Em cada módulo de capacitação será desenvolvido pelas equipes participantes um produto importante para a oferta dos serviços a ser postado na plataforma de acompanhamento da iniciativa, como a linha de base e o plano de trabalho. Ao final do processo, é feita a avaliação dos indicadores, a etapa de certificação, bem como o reconhecimento das unidades participantes, como importante estímulo à participação direta das equipes das unidades de educação e saúde.

Esta edição da UAPI está prevista para durar até janeiro de 2023, contando desde o lançamento, adesão e capacitação até a implementação e certificação do município. O processo é desenvolvido de forma colaborativa pelas equipes em cada cidade participante. Saiba mais neste guia da iniciativa.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: