Câncer de mama poderia ser evitado em cerca de 40% dos casos, hábitos saudáveis são fundamentais para prevenção

A médica Ana Caroline Fonseca Alves reforça a importância de hábitos de vida saudáveis como prevenção do câncer   

Anúncios

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama é o mais incidente em mulheres no Brasil e no mundo, além de ser o de maior mortalidade com sua incidência aumentando cada vez mais ao longo dos anos. Desse modo, no mês do Outubro Rosa, campanha de prevenção à doença, faz-se necessário para conscientizar a população sobre este tumor, principalmente, no que se refere às medidas e combate e diagnóstico precoce.

O câncer de mama é uma doença que surge a partir de alterações genéticas em células da mama, que se multiplicam de forma desordenada formando tumores que podem invadir outros órgãos. Existem diversos tipos de câncer de mama, alguns apresentam uma evolução rápida e outros se desenvolvem lentamente.

O avanço da idade associado a questões hormonais e genéticos são os principais fatores para desenvolvimento dessa enfermidade. Além disso, condições comportamentais como maus hábitos alimentares, obesidade, sedentarismo, alcoolismo, tabagismo e exposição à radiação também são outras causas que podem ser de risco. Nessa perspectiva, a médica do Corpo Clínico da Oncoradium São Luís – Rede Onco – Ana Caroline Fonseca Alves, evidencia que a adoção de hábitos saudáveis é um dos pontos principais para prevenir o câncer de mama, tendo em vista que cerca de 30% a 42% dos casos poderiam ser evitados com mudança de hábitos.

“Manter o peso adequado, ter uma alimentação balanceada e rica em fibras, realizar exercícios físicos regulares, evitar o excesso de bebidas alcoólicas e o tabagismo, ter uma alimentação equilibrada, bem como a amamentação são estratégias fundamentais para prevenir o câncer de mama”, destacou a mastologista.

Anúncios

Os principais sintomas da doença, que pode ser silenciosa a princípio, são: nódulos, geralmente endurecidos, fixo e indolor na região próximo aos seios, pele da mama avermelhada ou com textura e aparência parecida com casca de laranja, alterações no mamilos (bico do peito) e saída de secreções espontânea de um dos mamilos. Também podem aparecer nódulos nas axilas e/ou no pescoço.

O câncer de mama é tratável e alcança altos níveis de cura, quando diagnosticado precocemente. Dessa forma, a médica Ana Caroline chama atenção para a importância da mamografia, principal exame para a detecção precoce do câncer e é o único que realiza o rastreamento e, assim, reduz a mortalidade. “A mamografia não previne o câncer, mas é capaz de mostrar pequenas alterações da doença antes que ela seja detectável pelo exame clínico. Por isso, aumenta as chances de cura da paciente e os tratamentos cirúrgico e clínico são menos agressivo. É recomendado que, de uma forma geral, as mulheres façam a mamografia a partir dos 40 anos e deve ser feito anualmente”, orientou.

Assim sendo, qualquer alteração suspeita na mama deve ser investigadas com exame clínico e se necessário exames de imagem, como a mamografia, ultrassonografia ou ressonância magnética. Caso for indicado a confirmação do câncer de mama é feito por meio de uma biópsia com análise anatomopatológica do material.

O tratamento desse tumor depende da fase que a doença se encontra e do tipo. Pode incluir cirurgia, radioterapia, quimioterapia, hormonioterapia e terapia biológica. Quando a doença é detectada em um nível avançado, no caso em que o câncer já se espalhou para outros órgãos, o tratamento busca prolongar a sobrevida e melhorar a qualidade de vida.

A médica da Rede Onco ratifica sobre o avanços na abordagem do câncer de mama, nos últimos anos. “Felizmente, muitos avanços vêm ocorrendo no tratamento do câncer de mama, devido a um maior conhecimento da biologia molecular desses tumores e desenvolvimento de terapias específicas, proporcionando um tratamento mais personalizado, eficaz e menos tóxico”, afirmou.

Anúncios

Sobre a Rede ONCO

Criada em 2010 por médicos oncologistas, a Rede ONCO surgiu para atender a grande demanda de pacientes do sul do Maranhão, sul e sudeste do Pará e norte do Tocantins (o chamado Bico do Papagaio). Desde sua fundação com o complexo de Imperatriz, o centro de prevenção e tratamento do câncer conta com infraestrutura de atendimento completa, tecnologia de ponta, profissionais altamente capacitados e atendimento ao paciente de forma humanizada, com muito respeito, transparência e total acolhimento. Hoje, é uma rede com várias unidades de atendimento nas regiões Norte e Nordeste e que tem planos de crescer ainda mais.

1 comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: