Sala da Procuradoria da Mulher na Câmara recebe o nome “Mariana Costa”

Solenidade de descerramento da placa aconteceu no local nesta manhã (16)

Anúncios

A sala da Procuradoria da Mulher localizada na Câmara de São Luís passa ter o nome “Mariana Costa” a partir de hoje (16). Nesta manhã, uma solenidade foi realizada para descerrar a placa no espaço que tem zelado pela defesa dos direitos de mulheres na capital maranhense.

A iniciativa de nomear a sala da Procuradoria da Mulher por “Mariana Costa” foi do 1º secretário da Mesa Diretora da Casa Legislativa Municipal, vereador Octávio Soeiro (Podemos), por meio do Projeto de Resolução nº 005/21. Ele participou do momento de descerramento da placa ao lado de outras autoridades e comentou o porquê escolheu Mariana Costa para ser homenageada.

“A Mariana representa todas as mulheres. O caso ‘Mariana’ foi um divisor de águas. Foi um despertar da sociedade para esta causa (violência contra a mulher e feminicídio) que diariamente temos que sensibilizar cada cidadão e cidadã, pois, muitas vezes, como no caso da Mariana, a situação está dentro de casa. A Câmara está comprometida com a questão. Este é um ato de resistência e de luta. Que este ato possa ser apenas um deles e que consigamos despertar diariamente a sociedade ludovicense para o tema. Mariana vive em nossos corações. Somos todos Mariana. Obrigado”, concluiu Octávio Soeiro.

Anúncios

A Procuradora da Mulher, vereadora Concita Pinto (PC do B), também esteve presente na solenidade e falou da alegria que ter o nome “Mariana Costa” na sala que tem o objetivo de promover o direito das mulheres. “Estou muito feliz pela escolha do nome Mariana Costa para a sala, porque ele é muito representativo para nós, mulheres. Ela sempre será lembrada na Câmara. Muitos passarão por esta Casa, pois estamos apenas de passagem, porém o símbolo de luta e esta semente hoje plantada permanecerão”, afirmou Concita Pinto.

A família da homenageada também participou do evento. Além da mãe de Mariana Costa e presidente do “Somos Todos Marianas”, Flor de Liz Costa, também estiveram presentes as irmãs da homenageada, Carolina Costa e Juliana Costa.

“Estou muito emocionada pelo carinho e pela homenagem. Minha filha teve a voz silenciada, mas ela está tendo visibilidade. Ela não foi apenas um número, pois nós lutamos desde o dia que a minha filha morreu. Nós resolvemos parar de chorar e transformar nosso choro e a nossa dor em amor e isso rompeu fronteiras, através do nosso Projeto. É com muito carinho que recebo esta homenagem. E que todas as mulheres e famílias que perderam uma mulher se sintam homenageadas também”, disse Flor de Lyz Costa.

Carolina Costa também se manifestou durante o evento e comentou qual o significado do ato

Anúncios

para a família. “Recebemos essa homenagem com muita alegria, pois a morte de Mariana não foi em vão. Ela representa hoje um movimento de enfrentamento ao combate ao feminicídio e à violência contra a mulher. Eu vejo Mariana não sendo lembrada pelo que aconteceu com ela, mas, sim, pela forma como as mulheres se posicionaram a partir disso para enfrentar a questão da violência. Então, não vejo mais o 13/11 como um dia de luto, mas, sim, de luta. É esse legado que ficará para a posteridade e será um marco. No entanto, o maior marco que percebo é o que Mariana representou para mim. E isso significa que cada vida importa. Nossa luta é sobre o direito de existir de cada uma de nós”, afirmou Carolina Costa.

A vice-prefeita de São Luís, Esmênia Miranda, também se fez presente na solenidade e falou da representatividade do nome “Mariana Costa” para a sociedade. “Este ato é mais do que uma homenagem. O nome da Mariana vive. Ele vem justamente para nos lembrar o quanto ainda temos que lutar pela independência, pela autonomia e pelo empoderamento da mulher. Estas questões têm que ser trabalhadas ainda na raiz para que a mulher perceba quando ela está em um relacionamento abusivo, para que ela possa quebrar o ciclo e não chegue a sofrer o que Mariana sofreu. A família da Mariana tem muita força porque transformou o luto em luta e hoje influencia e salva a vida de muitas mulheres. É mais que uma homenagem justa e de vida”, assinalou Esmênia Miranda.

Além das personalidades acima, também estiveram presentes no evento: o vereador Raimundo Penha (PDT); a representante do Instituto da Mulher Maranhense, Ana Claúdia Reis; a representante da Patrulha Maria da Penha, coronel Camila Cardoso; bem como representantes de outros segmentos da sociedade civil que lidam com a temática da mulher.

Anúncios

Homenageada – Mariana Costa foi alvo de feminicídio, em 2016, pelo empresário e cunhado, Lucas Porto. A condenação pelo crime aconteceu neste ano, quase cinco anos após o caso, com a sentença de 39 anos de prisão pelos crimes de estupro e homicídio qualificado.

Leia mais Notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande um pix para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: