Pesquisa avalia fraqueza muscular em pessoas que tiveram Covid-19

Estudo da UFSCar busca voluntários que tiveram, ou não, a doença para entender os efeitos do vírus

Anúncios

Uma pesquisa desenvolvida pelo Laboratório de Fisiologia e Biofísica Muscular (LFBM), do Departamento de Ciências Fisiológicas (DCF) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), tem como objetivo estudar as causas da fraqueza muscular observada após infecção pelo novo coronavírus. O estudo é desenvolvido por Anabelle Silva Cornachione, docente do DCF, e pela pós-doutoranda Patty Karina dos Santos, e tem apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

De acordo com as pesquisadoras, a Covid-19 mostrou ser uma doença que não afeta apenas o trato respiratório dos indivíduos infectados, tendo efeitos consideráveis sobre o sistema musculoesquelético, causando fadiga excessiva, dor muscular, dor nas juntas e fraqueza muscular. Esses sintomas podem persistir por muito tempo após o término da infecção, impactando o dia a dia de inúmeros indivíduos.

Anúncios

“Pouco se sabe sobre o efeito do SARS-CoV-2 em músculos esqueléticos, principalmente de indivíduos que não necessitaram de hospitalização e suporte ventilatório. E como o sistema muscular tem uma importância fundamental no nosso cotidiano, nos permitindo andar, correr, sentar etc., entender como o músculo é afetado pela Covid-19 é essencial para uma adequada reabilitação pós-doença”, comentam as pesquisadoras.

A expectativa do estudo é obter um melhor entendimento dos efeitos do novo coronavírus no sistema musculoesquelético, possibilitando uma melhoria no diagnóstico, no manejo e no tratamento de indivíduos acometidos pela doença. “Além disso, espera-se obter informações importantes sobre a fraqueza muscular persistente que tem sido observada em muitos indivíduos após o término da infecção viral”, apontam.

Voluntários

Para realizar a pesquisa, estão sendo convidados voluntários que tiveram Covid-19 com sintomas leves a moderados, incluindo fraqueza muscular (dor no corpo), fadiga e/ou dor nas juntas, que podem ou não estar persistindo mesmo após o término da doença. Também são convidados voluntários que não tiveram Covid-19, visando comparar os efeitos a longo prazo da doença no sistema muscular. Os interessados poderão acessar um questionário online (https://bit.ly/3EFjge8), cujo preenchimento tem duração aproximada de cinco minutos. O formulário ficará disponível até o próximo ano.

Anúncios

Além do formulário online, o estudo terá uma etapa presencial para entrevista e avaliação dos efeitos da Covid-19 nos músculos para os voluntários que se interessarem. A etapa presencial ocorrerá no DCF, na área Norte do Campus São Carlos da UFSCar. Toda a equipe de pesquisa já está vacinada, o que garante maior segurança a todos os voluntários, além da adoção de todas as medidas sanitárias para a Covid-19.

Outras informações podem ser solicitadas pelo telefone (16) 99761-3234 (Anabelle Cornachione) ou pelo e-mail lfbm.lab@gmail.com. Projeto aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFSCar (CAAE: 39913520.3.0000.5504).

Leia mais Notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande um pix para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: