Defensoria levanta discussão sobre racismo estrutural e institucional

Visando fomentar uma cultura de paz, de respeito aos direitos humanos e às liberdades fundamentais, com destaque à diversidade étnico-racial, contribuindo para o fim do racismo estrutural e institucional na sociedade, a Defensoria Pública do Estado (DPE/MA) realizou, no último sábado, o webinário “Racismo em questão: desafios para a construção de uma sociedade antirracista”.

Anúncios

O evento foi realizado de maneira híbrida, onde os palestrantes participaram virtualmente, dentre eles o defensor público e autor do projeto, Bruno Joviniano, e os participantes e convidados estavam presentes na Escola Luizão, no quilombo urbano da Liberdade, como a diretora da Escola Superior da DPE (Esdep), a defensora pública Elainne Barros.

A ação, que integra o projeto “Unidos por direitos iguais”, desenvolvido pela DPE e pela Esdep, suscitou diversas questões relacionadas às lutas por igualdade racial. “A Defensoria multiplica os ideais de “educação em direitos humanos”, neste caso com recorte étnico-racial, para viabilizar garantias constitucionais, sobretudo para grupos historicamente invisibilizados, por meio do conhecimento e sensibilização da sociedade, utilizando o direito como ferramenta viva, dinâmica e inclusiva”, explicou Joviniano.

Anúncios

O tema foi discutido por personalidades de destaque no combate ao racismo no país, como o sociólogo e consultor da Unesco Wagner Santana, sendo o mediador do webinário; contando com a participação da oficial de Programas de Educação da Unesco, Bruna Pereira; da bióloga e citotecnologista Simone Evaristo; da mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Unesp, Renata Felinto; do coordenador da Associação Maranhense de Pesquisas Afro-brasileiras e do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros da UFMA, Carlos Benedito da Silva.

“Vimos aqui o compromisso da Defensoria com a construção de uma sociedade antirracista por incluir a educação em direitos em sua agenda institucional, o combate à discriminação e o trabalho junto à população no que se diz respeito ao combate ao racismo. É uma alegria tremenda perceber que a Defensoria abraça a causa antirracista que é um tema central no país. E de todos nós, não somente de nós negros, mas de todos os brasileiros”, afirmou Wagner Santana.

Anúncios

Ainda participaram do debate uma das dirigentes da atividade cultural “Boi de Leonardo”, Regina Avelar; a chefe de Departamento de Gestão e Articulação da Secretaria Estadual da Mulher/Vodunsi-hê do Tambor de Mina Ilê Ashé Ogum Sogbô, Ana Rosa Silva; e a arte-educadora, trancista, gestora da Praça dos Poetas e assessora técnica do Museu do Reggae, Alessandra Vieira.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: