CPI do Transporte ouve empresário Gilson Neto e o ex-secretário do SMTT, Israel Petrus

A Comissão de Parlamentar de Inquérito (CPI) do Transporte da Câmara Municipal de São Luís ouviu nesta terça-feira (11), Gilson Neto, proprietário da empresa Ratrans e presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) entre agosto de 2018 e janeiro de 2022, e Israel Petrus, ex-secretário adjunto da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT).

Anúncios

Sendo a 5ª reunião ordinária da CPI do Transporte, o empresário respondeu sobre as responsabilidades das empresas sobre os terminais de integração de São Luís, Gilson Neto afirmou que os empresários são responsáveis apenas por aspectos relacionados à manutenção. “A manutenção é de responsabilidade das empresas, mas a propriedade é do município. A manutenção não inclui obras estruturais”, alegou.

Porém, não é o que os usuários do transporte público veem quando passam pelos Terminais de Integrações de São Luís. Banheiros abandonados e falta de segurança são o que marca os terminais da capital maranhense. As únicas obras que se ver, são a criação de novos quiosques.

Quanto ao suposto desequilíbrio financeiro do sistema agravado durante a pandemia de Covid-19, Israel Petrus declarou que a SMTT tomou as medidas necessárias para manter o equilíbrio da operação. “O município adequou toda a operação do sistema por causa da pandemia, equilibrou oferta e demanda. Além disso, teve também o subsídio do Governo Federal e o decréscimo no valor do combustível. Ações suficientes para manter o equilíbrio”, destacou.

Anúncios

Sendo uma contradição de sua fala, quando houve uma diminuição das frotas, indo de contra a “oferta e demanda”. Em maio de 2021, a Justiça teve que fazer uma audiência para que aumentasse o número de frotas na capital para assim ter cumprimento do distanciamento social

Já em 2020, no mesmo mês de maio, houve uma diminuição de frota de ônibus, para 50%, após um decreto de lockdown. Sendo que, para segurança dos trabalhadores que continuariam tendo que usar o transporte público, a frota normalizada seria o ideal. Com diminuição, acabou gerando mais lotação.

Israel Petrus declarou que a SMTT tomou as medidas necessárias para manter o equilíbrio da operação durante a pandemia de Covid-19.

Isaías Castelo Branco, então presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, também convidado a participar da reunião, justificou sua ausência e solicitou adiamento de seu depoimento.

Anúncios

Nova reunião da CPI do Transporte acontecerá na próxima terça-feira (18), às 9h.

Leia mais Notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande um pix para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: