Janela partidária movimenta bastidores da sucessão estadual

A partir desta quinta-feira (3), até o dia 2 de abril, os parlamentares que desejarem mudar de legenda para disputar as eleições deste ano estarão livres para buscarem novos partidos sem risco de perder o mandato. Tudo indica que um expressivo número de parlamentares deve trocar de sigla, a exemplo do presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Othelino Neto, que vai deixar o PCdoB para se filiar ao PDT, que tem como pré-candidato ao governo o senador Weveton Rocha.

Anúncios

A janela partidária, instrumento pelo qual a justiça eleitoral permite que o deputado insatisfeito com seu partido possa mudar sem sofrer qualquer tipo de penalidade, vai proporcionar um reajuste no quadro partidário, com influência direta na composição das nominatas para a disputa da eleição proporcional. Os parlamentares terão ate o dia 2 de abril para tomarem suas decisões, mas alguns devem aproveitar logo o primeiro momento para ingressarem em seus novos partidos, como é o caso do deputado estadual César Pires que está trocando o PV pelo PSD. Pires é um dos principais articuladores da pré-candidatura ao governo do ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior.

As atenções neste mês de março estarão voltadas para as mudanças que acontecerão, principalmente, no plenário da Assembleia Legislativa onde especula-se que o deputado Wendel Lages está deixando o PMN para se filiar ao PDT e do deputado Rafael que está de saída do PDT e deve ingressar no PSB, partido que terá como candidato ao Governo do Estado a vice-governador Carlos Brandão, que já tem data marcada para deixar o PSDB e assinar ficha de filiação ao PSB. Existe ainda a possibilidade da deputada Betel Gomes trocar o PRTB pelo PP, do deputado federal André Fufuca, que deve anunciar apoio a Carlos Brandão nos próximos dias.

Anúncios

O partido Republicano deverá perder os deputados Ariston Ribeiro e Fábio Macedo para o PSB. “Estamos esperando a abertura de janela para mudar de legenda e nosso caminho deve ser o PSB, pois apoiamos a candidatura de Carlos Brandão. Outros parlamentares também deverão se juntar a nós no Partido Socialista Brasileiro”, disse Ariston.

No plano federal, existe perspectiva de mudança do deputado federal Rubens Júnior. Ele deve convocar uma entrevista coletiva, provavelmente nesta quinta-feira (3), para anunciar desfiliação ao PCdoB. O parlamentares disse ao blog que recebeu convite de vários partidos, inclusive do União Brasil, mas que ainda não definiu por qual legenda vai concorrer a reeleição. Pelo que deixou transparecer, tudo indica que está deixando a legenda comunista, mas buscará uma sigla que esteja aliada ao vice-governador Carlos Brandão.

Anúncios

Existe ainda o caso do senador Roberto Rocha, que permanece filiado ao PSDB, mas enfrenta dificuldade para encontrar um abrigo por onde possa disputar o pleito de outubro próximo. Existe, no entanto, a opção do PTB, legenda da base do governo Bolsonaro. O senador ainda não definiu se será candidato a reeleição ou tentará o governo, porém, deve se juntar a um partido da base de sustentação do governo federal, de  quem se transformou num fiel escudeiro desde que se afastou do governo de Flávio Dino (PSB).

Por Blog Jorge Viera

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: