Somente Eliziane Gama assinou pela criação da CPI do MEC

Diante da polémica que virou o Ministério da Educação (MEC), envolvendo vários casos de corrupção tendo até mesmo pastor pedindo um quilo de outro, dois senadores preferiram não votar pela criação de uma CPI do MEC.

Anúncios

Dos três senadores, somente a senadora Eliziane Gama (Cidadania) defendeu a criação da CPI do MEC, que tem o objetivo de investigar a atuação de pastores que teriam cobrado pagamento de propina por prefeitos para liberação de recursos da educação.

Enquanto isso, o senador bolsonarista Roberto Rocha (PTB) não assinou o requerimento de Randolfe Rodriues (Rede-AP) para abertura da CPI do MEC. O senador e pré-candidato a governador do Maranhão, Weverton Rocha (PDT), que havia colocado o seu nome na lista para assinatura, mandou retirar.

Anúncios

“Há um fato determinado e pairam dezenas de dúvidas sobre negócios e possíveis esquemas ilícitos na condução do MEC. O papel do congresso nacional é também fiscalizar as ações do executivo, por isso não só apoiamos a CPI do MEC como lutaremos para que ela seja instalada”

afirmou a senadora Eliziane Gama.

Com informações do Blog de Zeca Soares

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: