Eduardo Braide usa novamente a justiça contra os trabalhadores

Nesta segunda-feira (25), o Tribunal de Justiça do Maranhão, através da desembargadora Francisca Galiza, autorizou que a Prefeitura de São Luís desconte dos salários as faltas dos professores que estão em movimento de greve.

Anúncios

“Uma vez não configurada a situação excepcional reconhecida pelo Excelso Tribunal, é possível o lançamento das faltas no período da paralisação, se assim definir o requerente”, destacou a desembargadora no despacho.

Não é a primeira vez que o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (sem partido), prefere usar a justiça contra os servidores municipais em vez do dialogo.

Anúncios

Na semana passada, durante audiência de conciliação, a Prefeitura, via Secretaria Municipal de Educação (Semed), ofereceu reajuste de 10,06% aos professores da rede municipal de ensino. Os educadores cobram o aumento linear de mais de 33%, conforme foi a portaria do FNDE.

A Sindeducação organizará uma coletiva de imprensa ainda nesta segunda-feira para dá mais informações sobre a greve dos professores.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: