Pesquisa encontra proteína importante para a prevenção da doença renal em recém-nascidos

Na manhã do dia 13 de abril, o auditório de videoconferência do Hospital Universitário da UFMA (HU-UFMA-Ebserh-MEC) foi palco de mais uma defesa de doutorado. Desta vez, a médica neonatologista Patrícia Franco Marques defendeu a tese intitulada “Avaliação de biomarcadores da função renal em crianças nascidas prematuras em um hospital universitário do Nordeste brasileiro”, desenvolvida por ela no Programa de Pós-graduação em Ciências Médicas da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) em parceria com a Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Anúncios

A tese foi aprovada e bastante elogiada pela banca devido à relevância do trabalho e ao grande esforço da profissional para o desenvolvimento da pesquisa em um período de pandemia, tendo por objetivo a avaliação de biomarcadores da função renal em crianças nascidas prematuras. Para tal, foram desenvolvidos dois estudos independentes, sendo uma revisão sistemática da literatura e um estudo de coorte que avaliou a função renal no nascimento e seguimento: <3, 4-6, 7-24, 25-36 meses após o nascimento.

A agora professora doutora Patrícia Marques falou das conclusões achadas na pesquisa: “Com base em ambos os estudos, concluiu-se que a cistatina C tem valor prognóstico aceitável para predição de Lesão Renal Crônica em recém-nascidos pré-termo. Seus valores de referência para estimativa da taxa de filtração glomerular nessa população não estão suficientemente esclarecidos. Os resultados apontam que a cistatina C pode ser mais confiável do que a creatinina sérica para a detecção de alteração da função renal em crianças com nascimento prematuro.

Anúncios

O reitor da UFMA, professor Dr. Natalino Salgado Filho, que era o coorientador da pesquisa e o único da banca que estava de forma presencial, ressaltou a importância do trabalho. “Esta tese é fruto do grupo de pesquisa em nefrologia e trará um grande benefício na prevenção da doença renal nos bebês que nascem na Unidade Materno Infantil.”.

A banca examinadora foi composta pelo orientador da doutoranda, professor Dr. José Luiz Muniz Bandeira Duarte (UERJ); pelo coorientador, professor Dr. Natalino Salgado Filho (UFMA) e pelos membros: a professora Dra. Maria Cristina Caetano Kuschnir (UERJ); o professor Dr. Fábio Chigres Kuschnir (UFF); a professora Dra. Vanda Maria Ferreira Simões (UFMA) e a professora Dra. Noemia Perli Goldraich (UFRGS)

Anúncios

Saiba mais sobre o PGCM:

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) firmaram parceria com a finalidade de qualificar os profissionais que atuam na área da saúde. O programa abrange os cursos em níveis de mestrado e doutorado, tendo por objetivo a formação de recursos humanos e a investigação científica em problemas de saúde em populações urbanas, seus mecanismos básicos e agentes associados.

A área de concentração em Ciências Médicas estrutura-se em torno de quatro linhas de pesquisa: Informação e educação em saúde; Atenção à saúde e a doenças ligadas ao processo do desenvolvimento humano; Doenças crônico-degenerativas em populações urbanas e Doenças infecciosas comunitárias e nosocomiais. 

Publicado originalmente em 26/04/22, no site do HU-UFMA.

Anúncios

Por: Alexsandra Jácome/Unidade de Comunicação Social do Hospital Universitário

Revisão: Jáder Cavalcante

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: