Trombose e COVID-19: qual a relação, riscos e tratamento?

Por Dr. Álvaro Oliveira, Cirurgião Vascular

Anúncios

Mesmo após dois anos desde o primeiro caso da Covid-19, o desdobramento sobre os danos do vírus à saúde de milhões de pessoas ainda é um ponto de atenção à comunidade médica em todo o mundo. Um desses danos tem sido os inúmeros casos de trombose, dos mais diferentes tipos.

A explicação para isso tem a ver com uma afinidade existente entre o Sars-CoV-2, o patógeno que causa a Covid, e as células que formam a camada interna dos vasos sanguíneos, também conhecida como endotélio. Essa afinidade faz com que o vírus ataque a camada de revestimento, atingindo os vasos sanguíneos.

Desta forma, pacientes diagnosticados com COVID-19 podem apresentar distúrbios de coagulação, aumentando o risco de trombose, que nada mais é do que a formação de um coágulo sanguíneo em uma veia profunda do corpo humano, e que tem acometido cerca de um terço dos pacientes internados em UTIs, em decorrência do vírus.

Anúncios

Apesar de ser uma condição grave, os casos precocemente identificados podem ser tratados por meio de medidas farmacológicas, com anticoagulantes, associados a outras terapias, bem como a prática de atividades físicas. O tratamento não farmacológico, realizado com o uso das meias de compressão, também é amplamente indicado, pois compensam o baixo fluxo de sangue das regiões afetadas, assim como proporcionam uma espécie de massagem na batata da perna, impulsionando a circulação.

Atualmente, existe no mercado opções de terapia de compressão que auxiliam, desde a prevenção até um tratamento mais específico, como no caso da empresa Essity, líder global em higiene e saúde que, por meio de sua marca JOBST®, oferece produtos com alta tecnologia, diferentes cores, texturas e modelos, para que as pessoas sigam com sua vida normal e possam se beneficiar da terapia compressiva.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: