MPF pede ao STF investigação de Bolsonaro por possível interferência no caso de repasses do MEC

Os autos da Operação Acesso Pago, que apura suspeita de corrupção no Ministério da Educação, foram enviados, nesta sexta-feira (24), para o Supremo Tribunal Federal (STF) para que a corte apure o vazamento da ação e possível interferência ilegal do presidente no inquérito. A afirmação consta de documento do Ministério Público Federal enviado a Renato Borelli, juiz responsável pelo caso e que ordenou a prisão do ex-ministro Milton Ribeiro.

Anúncios

O juiz da 15ª vara Federal de Brasília acaba de encaminhar o caso para análise do Supremo Tribunal Federal. A decisão de Borelli ocorre depois que o TRF1 determinou a soltura do ex-ministro Milton Ribeiro e dos demais investigados no caso.

Caso foi enviado para a ministra Carmen Lúcia. Caberá a ela decidir o prosseguimento da investigação na 15ª vara Federal de Brasília ou desmembramento do caso. (CBN)

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s