MPMA e IBGE realizam reunião sobre o Censo 2022

O Ministério Público do Maranhão, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e da Escola Superior do Ministério Público (ESMP) realizaram, na tarde desta quinta-feira, 4, a reunião “O Ministério Público e o Censo 2022”. O superintendente estadual do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Marcelo Virgínio de Melo, fez a apresentação do Censo para membros, servidores e estagiários do MPMA.

Anúncios

Ao abrir os trabalhos, o promotor de justiça e diretor da Seplag, Carlos Henrique Vieira, que representou o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, ressaltou a grandiosidade do Censo realizado pelo IBGE e a sua importância para toda a sociedade, inclusive para o Ministério Público que pode planejar suas ações com base em dados confiáveis.

Carlos Henrique Vieira também colocou a estrutura da instituição em todo o Maranhão à disposição do IBGE no que for necessário para a realização do recenseamento.

A promotora de justiça Ana Luiza Almeida Ferro, coordenadora do programa de pós-graduação da ESMP, ressaltou que o Censo é a principal fonte de conhecimento sobre a população em todos os municípios brasileiros e primordial para a elaboração de políticas públicas. Coube a ela, ainda, fazer a apresentação do palestrante Marcelo de Melo.

Anúncios

O superintendente estadual do IBGE ressaltou a importância da parceria com o Ministério Público, colocando a instituição à disposição para ministrar cursos e treinamentos a membros e servidores do MPMA. De acordo com Marcelo de Melo, além de retratar a realidade brasileira, o Censo busca oferecer informações que ajudem as pessoas a exercer a sua cidadania.

Em sua apresentação, o superintendente abordou as áreas de importância dos dados do Censo e quais informações são geradas, como os indicadores de pobreza. Entre agosto e outubro de 2022, mais de 2,5 milhões de domicílios deverão ser visitados pelos recenseadores. Uma das novidades apontadas por Marcelo de Melo é a realização do Censo em áreas indígenas e comunidades tradicionais e quilombolas.

Anúncios

Também foram apresentadas informações sobre como a população pode identificar os recenseadores, em especial por meio de um QR Code existente nos crachás, cujas informações podem ser checadas diretamente no site do IBGE.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s