6 dicas para higienizar seu aparelho dental corretamente

O diretor clínico da OrthoDontic, maior rede de clínicas de ortodontia do Brasil, Edmilson Pelarigo, dá algumas dicas de cuidados com o aparelho ortodôntico que ajudam a garantir a higiene bucal.

Anúncios

1 – Mantenha as escovações em dia  

O óbvio precisa ser dito: não se esqueça de escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia, após as refeições, ao acordar e antes de dormir. Para o aparelho fixo, utilize escovas macias. Já para o móvel, opte por escovas que tenham cerdas duras. Ao escovar, faça movimentos leves e contínuos com a escova, sempre no sentido dos ponteiros do relógio.  

2 – Não esqueça do fio dental    

Além da escovação, o uso de fio dental é essencial para que a limpeza da boca seja completa. Para quem possui aparelho fixo recomenda-se utilizar o “passa fio” – espécie de agulha de plástico, por onde se passa o fio dental para levá-lo por trás do aparelho ortodôntico e nas regiões mais estreitas. Antes ou depois da escovação, adicione esse processo aos poucos na rotina, até se tornar um hábito.  

Anúncios

3 – Tenha enxaguante bucal como aliado  

O enxaguante bucal auxilia na eliminação da placa bacteriana que se acumula nos fios e braquetes do aparelho. Após a escovação, faça o bochecho por três minutos com o enxaguante indicado pelo seu dentista ou utilize pastilhas antissépticas que se dissolvem na água. Elas possuem a mesma função que o enxaguante – combater a placa bacteriana, reduzindo o mau hálito. Além disso, se a higienização bucal não for feita corretamente, podem surgir complicações, como cáries. 

4 – Diminua o açúcar pelo bem da sua saúde  

Aliada à escovação e ao uso do fio dental, uma dieta saudável e a diminuição do açúcar ajudam também na prevenção do acúmulo de bactérias no aparelho dental e em toda região da boca.  

Anúncios

5 – Evite comer alimentos duros, grudentos ou pegajosos  

Para que o aparelho ortodôntico não danifique ou quebre, é necessário evitar comer alimentos duros, grudentos ou pegajosos. Eles podem ficar colados em partes isoladas do aparelho e provocar uma dificuldade acrescida na hora da higienização.  

6- Visita ao dentista 

Ainda que tudo esteja aparentemente bem, é recomendável que uma visita ao dentista seja feita, no mínimo, a cada seis meses, pois problemas pequenos podem crescer, tornando-se perigosos – e caros – para o paciente. Seis meses é também o tempo de intervalo recomendado para que se faça uma limpeza profissional com o dentista, evitando acúmulo de tártaro, gengivite e cáries. 

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: