Aluno da UEMA que descobriu duas novas espécies de moscas amazônicas é aprovado em seletivos de doutorado do Pará

Raimundo Francisco Oliveira Nascimento, egresso do Centro de Ciências de Codó do curso de Ciências Biológicas e mestre em Zootecnia pela Universidade Federal do Pará, teve uma nova aprovação na UFPA, desta vez nos seletivos do Doutorado em Zoologia e do Doutorado em Biodiversidade e Evolução do Museu Emílio Goeldi.

Anúncios

Durante o seu mestrado, Raimundo foi responsável pela descoberta de duas novas espécies de moscas encontradas na Amazônia paraense que apresentam importância sanitária, com uso potencial para entomologia forense, inclusive tendo um artigo sobre o estudo publicado na Revista Oxford pela Entomological Society of America.

Nascimento revelou que visa expandir mais a sua área de estudo na Amazônia, o foco do programa de pós-graduação do Doutorado do Museu Emilio Goeldi, curso stricto sensu, que é sua primeira opção, conforme revelou. Ele conta que está animado e pretende dar continuidade à sua pesquisa, firmando parcerias com pesquisadores brasileiros e de outros países para contribuir com a ciência brasileira.

Anúncios

“Farei uma análise filogenética de um gênero dessas moscas, ou seja, vou fazer o sequencialmento de DNA delas, para ver o nível de parentesco entre elas. Também pretendo descrever novas espécies, tendo em vista que vou fazer coletas em outras áreas da Amazônia brasileira”, explicou.

Ele ressaltou que, mesmo com as dificuldades cotidianas, nunca pensou em desistir. “Muitas pessoas acham que sou inteligente, mas não é apenas isso, me considero esforçado. Com essa conquista, mostro que filho de pobre, trabalhador da roça, vendedor, pode, sim, ser o que quiser, desde que trabalhe, se esforce e sempre faça mais do que esperam de você. Olhando para o histórico da minha família, vencer, para mim, é questão de honra, tendo em vista que eu sou o único da minha família – falo de toda a família, incluindo a família de meus pais – a se formar e ser, no futuro, um doutor”, afirmou.

Anúncios

Saiba mais

Archisepsis bosque e Archisepsis verae são duas espécies descobertas por Raimundo Nascimento em sua pesquisa de mestrado. Os insetos são pertencentes a uma pequena família de dípteros acaliptrados, com 385 espécies descritas em 38 gêneros. A primeira foi nomeada em homenagem à pesquisadora da Universidade estadual Paulista, pelas contribuições taxonômicas na região neotropical (Dra. Vera Silva). A segunda foi nomeada em homenagem ao Parque Zoobotânico Bosque Rodrigues Alves, em Belém, local onde ela foi coletada.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s