Depressão, Ansiedade e Tristeza? Fique Atento a sua Saúde Mental

Depressão ou tristeza? Cansaço ou alerta de estresse e possível burnout? Transtornos que já existiam ou surgiram com o vírus do Covid? Estudos mostram alta prevalência de depressão, ansiedade e estresse nos últimos anos.

Anúncios

Um artigo da revista científica “The Lancet” mostrou que triplicaram as taxas de depressão e ansiedade na comparação entre 2019 e 2021. As pessoas estão psicologicamente mais doentes, com crises de ansiedade, dificuldade de foco, menos produtivas e consequentemente menos felizes. Diversos fatores contribuíram nos últimos anos para trazer esses sintomas, deixando o mundo inseguro e ansioso.

A hipnoterapeuta, Madalena Feliciano, explica que a felicidade é um constructo (percepção ou pensamento formado a partir da combinação de lembranças com acontecimentos atuais) existem vários comportamentos que a gente pode ter no nosso dia a dia para ser uma pessoa feliz. Não que precise ficar rindo o tempo todo, mas que eu me sinta bem, que eu tenha uma boa saúde mental, e que eu consiga ficar alegre nas circunstâncias que vão acontecendo, e triste quando preciso.

Anúncios

Ser feliz não é necessariamente não ser triste. A tristeza é algo natural, todos ficamos tristes em alguns momentos da vida, o que realmente preocupa é uma tristeza que perdura, neste caso, precisamos estar alertas e verificar realmente o que está ocorrendo e se necessário buscar ajuda.

“A tristeza persistente pode gerar grande estresse, e ao longo do tempo é um risco para a saúde porque pode acionar outras doenças, tanto emocionais quanto físicas. Depressão, enxaquecas, gastrites, dores crônicas e até mesmo quadros de ansiedade”, informa Madalena Feliciano.

Existem algumas técnicas que você pode considerar para mudar esses padrões prejudiciais, melhorando sua saúde física, mental e emocional.

Anúncios

A terapeuta Madalena Feliciano indica que, além de técnicas como mindfulness, hipnoterapia, mudança de hábitos, entre outras, é preciso desacelerar, deixar um tempo para o lazer, para a espiritualidade, ter um hobby, cuidar do lado físico que significa ter hábitos saudáveis na alimentação, dormir o suficiente e fazer exercícios. Às vezes até um desequilíbrio hormonal ou falta de alguma vitamina podem influenciar na saúde mental.

Pensando no ambiente de trabalho, é importante que tenhamos reconhecimento pelas atividades que desempenhamos, e parte disso ocorre por meio de salários adequados; além de suporte social de nossos colegas e chefes, que pode ser traduzido em relações de apoio e de estabilidade no trabalho, autonomia, colaborar em decisões, desde poder decidir em conjunto na organização do espaço, ou em como cumprir a jornada de trabalho, e que haja transparência nos processos de gestão e decisão no ambiente, desta forma podemos ter confiança na empresa e na equipe.” finaliza Madalena Feliciano. 

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s