Aplicativo gratuito é grande aliado contra uma doença silenciosa e de múltiplas complicações chamada diabetes

Primeiro app para diabetes e controle de glicemia desenvolvido no Brasil mostra como a tecnologia pode melhorar a qualidade de vida da população e até salvar vidas. Ponto de partida é um quiz, que aponta, em minutos, o risco da doença

Anúncios

Até que ponto a tecnologia pode ser um aliado da saúde, seja na prevenção de doenças silenciosas – como o diabetes –, seja apontando diagnósticos? Um estudo da Unifesp (a Universidade Federal de São Paulo), realizado com pessoas com diabetes mellitus tipo 1 (DM1), que acaba de ser publicado, tem mostrado a relevância da combinação apps & assertividade em diagnósticos médicos. O estudo mostrou que o aplicativo Afya Glic apresentou a mesma efetividade e segurança¹, quando comparado com outras linhas de manejo do diabetes.

O Afya Glic é o primeiro app para diabetes e controle de glicemia do Brasil

desenvolvido para auxiliar a rotina de cuidados com o diabetes através de diversas funcionalidades, como consulta e registro de carboidratos, cálculo de dose de insulina, lembretes de medicamentos e registro de glicemia. O Afya Glic compõe o ecossistema de soluções digitais do maior grupo de educação médica do país. Para o VP de Serviços Digitais da Afya, Lelio de Souza, soluções como o Afya Glic endossam a missão do grupo, que é de prover um ecossistema que integra educação e soluções digitais para gerar inteligência e potencializar o desenvolvimento, a produtividade e a assertividade dos profissionais da saúde. “Além de formar o médico nas diversas etapas de sua carreira acadêmica, a Afya quer ser cada vez mais reconhecida como o parceiro que oferta as soluções digitais que facilitam a rotina do médico, sejam conteúdos de beira de leito, softwares de decisão clínica ou serviços de prontuário e gestão do consultório.”

Anúncios

Estudo durou 24 semanas

De acordo com o Atlas do Diabetes, da Federação Internacional de Diabetes (IDF),

no Brasil, há 15,7 milhões de pessoas com diabetes². Destas, cerca de 10%

possuem DM1, caracterizada pela insuficiente ou falta de produção crônica de

insulina pelo organismo. No total, 111 adultos com DM1, com índice glicêmico acima do recomendado (HbA1c > 8,5%), participaram do estudo no período de 24 semanas – conduzido em ambiente do Sistema Único de Saúde (SUS). Eles foram divididos em três grupos, sendo que o grupo Glic apresentou redução da hemoglobina glicada (HbA1c) de 0,64%; da glicemia média de 5,8%; e do percentual de glicemias no alvo de 8,39%, demonstrando a sua eficácia na melhora do gerenciamento glicêmico.

Anúncios

Além disso, apresentou redução da variabilidade glicêmica, avaliada pelo desvio padrão das glicemias, importante para redução do risco cardiovascular e de desenvolvimento de complicações microvasculares em pessoas com diabetes.

“Com o estudo, verificamos que as tecnologias de manejo glicêmico associadas à busca de orientação de profissionais capacitados em educação em diabetes, podem otimizar e ajudar a engajar as pessoas no gerenciamento da DM1, uma condição que pode levar a complicações de saúde, tais como complexidades cardiovasculares, oculares e renais. Ferramentas que dão suporte à pessoa com diabetes na execução de uma terapia complexa são relevantes, principalmente, quando pensamos do ponto de vista de saúde pública, ampliando o acesso da população”, explica a médica endocrinologista Vanessa Araujo Montanari, autora do estudo.

Com o apoio do aplicativo, é possível criar um repositório de informações com o registro de consultas, ingestão de carboidratos, cálculo de dose de insulina,

Anúncios

lembretes de medicamentos e registro de glicemia. Além disso, soluções como o app Afya Glic permitem que o time médico acompanhe o dia a dia dos pacientes e seus cuidadores em tempo real, por meio de um prontuário eletrônico, permitindo decisões mais assertivas para o tratamento do diabetes.

Quiz rápido aponta risco da doença

“No Brasil, cerca de metade da população que tem diabetes não sabe e, por isso, é essencial chamar a atenção e conscientizar sobre os riscos da condição. Além de mostrar que é possível conviver com diabetes sem complicações, desde que seja feito um gerenciamento adequado. Quem tem diabetes precisa medir a glicemia várias vezes ao dia, contar a quantidade de carboidratos e outros nutrientes dos alimentos que ingere e, com isso, tomar as medicações necessárias, além anotar tudo para compartilhar com a equipe médica”, explica Gabriel Schon, cofundador do Afya Glic.

Anúncios

Como o diagnóstico adequado do diabetes e o cuidado contínuo com a saúde são decisivos para uma vida saudável, no mês do diabetes, o Afya Glic organiza uma campanha educacional, que alerta para a relevância de exames simples na detecção e a adoção de hábitos saudáveis para a rotina com o diabetes. A ação será realizada com influenciadores digitais, que prontamente quiseram fazer parte da campanha pela sua importância. Eles vão estimular a população a responder a um quiz online para saber qual é o seu risco em ter a condição. O resultado mostrará se a pessoa está em um grupo de alto risco para desenvolver diabetes tipo 2 nos próximos 10 anos e se é recomendado procurar um auxílio médico e fazer o exame de sangue para checar a glicemia. O quiz está disponível em: https://conteudo.gliconline.com.br/campanha-diabetes. O Afya Glic é um aplicativo gratuito. Baixe gratuitamente e saiba mais em: https://gliconline.net/

Testagem da população

Como parte da ação no mês de diabetes, a população da cidade de São Paulo

Anúncios

poderá realizar testagem presencial e gratuita de glicemia na sede da Afya. O

resultado sai em seis minutos. Caso o teste seja positivo, haverá profissionais de saúde para acolhimento e orientações iniciais. Além disso, serão feitos testes com colaboradores e estudantes, nas Instituições de Ensino Superior (IES) e nas unidades de pós-graduação médica (IPEMEDs) da Afya, espalhadas pelo país.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s