Arquivo da tag: Attitude

Estudo mostra que crianças com pais do mesmo sexo são mais estáveis emocionalmente

O estudo italiano também descobriu que os pais gays são as famílias que funcionam melhor

Um novo estudo descobriu que crianças com pais do mesmo sexo são mais “emocionalmente estáveis”.

A pesquisa – que foi publicada no Journal of Developmental e Behavioral Paediatrics – descobriu que o bem-estar de uma criança estava ligado a quão bem as funções familiares são mais do que a sexualidade dos pais.

Três grupos de pais que moram na Itália participaram da pesquisa on-line e incluíram 70 pais gays, 125 lésbicas e 195 casais heterossexuais.

As famílias foram pareadas com as características de seus filhos e avaliadas quanto às habilidades de seus pais, funcionamento familiar e pontos fortes e dificuldades de seus filhos.

O professor Roberto Baiocco, da Universidade de Roma, disse: “Nossas descobertas sugerem que crianças com pais do mesmo sexo se saem bem, tanto em termos de ajustamento psicológico quanto de comportamento pró-social.

“No geral, filhos de pais do mesmo sexo tinham menos dificuldades relatadas do que filhos de pais de sexo diferente.

“Os resultados não mostraram grandes diferenças no ajustamento psicológico das crianças entre os três grupos de famílias.”

Os pais gays supostamente eram as famílias que funcionavam melhor, o que foi especulado como sendo devido ao alto nível de comprometimento necessário para homens homossexuais se tornarem pais por meio de mães de aluguel.

O estudo italiano mostra que não há problemas de aumento para crianças com pais do mesmo sexo em comparação com casais heterossexuais apesar da adoção gay ainda ser ilegal no país.

Fonte: Attitude


Leia mais Notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp (98) 98506-2064

Para O Cubo crescer, vamos precisar da sua ajuda. Seja patrão do blog dando um pequeno patrocínio.

https://www.catarse.me/ocubo?ref=project_link


Digite seu e-mail para assinar as notificações deste site

Junte-se a 1.389 outros assinantes

Pesquisa mostra que gays afeminados são mais rejeitados 

Uma pesquisa feita pela revista britânica Attitude, que tem o público alvo a comunidade LGBTQ, revelevou que 71% dos 5.000 homens gays que responderam a pesquisa, admitiram não se sentirem atraídos por homossexuais muito afeminado.

Na pesquisa, 41% das pessoas responderam que acham que os afeminados prejudicam a imagem ou a reputação dos gays, é só 29% acha que ser afeminado é um ponto positivo.

“A masculinidade está em crise. Pelo menos essa é a mensagem que parece emergir praticamente todos os dias da mídia convencional”, diz o Editor-Chefe da Attitude, Matt Cain.

No caso preconceito, 56% dos “não afeminados” dizem que nunca sofreram homofobia, contra somente 26% dos afeminados que certamente tem que lidar com isso no dia-a-dia. Os casos de homofobia é violência acontecem principalmente com gays afeminados, que estão muito mais exposto é vulneráveis à ignorância da sociedade. Isso se reflete na ficção, como na série Glee, que um personagem gay é bastante afeminado, é alvo constate de xingamento e violência homofóbica, enquanto seu namorado Blaine tem pouco momentos em que se demonstra preconceito por parte de qualquer um contra ele, isso, embora os dois sejam gays.