Arquivo da tag: Brasil

Muito além do vírus: pessoas com HIV estão vivendo com mais qualidade de vida, mas ainda têm riscos elevados de desenvolverem outras doenças crônicas

Cerca de 960 mil pessoas vivem com HIV hoje no país. Indivíduos 50+ representam cerca de 33% dessa população

Anúncios

Quatro décadas já se passaram desde a identificação dos primeiros casos de infecção pelo HIV no Brasil. De lá para cá, grandes conquistas aconteceram. Podemos citar dois marcos que foram importantes no Brasil, hoje um dos países referência no enfrentamento do vírus: a introdução da terapia antirretroviral com distribuição gratuita pelo SUS, e o acesso aos serviços de saúde especializados para prevenção e diagnóstico. Esses marcos trouxeram benefícios para a saúde das pessoas que vivem com o vírus, permitido que elas retomem e concretizem seus projetos de vida. A partir daí, foi possível observar uma menor incidência de outras infecções e a queda de mortalidade, o que possibilitou o envelhecimento dessa população.

Doença crônica como a hipertensão e o diabetes, a infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) pode ser controlada desde que o paciente siga o tratamento indicado e acompanhe a progressão da doença com frequência. Segundo o último Relatório de Monitoramento Clínico do HIV[1], estima-se que ao final de 2021 havia aproximadamente 960 mil pessoas vivendo com HIV no país, das quais 89% estavam diagnosticadas e 82% faziam o tratamento com antirretrovirais (TARV). Das pessoas em tratamento há pelo menos 6 meses, 95% atingiram supressão viral (CV inferior a 1.000 cópias/mL) e 90% estão com vírus intransmissível (CV inferior a 50 cópias/mL).

Anúncios

O Brasil está dentro da meta global do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre /AIDS (UNAIDS) no critério supressão viral (CV inferior a 1.000 cópias/mL), que é de 95%. Esses números mostram a importância da adesão e da continuidade do tratamento.

Envelhecimento da população com HIV

Tivemos um aumento significativo da população 50+ nas últimas décadas em todo o mundo. Dados divulgados pela UNIAIDS mostram que de 1995 a 2015 a prevalência global de HIV entre indivíduos dessa faixa etária mais que dobrou: das 36,7 milhões de pessoas com HIV em todo o mundo em 2015, 5,8 milhões (15,8%) tinham 50+. Ainda em relação a faixa etária, dados do Relatório de Monitoramento Clínico do HIV de 2021 do Ministério da Saúde mostram que, do total de pessoas vivendo com HIV no Brasil, a população 50+ representava 33% (cerca de 256 mil). Dessas, 90% estavam em TARV e 82% das que estavam em tratamento haviam atingido supressão viral.

“Hoje, a expectativa de vida das pessoas com HIV é praticamente igual a das pessoas que não vivem com o vírus. A população 50+ é uma das que mais adere aos programas de saúde e ao tratamento com antirretrovirais”, afirma o infectologista, Dr. Álvaro Furtado, médico assistente do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da HC-FMUSP e integrante da equipe do ambulatório de HIV/AIDS do CRT/Santa Cruz da Secretária de Saúde de São Paulo.

Anúncios

Mas mesmo com o aumento da qualidade de vida desse paciente, o envelhecimento também traz um maior risco de desenvolver comorbidades não transmissíveis associadas à idade, como hipertensão, infarto do miocárdio, doença arterial periférica e função renal. Dados de um estudo holandês mostram que em 2030, cerca de 84% dos pacientes terão 1 ou mais doença não relacionadas a aids, 28% terão 3 ou mais doenças e apenas 16% dos pacientes infectados pelo HIV não terão outras doenças.

A situação pode ser agravada em pacientes com HIV que não fazem o acompanhamento médico corretamente, indo as consultas e fazendo os exames periódicos, seja para prevenir possíveis comorbidades, identificar o aparecimento de alguma outra doença, ou monitorar a ação do próprio vírus no organismo. Um exemplo é o exame de contagem de linfócitos CD4, que são células do sistema imunológico atacadas pelo HIV. Ele pode ajudar a adotar medidas preventivas para evitar infecções oportunistas e auxiliar o médico a orientar o tratamento.

Anúncios

“É preciso seguir um contexto global de atenção à saúde. Os pacientes que aderem às consultas e aos exames periódicos, conseguem manter a imunidade em dia, além de evitar, ou tratar precocemente, outros problemas de saúde”, declara o especialista. Dr. Álvaro também alerta em relação a importância de adotar um estilo de vida saudável. “Dieta e exercícios físicos precisam fazer parte do dia a dia desse paciente”, finaliza.

Abordagem multidisciplinar

Os médicos e o próprio sistema de saúde precisam estar preparados para olhar integralmente para esse paciente, além de estimular a sua adesão ao tratamento. “Considerando o risco aumentado dessa população de desenvolver outras doenças, a abordagem multidisciplinar é fundamental e deve incluir também outros tipos de avaliações, como as metabólicas, pressão arterial, função renal, triagem para depressão, entre outras”, alerta Dr. Alexandre Naime Barbosa, médico infectologista e Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia.

Anúncios

Estigma diante do HIV

O preconceito e a falta de acolhimento dentro e fora do sistema de saúde ainda estão muito presentes no dia a dia desse paciente. Manter segredo sobre o diagnóstico pode ter um impacto negativo na adesão ao tratamento. O contrário acontece quando o paciente consegue conversar sobre o assunto com pessoas de confiança da família ou entre seus amigos. “É preciso criar um ambiente social livre de discriminação para que o paciente se sinta bem e confiante para aderir ao tratamento e se preocupar com a sua qualidade de vida”, afirma Dr. Alexandre.

Sobre o HIV

HIV é a sigla em inglês para o Vírus da Imunodeficiência Humana, que pode causar a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (aids). Diferente de outros vírus, ainda não há cura para o HIV, o que significa que o paciente terá que conviver com a infecção pelo resto da vida. No entanto, é possível controlar a doença por meio da terapia antirretroviral (ART) disponível gratuitamente, que prolonga a qualidade de vida e reduz as possibilidades de transmissão.

Anúncios

O HIV pode ser propagado por meio de relações sexuais (vaginal, anal ou oral) desprotegidas (sem camisinha) com uma pessoa já infectada pelo vírus, pelo compartilhamento de objetos cortantes contaminados, como alicates, seringas, agulhas, entre outros, e de mãe soropositiva, sem tratamento, para o filho durante a gestação, parto ou amamentação.

Para mais informações sobre o vírus e a Campanha +Presente contra o HIV, CLIQUE AQUI.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Festival de Natal Equatorial leva shows gratuitos para São Luís: Melim, Gilsons, Manifesto Tropical, Zeca Baleiro e diversas atrações

Criado pela agência Novo Traço, o evento é um presente da empresa Equatorial Maranhão para a população Maranhense

Anúncios

Nos dias 10 e 11/12, a charmosa Praça Maria Aragão, em São Luís, no Maranhão, será palco do “Festival de Natal Equatorial”. Serão dois dias de shows gratuitos para o público com grandes nomes da música brasileira. O evento, criado pela agência de entretenimento Novo Traço, que traz como premissa a democratização do acesso à cultura, é um presente da Equatorial Maranhão para a população local. Carlos Hubert, Executivo de Comunicação, Marketing e Sustentabilidade da Equatorial Maranhão, destaca a forte ligação da marca com a cultura e celebra a realização do projeto no Maranhão: “Para nós da Equatorial Maranhão, disseminar cultura já é parte das nossas práticas e da nossa história. O Festival de Natal Equatorial é um projeto idealizado com muito carinho e que reflete bem a nossa alegria e desejos para este fim de ano: música boa com muita energia, valorização da nossa cultura e dos artistas maranhenses em sintonia com artistas consagrados nacionalmente. Vai ser um momento lindo para toda a família maranhense participar”, destacou Hubert”.

Abrindo a programação de sábado, o público poderá desfrutar da apresentação da Orquestra Jovem do Maranhão João do Vale. Em seguida, o maranhense Fernando de Carvalho, cantor reconhecido da região por inúmeros trabalhos e musicais, se apresenta com participação especial de Emmanuel Ferraro, o jovem de apenas 12 anos que encantou a todos e se tornou vencedor de um reality musical nacional. À noite, encerrando o primeiro dia de evento, o Manifesto Tropical, de Pedro Baby e Lucio Mauro Filho, fará um show repleto de hits alto astral como “Não Vou Ficar” (Tim Maia), “Brother” (Jorge Ben Jor), “Boa Noite” (Djavan) e “Condição” (Lulu Santos), trazendo como convidado o maranhense Zeca Baleiro.

Anúncios

No domingo, a noite começa com show da banda Melim, trio musical brasileiro formado pelos irmãos Rodrigo, Gabriela e Diogo, cantando seus grandes sucessos como “Ouvi dizer”, “Abrigo”, “Eu feat. Você” e “Peça Felicidade”. Encerrando o ‘Natal Equatorial’ em grande estilo, a banda Gilsons, formada por José Gil, Francisco Gil e João Gil, respectivamente filho e netos de Gilberto Gil, chega para colocar todo mundo para cantar e dançar ao som de “Devagarinho”, “Várias queixas”, “Love love” e muito mais.

Nosso principal objetivo é sempre oferecer música e cultura para todos, democratizar o acesso a shows com artistas renomados. O público pode esperar alta qualidade artística com diversão e infraestrutura.  Um festival como este, próximo a uma data tão emblemática como o Natal, leva felicidade ao público e, sobretudo, tem um importante papel na geração de emprego e renda para toda uma cadeia produtiva, que inclui quem está nos bastidores até os trabalhadores informais, todos fundamentais para o evento acontecer”, afirma Rafaello Ramundo, fundador da Novo Traço e Diretor de Criação do Festival.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Autor de violência doméstica é preso em São Luís

Um homem de 41 anos foi preso por violência doméstica contra sua companheira

Anúncios

Nesta terça-feira(29), a Polícia Civil do Maranhão, deu cumprimento a dois mandados de prisão contra um homem de 41 anos de idade acusado pela prática do crime de violência doméstica. A prisão foi realizada no bairro do Lira, em São Luís, por um equipe de investigadores da Delegacia Especial de Mulher.

Segundo a delegacia especializada, contra o homem pesavam 02 (dois) mandados de prisão em aberto, sendo um referente a uma sentença condenatória pelo crime de violência doméstica e familiar ocorrido no ano de 2014 praticado contra sua então companheira. O outro mandado era referente ao não pagamento de pensão alimentícia.

Anúncios

Após investigações policiais e reunião de dados, o foragido foi localizado e preso pela Polícia Civil, sendo encaminhados para Central de Inquérito e Custódia onde ficará à disposição da Justiça.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

PF deflagra operação contra crimes de lavagem de dinheiro e contrabando no PI e MA

Empresas com sede na região de fronteira sul do país e do Pará eram utilizadas para lavagem de dinheiro de criminosos de diversos estados

Anúncios

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (29/11), a Operação Mercador PI, com o objetivo de reprimir a lavagem de dinheiro decorrente da prática de crimes de contrabando de cigarros, bem como os crimes financeiros na região da fronteira do Brasil com o Uruguai.

Na ação de hoje, 30 policiais federais cumprem 8 mandados de busca e apreensão nos municípios de Teresina/PI, Francisco Santos/PI e São Luís/MA.

A investigação pela Polícia Federal no Piauí ocorreu paralelamente à Operação Mercador Fenício, da Polícia Federal na Paraíba, deflagrada na data de 10 de novembro de 2022, cujo trabalho contou com provas compartilhadas com a operação deflagrada hoje, mediante autorização judicial.

Anúncios

O grupo estabelecido no Piauí seria responsável pela lavagem de dinheiro e remessa de valores a diversas empresas com sede no Rio Grande do Sul, bem como do interior do Pará.

Conforme a investigação, há indícios de lavagem de dinheiro de crimes como o contrabando e descaminho, entre outros, a partir do recebimento de valores por empresas diversas que atuam em diversificados ramos empresariais, como postos de combustíveis e supermercados.

Os recursos eram enviados de diversos estados do Brasil por pessoas físicas e jurídicas, muitas sem identificação de origem e sem atividade relacionada aos estabelecimentos comerciais suspeitos que pudesse justificar a remessa dos valores.

Anúncios

Os crimes investigados na operação são lavagem de dinheiro, associação criminosa e contrabando.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Curso online sobre Patrimônio Histórico acontece dias 6 e 8 de dezembro

Apresentado pelo Instituto Artium, gratuito e online é ministrado por Valéria Alencar, mestre e doutora em Artes

Anúncios

O que é patrimônio histórico, qual sua importância, o que fazer para preservá-lo? Essas e outras questões serão tratadas no curso online sobre Patrimônio Histórico a ser realizado nos dias 6 e 8 de dezembro, às 19 horas, de graça e online. A atividade é uma iniciativa do Instituto Artium de Cultural.

Os interessados podem se inscrever no https://forms.gle/uCbtSHcvnj1Cw7p8A 

Os participantes entrarão em contato com as discussões contemporâneas sobre as noções de Patrimônio Cultural a partir da análise de alguns dos quais são tombados e registrados. Será abordada a história dos processos de patrimonialização no Brasil e as relações de poder envolvidas, lançando problematizações acerca das lutas pelo direito à memória. 

Anúncios

patrimônio histórico representa os bens materiais ou naturais que possuem importância na história de determinada sociedade ou comunidade. Prédios, casas, pontes, estátuas, esculturas, ruínas, igrejas, templos, grutas e cavernas, sítios arqueológicos ou até mesmo parte de uma cidade como o centro histórico são exemplos de construções e espaços que podem ser considerados patrimônio histórico.

Por meio do patrimônio histórico cultural é possível conhecer a história e tudo que a envolve. Por exemplo, a arte, as tradições, os saberes de determinado povo. Preservar e valorizar os elementos culturais de um povo é manter viva a sua identidade. Trata-se, portanto, de um ato de construção da cidadania.

No Brasil quem cuida do patrimônio histórico é o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O Iphan foi criado em 1937 e está vinculado ao Ministério da Cultura. O trabalho da instituição é o de proteger e preservar os bens culturais e históricos do país, garantindo que ele se mantenha bem cuidado pelas próximas gerações.

Anúncios

Sobre Valéria Alencar

Valeria Alencar possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1998), Mestrado em Artes (2008) e Doutorado em Artes (2015) pelo Instituto de Artes – UNESP. Possui experiência na área de Educação em Museus, Educação Patrimonial e Mediação Cultural. Colaboradora da empresa Arteducação Produções, desde 2001, atuando como educadora, supervisora, coordenadora e formadora de educadores para exposições. Como docente, tem experiência como professora de História na Educação Básica e, no Ensino Superior, como professora nos cursos de Licenciatura em História, Pedagogia e Licenciatura em Artes, nas disciplinas relacionadas a Patrimônio Cultural e História da Arte.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Polícia Federal realiza operação de combate ao tráfico de drogas através dos Correios no Maranhão

A Polícia Federal no Maranhão deflagrou hoje, 30 de novembro, a Operação “PSEUTIS”, com a finalidade de reprimir a prática de tráfico de drogas sintéticas por meio de correspondências enviadas pelos Correios.

Anúncios

A investigação teve por objetivo desarticular organização criminosa que se utilizava da estrutura da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – EBCT para enviar e receber drogas sintéticas por correspondências.

As encomendas sempre tinham como remetentes pessoas que registravam as postagens em cidades do interior de São Paulo e destinatários residentes em São Luis/MA.

Durante a investigação foram apreendidos frascos de lança perfume, vários comprimidos de exctasy e unidades de LSD.

Anúncios

Na data de hoje estão sendo cumpridos 02 (dois) Mandados de Prisão Temporária e 02 (dois) Mandados de Busca e Apreensão expedidos pelo Juiz da Central de Inquéritos e Custódia da Comarca da Ilha de São Luís, em decorrência de representação da Polícia Federal.

Os responsáveis foram indiciados pelos crimes de tráfico de drogas interestadual e associação para tráfico previstos nos artigos 33, 35 e 40, V da Lei nº 11.343/2006.

A operação foi denominada “PSEUTIS” e significa mentiroso, fazendo alusão aos depoimentos prestados por alguns investigados que faltaram com a verdade na tentativa de embaraçar a instrução do inquérito policial.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Anti-inflamatórios de uso comum na infância podem causar alterações no esmalte dentário, revela estudo

Por meio de experimentos com ratos, pesquisadores da USP avaliaram os efeitos de medicamentos como celecoxibe e indometacina. Resultados foram divulgados na revista Scientific Reports

Anúncios

Julia Moióli | Agência FAPESP – Estudo feito na Universidade de São Paulo (USP) e divulgado na revista Scientific Reports revela que medicamentos anti-inflamatórios de uso comum na infância podem estar ligados a defeitos de desenvolvimento do esmalte dentário, que hoje ocorrem em aproximadamente uma em cada cinco crianças no mundo.

Os autores, ligados às faculdades de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP-USP) e de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP-USP), investigaram os efeitos de drogas como o celecoxibe e indometacina, que pertencem à classe dos anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs) e representam – ao lado do paracetamol – o primeiro degrau da escada analgésica da dor da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Anúncios

Nos últimos anos, os dentistas da Clínica do Esmalte Dentário da FORP-USP, que pesquisam e lidam diariamente com o problema, vêm observando um aumento considerável no número de crianças atendidas com dor, manchas brancas ou amarelas e sensibilidade e fragilidade dos dentes, que inclusive acabam fraturados pela força da mastigação – todos sintomas clássicos dos defeitos de desenvolvimento do esmalte dentário do tipo hipomineralização, cuja causa central ainda é desconhecida. Como consequência, lesões de cáries aparecem mais rapidamente e com maior frequência nesses pacientes e suas restaurações apresentam menor adesão e mais falhas. E estudos indicam que essas pessoas chegam a trocar dez vezes mais as restaurações ao longo da vida.

Uma coincidência despertou a curiosidade dos pesquisadores para se aprofundar no tema: a idade dos pacientes. Os primeiros anos de vida, quando os defeitos no esmalte se formam, coincidem com a época em que doenças são mais frequentes, muitas vezes com febres altas.

Anúncios

“Essas doenças geralmente são tratadas com anti-inflamatórios não esteroidais, que atuam inibindo a atividade das enzimas cicloxigenases (COXs) e a produção da enzima prostaglandina, cujos níveis se apresentam aumentados”, diz Francisco de Paula-Silva, professor do Departamento de Clínica Infantil da FORP-USP e orientador do estudo. “Entretanto, sabemos que as cicloxigenases e a prostaglandina são fisiológicas para o esmalte dentário, o que nos levou a questionar se esses medicamentos não estariam interferindo no curso da formação normal dessa estrutura.”

O estudo, que contou com apoio da FAPESP (projetos 10/17611-414/07125-6 e 21/09272-0), utilizou ratos para estudar o problema, já que os animais possuem incisivos com crescimento contínuo, o que facilita a análise. Durante 28 dias, eles foram tratados com celecoxibe e indometacina.

Após esse período, praticamente não foram observadas diferenças visíveis a olho nu nos dentes dos animais. No entanto, quando os pesquisadores iniciam as extrações, chamou atenção o fato de que os dentes quebravam com maior facilidade. Análises por método de imagem e de composição química indicaram impacto na mineralização dos dentes, que continham menos cálcio e fosfato, importantes para a formação do esmalte dentário, e sua densidade mineral era menor.

Anúncios

O passo seguinte foi investigar os motivos para isso. Os cientistas constataram que proteínas importantes para mineralização e sinalização para diferenciação celular se apresentavam alteradas, indicando que o tratamento com os medicamentos impactava, de alguma forma, a composição do esmalte dentário.

Próximos passos

“Neste momento, o estudo nos oferece um norte para entender um novo ator que pode estar envolvido nos defeitos de desenvolvimento do esmalte dentário, já que até então caminhávamos às cegas”, diz Paula-Silva. “Só conseguimos chegar a esses importantes achados graças aos esforços da Clínica do Esmalte Dentário da FORP-USP e de uma colaboração com a professora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto Lúcia Helena Faccioli, fundamental para a compreensão do papel dos mediadores lipídicos relacionados a doenças inflamatórias que afetam os dentes.”

Com base nos resultados observados no modelo animal, os pesquisadores pretendem dar início a um novo estudo para confirmar os achados na clínica. “Vamos resgatar a história das crianças com defeitos e seu uso dos medicamentos e correlacionar, em um estudo clínico, esses dois dados para verificarmos se isso também ocorre em humanos. Assim, poderemos estabelecer o que deve ou não ser consumido e criar, no futuro, um protocolo de tratamento adequado”, explica Paula-Silva, que compara a situação com o caso do antibiótico tetraciclina, não recomendado a crianças por causar manchas e escurecimento dos dentes.

Anúncios

De acordo com o professor, outro ponto importante a ser tratado é o acesso e o uso indiscriminado de medicamentos de venda livre, que parece ter se tornado cada vez mais comum como decorrência do aumento do cuidado pediátrico, embora ainda não haja dados concretos sobre o tema.

O artigo Enamel biomineralization under the effects of indomethacin and celecoxib non-steroidal anti-inflammatory drugs pode ser lido em: www.nature.com/articles/s41598-022-19583-w.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Feira Pertinho de Casa + Encontro de Brechós: evento gratuito terá Núbia, Emanuele Paz, Camila Reis e mais na programação, neste sábado (3)

Parceria dos eventos será na Praça do Reggae de São Luís, no Centro, a partir das 16h.

Anúncios

Shows musicais, contação de histórias e a exposição e venda de empreendimentos das áreas de alimentação, artesanato e brechós. Estes são os destaques que irão marcar a parceria da Feira Pertinho de Casa e do Encontro de Brechós (E.D.B), que realizarão suas novas edições em um evento conjunto neste sábado (3), no Centro Histórico de São Luís.

O evento, que será realizado na Praça do Reggae de São Luís (ao lado do Museu do Reggae), inicia às 16h (com programação até às 22h), com shows, atração infantil, discotecagem, brechós e expositores.

A proposta da parceria entre os dois eventos culturais é de incentivar a circulação de economia, a geração de oportunidades, a ocupação do Centro Histórico e a criação de conexões, oferecendo ao público uma programação gratuita e imperdível.

Anúncios

No sábado, a diversão é dupla: a Feira Pertinho de Casa realiza sua segunda edição – depois do sucesso da estreia, que reuniu centenas de pessoas na Rua de Nazaré e na Travessa Couto Fernandes; já o Encontro de Brechós (E.D.B) realizará uma edição comemorativa, em homenagem aos 6 anos de atuação da iniciativa no Centro da capital maranhense (por mês, até três edições do evento são realizadas na cidade).

Nesta edição especial, se apresentarão atrações que representam o Maranhão, abordando em suas letras temas como território, cultura maranhense e, também, a potência da mulher nordestina, somando forças no empoderamento das maranhenses.

Entre as atrações confirmadas, estão: as cantoras Emanuele Paz e Núbia, ambas de destaque na cena cultural musical do Maranhão; a cantautora Camila Reis, que levará a sua contação de histórias para entreter o público infantil; além da discotecagem especial do E.D.B e a presença de expositores da plataforma Pertinho de Casa e de empreendedores locais.

Anúncios

Feira Pertinho de Casa

A Feira Pertinho de Casa integra o movimento “Pertinho de Casa”, iniciativa da Rede Asta, Organização Social que atua há 16 anos articulando negócios sociais, sustentáveis e empreendedores – as sedes são localizadas no Rio de Janeiro e São Paulo, em parceria com a Accenture, e em São Luís, com a execução e apoio da Organização NAVE (ONG Nave).

A feira visa a conexão de empreendedores e consumidores de toda a Região Metropolitana de São Luís, possibilitando a troca de experiências e fomentando o consumo local, com empreendedores maranhenses apresentando a diversidade de seus produtos. A expectativa é fazer com que o povo maranhense possa se conectar dentro do evento e criar possibilidades para os expositores da Plataforma Pertinho de Casa a nível econômico, cultural e empreendedor, potencializando também o território maranhense.

Anúncios

Já o movimento Pertinho de Casa (articulado pela ONG NAVE, uma Organização sem Fins Lucrativos que tem 15 anos de existência), que abarca o projeto da Feira Pertinho de Casa, visa possibilitar que os microempreendedores tenham uma plataforma digital a seu favor para comercializar seus produtos.

Encontro de Brechós

O Encontro de Brechós (E.D.B) é um movimento de economia criativa, colaborativa, sustentável e beneficente que, desde 2016, ocupa espaço no Centro Histórico de São Luís, com a reunião de pequenos negócios, do brechó ao artesanato e shows culturais, para fazer a economia circular, se conectar e fortalecer o coletivo.

Anúncios

O E.D.B surgiu da necessidade de fortalecer a economia colaborativa em um contexto de pequenos (as) empreendedores que geram seus negócios de maneira totalmente independente e sem muitos privilégios.

A forma colaborativa de propor os pequenos negócios possibilita a troca de conhecimentos e amplia o alcance do negócio, sendo uma alternativa às formas que exigem um custo alto para obter recursos. Outro ponto importante é a consciência sobre a importância de ocupar espaços públicos, em especial o Centro da capital maranhense.

Outro destaque da atuação do Encontro de Brechós ao longo de seis anos é a doação de itens não perecíveis, seja de alimentação ou higiene, para grupos em vulnerabilidade social de São Luís. Para os organizadores, é uma forma política de se unir em torno de questões sociais que precisam de assistência e voz.

Anúncios

Mais

Para acompanhar todas as novidades do evento, basta acessar os perfis do Encontro de Brechós (https://www.instagram.com/encontrodebrechosslz/), ONG Nave (https://www.instagram.com/nave_ong/) e Pertinho de Casa Nacional (https://www.instagram.com/pertinhode.casa/) e São Luís (https://www.instagram.com/pertinhodecasa.slz/) no Instagram.

Outra dica é que a plataforma digital Pertinho de Casa está em São Luís e já conta com mais de mil empreendedores cadastrados. Para se cadastrar e/ou obter mais informações, acesse: https://www.pertinhodecasa.com.br/.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Caema deve instalar ozonizadores nas estações de tratamento de esgotos

Sentença da Vara de Interesses Coletivos de São Luís determinou à Caema e ao governo do Estado do Maranhão instalar e manter sistemas de ozônio nas estações de tratamento de água do Vinhais, Jaracaty e Bacanga, para evitar o lançamento de resíduos líquidos sem tratamento nos Rios Anil e Bacanga.

Anúncios

De acordo com informações da sentença, a Estação de Tratamento de Esgotos – ETE do Vinhais teria sido inaugurada pela Caema sem que todos os equipamentos necessários para o referido tratamento estivessem em operação. E nas três estações existentes em São Luís (Jaracaty, Bacanga e Vinhais) não existiria a última etapa do tratamento dos esgotos recebidos.

A determinação, do juiz Douglas de Melo Martins, atendeu a pedido do Ministério Público (MP) em “Ação Civil Pública” contra a Caema e o Estado do Maranhão. Na ação, o MP afirmou que nas estações de tratamento do Jaracaty e Bacanga seus ozonizadores não funcionavam. Na ETE do Vinhais “constatou-se que o seu sistema gerador de ozônio somente passou a funcionar em 3 de abril de 2018”, embora tenha sido inaugurado em 8 de agosto de 2016.

Anúncios

INSTALAÇÃO DE OZONIZADORES

A sentença determina à Caema a instalação de ozonizadores ou outra tecnologia igual ou superior nas estações de tratamento de esgotos do Jaracaty e Bacanga, bem como manter em pleno funcionamento os ozonizadores ou outra solução tecnológica igual ou superior nessas ETEs e da ETE Vinhais, no prazo de um ano, sob pena de multa diária no valor de R$ 1.000,00.

A Caema e ao Estado do Maranhão também devem reparar os danos ambientais causados, inclusive o dano moral coletivo, pelo pagamento de indenização pelos danos causados ao meio ambiente em decorrência do lançamento de esgotos sem tratamento no Rio Anil, no valor de R$ 500 mil.

Anúncios

O Estado  deverá, ainda, realizar vistorias antes da concessão de Licença de Operação em empreendimentos que possuam equipamentos de controle de poluição sob pena de multa diária no valor de R$ 1.000,00.

IRREGULARIDADES NO LANÇAMENTO DE ESGOTOS 

O juiz Douglas de Melo Martins fundamentou sentença em artigos da Constituição Federal, da Lei 6938/81, que trata da Política Nacional do Meio Ambiente, da Lei nº 11.445/2007, que estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico e da Resolução CONAMA nº 357/2005 segundo a qual “os efluentes de qualquer fonte poluidora somente poderão ser lançados diretamente nos corpos receptores após o devido tratamento”.

Anúncios

“No caso, dos documentos acostados aos autos verifica-se a ocorrência de irregularidades no lançamento de esgoto nos rios Anil e Bacanga. Da análise processual, depreende-se que no último processo de tratamento dos esgotos que passa pelas ETEs, antes do lançamento final no meio ambiente, qual seja, o tanque de ozônio, não se encontrava funcionando”, afirma o juiz na sentença.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Duas pessoas são presas por roubo em Codó

Em duas ações distintas realizadas na última segunda-feira(28), no município de Codó, a Polícia Civil do Maranhão conseguiu prender dois homens pelo crime de roubo majorado. As prisões foram realizadas por investigadores do Grupo de Pronto Emprego(GPE) da 4ª Delegacia Regional de Codó.

Anúncios

Na primeira ação policial, os investigadores, com apoio de policiais militares deram cumprimento a um mandado de prisão definitiva contra um homem pela prática do crime de roubo. Após realizadas as comunicações, o preso foi encaminhado à Unidade Prisional de Codó, onde cumprirá pena.

Pelo mesmo crime, um segundo homem foi alvo de um mandado de prisão preventiva que foi cumprido pelas equipes da Polícia Civil e Militar do Maranhão. O preso também foi levado à Unidade Prisional de Codó.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com