Arquivo da tag: cinema

Festival Guarnicê de Cinema começa na sexta-feira (23)

A abertura do Festival Guarnicê de Cinema ocorre nessa sexta-feira (23) no Teatro Napoleão Ewerton – SESC (Avenida dos Holandeses, Qd 04, Jardim Renascença II) a partir das 19h.

Anúncios

A edição 45 do Guarnicê terá início com uma exibição histórica. O filme “Marte Um’’, representante do Brasil no Oscar, foi escolhido para abrir o festival. A sessão contará com a presença do ator Carlos Francisco, um dos protagonistas da obra. O longa dirigido por Gabriel Martins e produzido pela Filmes de Plástico possui classificação indicativa de 16 anos e terá uma única exibição no Guarnicê, exclusivamente presencial.

Os ingressos para a cerimônia de abertura podem ser retirados a partir das 17h na bilheteria do Teatro Napoleão Ewerton – SESC. 140 lugares estarão reservados para convidados e 100 estarão disponíveis para o público. O evento é sujeito à lotação.

Os bilhetes que ocasionalmente não forem distribuídos para convidados serão direcionados para o público. As portas do teatro abrem às 18h e não será permitida a entrada após às 19h, horário de início do evento.

Anúncios

A abertura do festival também contará com homenagem à artista visual Marlene Barros, programadora cultural da Diretoria de Assuntos Culturais da UFMA, e homenagem póstuma à Geraldo Sarno, roteirista e diretor baiano, realizador de obras como “Sertânia’’, filme que recebeu o título de melhor longa-metragem nacional no Guarnicê 2020. A atração cultural fica por conta da Companhia Encantar, grupo que por meio de danças folclóricas propõe uma viagem sobre a cultura popular maranhense.

Realizado pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC) da Universidade Federal do Maranhão, o Guarnicê 2022 ocorre em formato híbrido entre os dias 23 e 30 de setembro, com patrocínio da Equatorial Energia, Governo do Maranhão e SECMA por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, além de apoio do Sebrae por meio do movimento Mobiliza SLZ.

Anúncios

O Guarnicê 2022 também conta com apoio da  Associação Maranhense de Desenvolvedores de Jogos Eletrônicos (AMAGAMES), Assembleia Legislativa do Maranhão, Astral Games, Bulldog Burguer, Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Eduplay,  Escola de Cinema do IEMA, Fundação Sousândrade, Prefeitura Municipal de São Luís por meio da Secretaria Municipal de Turismo, Rádio Universidade, SESC, Teatro João do Vale e TV UFMA, além de cobertura do Site Volts.

Programação presencial

A abertura e o encerramento do festival (dias 23 e 30, respectivamente) ocorrem no Teatro Napoleão Ewerton – SESC.

Anúncios

No final de semana, dias 24 e 25, toda a programação do evento fica concentrada no Teatro João do Vale (Rua da Estrela, 282, Centro). Nessas datas, serão exibidos videoclipes e filmes de longa e curta-metragem, nacionais e maranhenses. Todas as obras exibidas no Teatro João do Vale fazem parte das mostras competitivas, que concorrem à premiação.

Do dia 26 ao dia 29, o festival realiza exibições no Teatro Napoleão Ewerton (onde ocorrerão mostras paralelas e sessões da mostra Faz Todo Sentido, voltada para pessoas com deficiência) e no Cineteatro Aldo Leite (Palacete Gentil Braga, Rua Grande, 782), que receberá mostras especiais e competitivas.

Anúncios

Toda a programação do festival é gratuita. Para participar, basta que o espectador compareça à bilheteria meia-hora antes da sessão de seu interesse. As datas e os horários de exibições dos filmes podem ser consultados no site guarnice.ufma.br.

Programação online

Essa é a terceira edição consecutiva em que o Guarnicê promove a sua programação de modo híbrido, dividindo as suas atividades presenciais entre os teatros de São Luís e as virtuais entre o site guarnice.ufma.br e o aplicativo Cine Guarnicê. No formato online, o festival realiza as suas exibições na plataforma Eduplay, desenvolvida pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Cinema será usado na socioeducação de adolescentes em conflito com a lei

A primeira etapa do Projeto “Sétima Arte e Socioeducação” foi lançada pela Vara da Infância e Juventude de Timon e Fundação da Criança e do Adolescente (FUNAC). O projeto, que está sendo desenvolvido de forma coletiva, tem o objetivo de contribuir para a construção de um novo projeto de vida, sem drogas e sem violência, para os adolescentes apreendidos.

Anúncios

Na manhã de sexta-feira (22), no auditório do Tribunal do Júri do Fórum de Timon, foi realizada uma palestra de formação das equipes da Vara da Infância e de duas unidades da Funac, que atuarão na construção do projeto. A palestra, no formato semipresencial, foi ministrada pelo cineasta e professor Beto Matuck, e abordou a contribuição do cinema na socioeducação de adolescentes em conflito com a lei.

Matuck é diretor do longa metragem “Celso Antonio, Brasileiro”, documentário que resgata a trajetória do escultor modernista de Caxias (MA), Celso Antônio de Menezes (1896-1984), que participou do movimento modernista na arte brasileira e foi assistente do escultor francês Antoine Bourdelle. 

Anúncios

A palestra foi assistida pelo juiz Simeão Pereira (titular da Vara da Infância e Juventude); comissária de Justiça Juliana Mendes; Jaciane Beatriz Guedes Rodrigues (CREAS); Naiara Cunha (Centro de Internação Provisória) e pelas integrantes da equipe técnica do Centro de Semiliberdade: Maria de Fátima Oliveira, Daniele Gomes, Dannyara Sousa, Katiúscia Lima.

RESSIGINIFICAÇÃO DA VIDA DOS ADOLESCENTES

A proposta do projeto “Sétima Arte e Socioeducação” é que as equipes elaborarão a lista de filmes, ouvindo os próprios adolescentes apreendidos, com ênfase nas películas que explorem temáticas identificadas com a sua identidade cultural e comunitária, que possam contribuir para despertar valores éticos e contribuir para a construção da cultura da paz.

Anúncios

Antes da exibição, os adolescentes serão informados sobre o filme que será exibido nas sedes dos Centros de Semiliberdade e de Internação Provisória, uma vez por semana. No dia seguinte à exibição do filme, os adolescentes, seus familiares e equipe técnica participarão de “Círculos de Construção de Paz”, sob a coordenação de facilitador em Justiça Restaurativa, discutindo a mensagem de cada filme e o quanto ela pode representar na ressignificação de vida desses adolescentes.

Segundo a comissária Juliana Mendes, a FUNAC oferecerá a estrutura adequada para as sessões dos filmes, e os facilitadores para atuarem nas rodas de diálogos com os adolescentes.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Abertas as inscrições para monitoria no Festival Guarnicê de Cinema

As inscrições para monitoria no Festival Guarnicê de Cinema 2022 – Edição 45 podem ser feitas até o dia 17 de julho por meio do formulário disponível no site guarnice.ufma.br. Os monitores têm a oportunidade de atuar em diferentes áreas do festival, a exemplo da produção, recepção, cerimonial, comunicação, ações formativas e organização de informações para a plataforma de streaming do evento.

Anúncios

As vagas são destinadas a discentes regularmente matriculados nos cursos de graduação da UFMA, a partir do 5º período, e que preencham os requisitos específicos solicitados no edital. O processo seletivo será feito em duas etapas: a primeira consiste na análise do formulário enviado pelo candidato; e a segunda, na realização de entrevista, que será feita no dia 25 de julho, em local ainda a ser definido. O resultado da seleção será divulgado no dia 29 do mesmo mês. A interposição de recursos pode ser feita até o dia 2 de agosto, exclusivamente para o e-mail dac@ufma.br. O resultado final, após recursos, será publicado até o dia 5 de agosto.

Todos os monitores terão como benefício a entrega de Certificado de Monitor de Atividade de Extensão do período do evento, com carga horária de 40 horas, podendo ser usada para fins de curricularização. Além disso, terão garantidas camisa do Guarnicê e alimentação (almoço para o monitor com carga horária diária de oito horas).

Confira o edital

Anúncios

Festival Guarnicê de Cinema 2022 – Edição 45

O Festival Guarnicê de Cinema 2022 – Edição 45 visa incentivar e difundir a produção audiovisual no Brasil, em especial, no Estado do Maranhão, além de promover o intercâmbio entre os realizadores e a comunidade em geral, na formação de um público crítico de cinema.

Busca, ainda, estruturar as atividades de mostras competitivas e mostras paralelas, além de ações formativas que incluem a realização de oficinas, cursos, workshops e masterclass. O Festival é realizado pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec) da Universidade Federal do Maranhão.

Anúncios

Por: Leonardo Alves Ferreira/DAC/Proec

Revisão: Jáder Cavalcante

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

I Festival de Cinema da Ilha será realizado em junho

A Cia Chão de Cozinha, realizará o I Festival de Cinema da Ilha, com o intuito de difundir as narrativas do audiovisual maranhense, compartilhando estudos e pesquisas realizadas nesse estado, dessa forma propondo importantes discussões sobre essa arte não só no Maranhão, mas no Brasil.

Anúncios

A partir das novas perspectivas do produzir cinema, o festival pretende abrir espaços de trocas para diversos tipos de trabalhos e experimentos, pensando assim a riqueza de conteúdos que podem agregar e fazer refletir sobre essas construções de um audiovisual maranhense, brasileiro, contemporâneo e potente, evidenciando nossas culturas, sobretudo tendo em vista o contexto que nos encontramos e como ele afetou as nossas produções.

O I Festival de Cinema da Ilha ocorrerá no primeiro final de semana do mês de junho de 2022, nos dias 03, 04 e 05. Contará com uma programação diversa de produções audiovisuais, mostras competitivas, mesas de diálogos interativas e oficinas formativas, que acontecerão de forma híbrida, respeitando as normas sanitárias estabelecidas pelo poder público.

Anúncios

Com a força da juventude e a vontade de fazer cinema no Maranhão, o festival, que pretende firmar-se no cenário cultural maranhense, além de incentivar as discussões e produções audiovisuais, propor trocas de conhecimentos e aprendizagens entre as pessoas que produzem, estudam e pesquisam cinema, será realizado, pelo menos, por 70% de pessoas pretas e LGBTQIA+, tendo o intuito de evidenciar a força desses corpos nesse meio audiovisual.

Lembrando que estamos com as inscrições abertas, podem enviar experimentos, processos, curtas, longas, todo tipo de trabalho audiovisual até dia 11 de maio. O link de inscrição se encontra no instagram @ciachaodecozinha. Qualquer dúvida estamos a disposição.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

V Mostra Sesc de Cinema: inscrições encerram esta semana no dia 14 de abril

Projeto já recebeu cerca de 1.200 obras de todas as regiões do Brasil

Anúncios

Já consolidada como uma das principais iniciativas de incentivo ao cinema independente no Brasil, a Mostra Sesc de Cinema – MSDC chega a sua quinta edição este ano. Realizadores e realizadoras de todas as regiões do país poderão inscrever suas obras até 14 de abril, com longas, médias e curtas metragens de temas variados. Para participar, as obras devem ter sido finalizadas a partir de 1º de janeiro de 2020 e a lista com as produções selecionadas será divulgada até o dia 31 de agosto. Até o momento, o projeto já recebeu cerca de 1.200 obras de todas as regiões do Brasil. 

“Mesmo com o impacto que o mundo do audiovisual sofreu nos últimos dois anos em função da pandemia, podemos constatar a força da produção brasileira. No ano passado, as inscrições para a Mostra Sesc de Cinema bateram recorde e foram contabilizadas mais de 1.900 obras. Outro fator que chamou a atenção foi o protagonismo das mulheres, que pela primeira vez, estiveram, à frente da maioria das obras selecionadas. Nós, do Sesc, ficamos muito felizes e realizados em seguir com a missão de promover e incentivar a arte nacional por meio de um projeto tão relevante”, celebra o gerente de Cultura do Departamento Nacional do Sesc, Marcos Rego.

Anúncios

Assim como em 2021, a edição deste ano ocorrerá em ambiente virtual – da seleção à exibição. Podem ser inscritos filmes de 23 estados e do Distrito Federal. As obras serão avaliadas por comissões estaduais formadas por profissionais do Sesc e especialistas convidados. Além das seleções estaduais e regional, para a etapa nacional serão escolhidos 24 filmes e haverá uma curadoria especial para eleger outras dez produções infanto-juvenis.

Além do prêmio, a Mostra amplia a visibilidade das obras, uma vez que aquelas selecionadas serão exibidas em circuito regional ou nacional, que contará ainda com ações formativas como cursos, oficinas e workshops sobre os diversos ligados ao cinema

Anúncios

Sobre a Mostra Sesc de Cinema

Lançado em 2017, o concurso busca incentivar e dar visibilidade à produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição. A MSDC contribui para a promoção e o lançamento de novos artistas de todo o país, além de priorizar a seleção de realizadores brasileiros que abordem temas ligados a realidade e a pluralidade cultural do país.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

4ª Mostra Novo Cinema Maranhense acontece até dia 25 de novembro 

Evento conta com exibição de longas, curtas e clipes idealizados por profissionais maranhenses. 

Anúncios

A mostra Novo Cinema Maranhense é uma mostra pioneira na exibição de produções audiovisuais contemporâneas de jovens diretores e novos realizadores do Estado do Maranhão. Em 2021, o evento segue em formato online até dia 25 de novembro, em função da pandemia da Covid-19. 

Sempre visando o descobrimento e incentivo dos realizadores locais, a mostra é uma janela de exibição alternativa para diretores estreantes do Maranhão ou filmes locais recentes com destaque, exibidos em importantes festivais nacionais ou internacionais, que muitas vezes não são vistos e acabam entrando no esquecimento do público. 

As exibições ocorrem por meio do site novocinemamaranhense.com.br. Além da exibição de um longa, sete curtas, doze videoclipes e seis animações, a mostra realizará lives sobre produção audiovisual através das redes sociais. 

Anúncios

As críticas dos filmes foram feitas pelos críticos Pedro Tobias e Bruna Castelo Branco e estão disponíveis no site da mostra. 

Conheça a lista de filmes selecionados: 

Longa: 

VENTOS QUE SOPRAM MARANHÃO (Dir. Neto Borges) 

Curtas: 

ARFRESCO DE OUTONO (Dir. Áurea Maranhão) 

MACHO CARNE (Dir. George Pedrosa) 

MUNDINHO (Dir. Jhonatan Silva) 

AMO, POETA E CANTADOR (Dir. Jonas Sakamoto) 

LEALDADE (Dir. Ana Stela Cunha e Milene Avelar) 

HARMÔNICA (Dir. Vanessa Cutrim) 

TERRA SANTA, TERRA MALDITA (Dir. Beto Nicácio) 

Anúncios

Videoclipes: 

GUGS – O BECO (Dir. Xila Rewind e Cazzu Br) 

CRASH THE COVEN – ZOMBIE DANCE (Dir. Sunday James) 

PAOLO RAVLEY – AUÊ (Dir. Paolo Ravley) 

MARCO GABRIEL – [S.P.A] SÍNDROME DO PENSAMENTO ACELERADO (Dir. Pablo Monteiro) 

AKANOTURNO – V DE VINGANÇA (Dir. Gugs) 

MONKEY JHAYAM, ENME, TERRA TREME – KOLAPSO (Dir. Jessica Lauane e Lazaro) 

FRIMES – TE GUSTA PAPI (Dir. Frimes and Jéssica Lauane) 

ADÃO – SOU MAU (Dir. Renan Beckman e Jardeylson Ramos) 

CRIOLINA, ESTRELA LEMINSKI E TÉO RUIZ – DIS-RITMIA (Dir. Thais Lima) 

PAOLO RAVLEY – MUNDOS (Dir. Jrfranch) 

PUTABEND AVÔHAI (Dir. Sunday James) 

JADSUEL MONTEIRO – NO PAIN, NO GAIN (Dir. Jadsuel Monteiro) 

Anúncios

Animação: 

FOI-SE (Dir. Adriano Pinheiro) 

BÁRBARA BALACLAVA (Dir. Thiago Martins de Melo) 

A PONTE (Dir. Joaquim Haickel) 

JOCA E A ESTRELA (Dir. Beto Nicácio) 

CHIAROSCURO (Dir. Daniel Drummond) 

A PEQUENA HISTÓRIA DA LENDA DE ANA JANSEN (Dir. Beto Nicácio) 

A 4ª Mostra Novo Cinema Maranhense é uma produção da Jirau Filmes e IPECINE com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura do Maranhão através da Lei Aldir Blanc 2021.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Ocupa CCVM Cinema encerra sua programação com produção inédita

Encerrando a programação do Ocupa CCVM Cinema, nesta sexta-feira, 9 de abril, às 19h, será exibido Vermelho, Branco e Preto ou Macurá Dilê, vídeo-performance de Cibele Mateus e mestre Martelo. A obra investiga a figura do Mateus, cômico afro-diaspórico presente na brincadeira do Cavalo Marinho pernambucano, uma expressão negra que evidencia as formas de sobrevivência, preservação cultural e denúncia das relações de poder existentes durante a história brasileira; O Nego Fugido, aparição afro-brasileira de Acupe/BA; e a narrativa de Macurá Dilê, o tempo que teve início, mas não tem fim.

O filme proporciona ao público uma experiência de integração das linguagens do teatro, dança, poesia e música à cena, em performances realizadas à distância, mas que reúnem mestre e discípula nas brincadeiras negras de ancestralidade, diáspora e resistência.

Toda a programação de cinema, oficinas, shows etc. do Centro Cultural Vale Maranhão está sendo realizada de forma virtual, pelo canal da instituição no Youtube (www.youtube.com/centroculturalvalemaranhao).

3ª Mostra Novo Cinema Maranhense acontece de 19 a 22 de dezembro em formato online

Sempre visando o descobrimento e incentivo dos realizadores locais, a mostra se define como uma janela de exibição alternativa para diretores estreantes ou filmes maranhenses exibidos em festivais nacionais ou internacionais, que muitas vezes não são vistos pelo grande público. 

Entre os dias 19 e 22 de dezembro o público vai conferir a terceira edição em formato online do evento, que precisou se readaptar em função da pandemia da Covid-19.    

Serão exibidos 20 produções, entre longas, curtas-metragens e videoclipes. Ao todo, foram 161 filmes inscritos, vindos de cidades do Maranhão. Cada filme selecionado receberá o pagamento de um fee de exibição, nos seguintes valores: longa-metragem (R$ 1.000,00); curta-metragem (R$ 600,00); videoclipe (R$ 400,00). 

As exibições ocorrem por meio do site novocinemamaranhense.com.br a partir das 19 horas do dia 19/12. Além da exibição de doze videoclipes, seis curtas e dois longas selecionados, a mostra realizará três lives sobre “Cinema Nordestino Contemporâneo” através das redes sociais (@novocinemaranhense). 

A 3ª edição da Mostra Novo Cinema Maranhense é uma realização da IPECINE e Jirau Filmes com incentivo da Lei Aldir Blanc. 

Conheça os selecionados para a 3ª edição da Mostra Novo Cinema Maranhense

Evento ocorre de forma virtual em função  da pandemia, entre os dias 19 e 22 de dezembro 

Entre os dias 19 e 22 de dezembro o público vai conferir a terceira edição em formato online do evento, que precisou se readaptar em função da pandemia da Covid-19.    

Serão exibidas 20 produções, entre longas, curtas-metragens e videoclipes. Ao todo, foram 161 filmes inscritos, vindos de cidades do Maranhão. Cada filme selecionado receberá o pagamento de um fee de exibição, nos seguintes valores: longa-metragem (R$ 1.000,00); curta-metragem (R$ 600,00); videoclipe (R$ 400,00). 

As exibições ocorrem por meio do site novocinemamaranhense.com.br. Além da exibição de doze videoclipes, seis curtas e dois longas selecionados, a mostra realizará três lives sobre “Cinema Nordestino Contemporâneo” através das redes sociais. 

Sempre visando o descobrimento e incentivo dos realizadores locais, a mostra se define como uma janela de exibição alternativa para diretores estreantes ou filmes maranhenses exibidos em grandes festivais nacionais ou internacionais, que muitas vezes não são vistos pelo grande público. A 3ª edição da Mostra Novo Cinema Maranhense é uma realização da IPECINE e Jirau Filmes com incentivo da Lei Aldir Blanc.

Conheça a lista completa de filmes selecionados: 

Longa-metragem 

TERMINAL PRAIA GRANDE (Dir. Mavi Simão) 

O GURIATÃ (Dir. Renata Amaral) 

Curta-metragem 

RASGA MORTALHA (Dir. Thiago Martins de Melo) 

COLIDIREMOS (Dir. George Pedrosa) 

CABOCLO DE PENA (Dir. Calu Zabel, Gabriel Gutierrez, Paula Porta) 

QUANTO PESA (Dir. Breno Nina) 

PRINCESA DO MEU LUGAR (Dir. Pablo Monteiro) 

MEMÓRIAS DE ISOLAMENTO (Dir. Weslley Oliveira) 

Videoclipe 

PAULÃO – TQT (Dir. Arthur Rosa França e Ingrid Barros) 

CATHARINA BRAVIN – PREVEJO (Dir. Sunday James) 

ENME – KILLA (Dir. Jessica Lauane) 

TIAGO MÁCI FEAT ZECA BALEIRO – BEIJO À QUEIMA ROUPA (Dir. Arthur Rosa França) 

BARÉ DE CASCO – KUMBAYA (Dir. Dani Lopes) 

MARCO GABRIEL PART. DÉBORA MELO PROD. UFAMI BEATS – CHATO (Dir. Jessica Lauane) 

FRIMES – XOXO, QUARANTINE FILM (Dir. Frimes) 

GU7O FEAT DIH, ELL NESS – BAE (Dir. João Pedro Pires e Sunday James) 

CRIOLA BEAT FEAT. MARCELO OLIVEIRA – LÁ VEM CHEGANDO (Dir. Tássia Dur) 

GUGS FEAT. ENME, FERNANDA PRETA, BRUNOSO – ABRE CAMINHO (Dir. Xila e Johrdam) 

REGIANE ARAÚJO PART. NÚBIA E DÉBORA MELO – TIREM AS CERCAS (Dir. Thais Lima) 

JEFFERSON CARVALHO – UMA NOITE (Dir. Jefferson Carvalho) 

3ª Mostra Novo Cinema Maranhense abre inscrições para produções

Evento, que ganha versão online em 2020, abre inscrições até 04/12 

A mostra “Novo Cinema Maranhense” é uma mostra pioneira na exibição de produções audiovisuais recentes de jovens diretores e novos realizadores do Estado do Maranhão e esse ano ganha edição virtual. 

Sempre visando o descobrimento e incentivo dos realizadores locais, a mostra se define como uma janela de exibição alternativa para diretores estreantes ou filmes maranhenses exibidos em grandes festivais nacionais ou internacionais, que muitas vezes não são vistos pelo grande público. 

Somente serão aceitas as inscrições de videoclipes, curtas-metragem e longas-metragem que tenham sido exibidos e realizados publicamente a partir de 01 de julho de 2018. A mostra recebe inscrições a partir das 19 horas de 27/11 até 04/12. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas através do site www.novocinemamaranhense.com.br . 

Além da exibição de doze videoclipes, seis curtas e dois longas selecionados, a mostra realizará três lives sobre “Cinema Nordestino Contemporâneo” através das redes sociais. É importante ressaltar também, que apesar do caráter não competitivo da mostra, todas as obras audiovisuais selecionadas, receberão pagamento pelo Fee de exibição (Virtual Print Fee). Nesse momento delicado de pandemia, receber Fee de exibição para seus projetos é algo importante para o realizadores maranhenses. 

A 3ª edição da Mostra Novo Cinema Maranhense é uma realização da IPECINE e Jirau Filmes com incentivo da Lei Aldir Blanc, através da Secretaria de Cultura do Maranhão e acontecerá de 19 a 22 de dezembro, inteiramente on-line em razão da pandemia da Covid-19.           A primeira edição da mostra foi um grande sucesso de público e ocorreu no Cine Praia Grande em 2015 de forma independente. A segunda edição aconteceu fora da sala de cinema, buscando espaços interativos e rotativos, sendo realizada nas mediações do Centro Cultural Vale Maranhão em 2018, ao ser contemplada no edital “Pátio Aberto” do CCVM.