Arquivo da tag: Fora Bolsonaro

Bolsonaristas arremessam bomba caseira em ato de Lula no Rio de Janeiro

Ontem à noite (07), bolsonaristas arremessaram uma bomba caseira contra pessoas que acompanhavam um ato de Lula no centro do Rio de Janeiro. Já é a terceira esse mês vez que bolsonaristas atacam outras pessoas, inflamados pelos discursos pró violência e baderna feitos Bolsonaro.

Anúncios

O artefato foi arremessado perto do palco e, segundo vários jornalistas que acompanharam o caso, continha um líquido que cheirava a fezes. A Polícia Militar do Rio, por sua vez, se referiu ao artefato como um “explosivo de festas juninas”. A explosão ocorreu antes da chegada de Lula ao local, que fica na Cinelândia. Após vários estampidos, a apresentadora do ato pediu calma aos apoiadores de Lula.

Influenciado pelo discurso de ódio do Bolsonaro, que mostra desespero por perceber que pode perder as eleições, os bolsonaristas estão realizando atos terroristas cada vez mais violentos: já tivemos um tiro contra o prédio da Folha de São Paulo, uma bomba em ato político do Lula, um drone despejando mijo  em outro ato do petista, e mais merda sendo jogada no carro do juiz que mandou prender Milton Ribeiro, ex Ministro da Educação acusado de corrupção. Isso tudo em menos de um mês.

Até o momento ninguém se feriu gravemente, mas Bolsonaro está empurrando cada vez mais o país para a violência. (É só ver que o Bolsonarista que operou o drone que jogou merda em transeuntes foi preso logo depois tentando comprar um fuzil… pra quê ele queria esse fuzil? Ia usar contra quem??)

Até quando a justiça vai permitir que o presidente incite esse tipo de violência??

Anúncios

Com informações do canal Bolsoflix e DW

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Bolsonaro com medo: “Cuba… Venezuela… Argentina… Chile … Colômbia… Brasil???”

Jair Bolsonaro mandou mensagem em um grupo restrito, mostrando medo ao fato de a esquerda, com Lula, ter chance de voltar ao poder no país.

Anúncios

O presidente Jair Bolsonaro enviou mensagem em uma lista de transmissão que mantém no WhatsApp em que comenta o resultado das eleições na Colômbia. O candidato da esquerda, Gustavo Petro, foi eleito presidente no domingo com 40,32% dos votos.

Em silêncio publicamente, Bolsonaro encaminhou por mensagem a um grupo restrito reportagem da BBC News Brasil que tinha o título “Ex-guerrilheiro vence eleição na Colômbia e será primeiro presidente de esquerda do país”.

Abaixo da foto, Bolsonaro escreveu: “Cuba… Venezuela… Argentina… Chile … Colômbia… Brasil???”, numa referência ao fato de a esquerda, com Lula, ter chance de voltar ao poder no país.

Anúncios

De acordo com ministros e interlocutores de Bolsonaro, ele chamou a atenção também para a alta abstenção da eleição colombiana. O voto não é obrigatório no país e cerca de 45% dos cidadãos habilitados a votar não compareceram às urnas. Ainda que alta, a cifra configura o menor número de abstenção em duas décadas na Colômbia.

Bolsonaro, no entanto, estaria preocupado com a possibilidade de a abstenção no Brasil também ser alta, mesmo com o voto obrigatório.

Além de evidenciar o fortalecimento da esquerda na América Latina –candidatos progressistas venceram as eleições na Bolívia, no Peru e no Chile, além de já estarem no poder na Argentina –, a vitória de Petro teve outro simbolismo: foi reconhecida por seu principal opositor, Rodolfo Hernández, menos de uma hora depois da divulgação dos resultados.

Anúncios

Diversos presidentes e líderes de esquerda da América Latina festejaram a vitória de Petro. Mas também a direita, com exceção de Bolsonaro, se manifestou.

Henrique Capriles, que já foi candidato a presidente da Venezuela contra Nicolás Maduro, escreveu: “Hoje, #19Jun, os colombianos votaram em paz e reafirmaram sua democracia. Em pouco mais de 1 hora o resultado foi conhecido. Na Colômbia vivem 2 M [milhões] de venezuelanos. Esperamos que o novo presidente governe com respeito e sem exclusão para eles”.

Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino da Venezuela e reconhecido como tal por mais de 50 países, disse: “A Colômbia é hoje o lar de 2 milhões de venezuelanos que fugiram em busca de futuro. Defendemos que a gestão do novo Presidente @petrogustavo mantenha a proteção aos venezuelanos vulneráveis em seu país e acompanhe a luta da Venezuela para recuperar sua democracia”.

A expectativa é de que Bolsonaro também se manifeste ainda nesta semana.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Cartilha sobre aborto do Ministério da Saúde desinforma e provoca medo nas vítimas, diz jurista

Mestre em Direito Penal esclarece que existe, sim, aborto legal, e aponta equívocos presentes em documento do Ministério da Saúde

Anúncios

Uma nova cartilha elaborada pelo Ministério da Saúde afirma que não existe aborto legalizado no Brasil e que, portanto, toda prática de aborto constitui crime. “Não existe aborto legal. O que existe é o aborto com excludente de ilicitude. Quando comprovadas as situações de excludente de ilicitude após investigação policial, ele deixa de ser punido, como a interrupção da gravidez por risco materno”, diz o texto da cartilha.

O texto indica que mulheres que invocarem o direito legal para realizar o procedimento serão investigadas pela polícia. A jurista e mestre em Direito Penal Jacqueline Valles, do Escritório Valles & Valles, explica que quando qualquer pessoa denuncia um crime, todos os envolvidos no fato são investigados. “A polícia verifica todas as informações de todos os envolvidos, mas isso não quer dizer que as vítimas serão tratadas como suspeitas em investigações de estupro”, diz.

Quando uma mulher é violentada e procura atendimento médico, o fato já é comunicado à polícia, que elabora um boletim de ocorrência. A vítima passa por exames de corpo de delito para coletar vestígios e resíduos que permitam a futura identificação do criminoso. “Esse boletim de ocorrência vira um inquérito policial porque estupro é um crime de ação penal pública incondicionada, não depende de representação da vítima. Mesmo que ela não queira dar continuidade a essa investigação, isso não a impede de ter o direito de abortar”, completa a advogada.

Mesmo quando a vítima de estupro não denuncia o crime e descobre a gravidez posteriormente, afirma Jacqueline, ela também tem direito ao aborto. “Só que quando é iniciado o processo para a realização do aborto, é feita a investigação. Mas não é a mulher que é investigada e, sim, a autoria do crime. Ainda assim a vítima não precisa que a investigação seja concluída para que ela tenha direito a realizar o procedimento previsto na lei. A cartilha do Ministério da Saúde mais confunde que explica e tem um jogo de palavras que gera desinformação e pode desestimular ainda mais as denúncias de estupro, um crime que já é subnotificado no Brasil”, afirma.

Dados do Ministério da Saúde divulgados na imprensa mostram que, entre janeiro de 2021 e fevereiro deste ano, foram realizados 1.823 procedimentos de aborto autorizados por lei no Brasil.

A advogada criminalista esclarece que todo aborto feito dentro das regras da legislação é legal. “O aborto no Brasil é legalizado em três circunstâncias: duas estão no Artigo 128 do Código Penal – estupro e risco à vida da mãe; e uma é jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF) – fetos anencéfalos. Então esse jogo de palavras usado na cartilha não corresponde à realidade. Só serve para confundir e vitimizar ainda mais as mulheres”, explica.

Estupros
Em 2021, o Brasil registrou 56.098 estupros de mulheres. A cada 10 minutos, uma mulher foi violentada. E, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, ainda há uma subnotificação considerável no registro dos casos.

Os dados revelam que durante a pandemia (entre março de 2020 e dezembro de 2021) houve um aumento significativo dos casos de violência sexual contra meninas e mulheres, chegando a um total de 100.398 registros. “As vítimas precisam se sentir seguras e acolhidas para denunciar os crimes. Espalhar desinformação contribui para que crimes e criminosos não sejam investigados e permaneçam impunes. A sociedade, os entes jurídicos e o governo têm que garantir que as vítimas tenham segurança para denunciar e recebam o acolhimento necessário em um dos momentos mais difíceis das vidas dessas mulheres”, finaliza a jurista.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Com Bolsonaro no poder, Fome atinge 33 milhões de pessoas no Brasil, mesmo número do início da década de 90

Quantidade de brasileiros que não tem o que comer subiu de 19 milhões para 33 milhões de pessoas em um ano, segundo estudo da Rede Penssan e da Oxfam

Anúncios

 A fome no Brasil voltou a patamares registrados pela última vez nos anos 1990, de acordo com o 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia de Covid-19, lançado nesta quarta-feira, 8. Atualmente 33,1 milhões de pessoas não têm o que comer no País; 14 milhões a mais do que no ano passado. A nova edição da pesquisa mostra ainda que mais da metade da população brasileira (58,7%) convive com algum grau de insegurança alimentar (leve, moderado ou grave).

Especialistas que participaram do levantamento dizem que o desmonte de políticas públicas por parte do governo, o agravamento da crise econômica, o acirramento das desigualdades sociais e o segundo ano da pandemia contribuíram para a piora do quadro. No ano passado, o número de brasileiros que não tinham o que comer era de 19 milhões. Em 2018, eram 10 milhões. A falta de acesso regular à água para beber e cozinhar, a chamada insegurança hídrica, também é um problema para 12% da população brasileira.

Anúncios

“Já não fazem mais parte da realidade brasileira aquelas políticas públicas de combate à pobreza e à miséria que, entre 2004 e 2013 reduziram a fome a apenas 4,2% dos lares brasileiros (tirando o País do mapa da fome mundial)”, explica o coordenador da Rede Penssan, Renato Maluf. “As medidas tomadas pelo governo para contenção da fome hoje são isoladas e insuficientes, diante do cenário de alta inflação, sobretudo dos alimentos, do desemprego e da queda de renda da população, com maior intensidade nos segmentos mais vulneráveis.”

Como explica a gerente de programas da Oxfam-Brasil, Maitê Gauto, a pandemia surgiu neste contexto de agravamento da pobreza e o estado não tinha mais estruturas para responder à altura. Não por acaso, 15,9 milhões de pessoas (8,2% da população) relataram “sensação de vergonha, tristeza ou constrangimento” por terem sido obrigadas a usar de meios “social e humanamente inaceitáveis para obtenção de alimentos”.

Anúncios

A pesquisa é realizada pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), com execução em campo do Instituto Vox Populi, Ação da Cidadania, ActionAid Brasil, Oxfam, entre outras instituições. Os dados foram coletados entre novembro de 2021 e abril de 2022, por meio de entrevistas em 12.745 domicílios, em áreas urbanas e rurais de 577 municípios distribuídos pelos 26 estados e o Distrito Federal. A pesquisa usa a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (Ebia), a mesma usada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A pesquisa anterior, de 2020, mostrava que a fome no Brasil tinha voltado a patamares equivalentes aos de 2004. Este ano, o levantamento mostra que apenas quatro em cada dez domicílios conseguem manter acesso pleno à alimentação; ou seja, são considerados em condição de segurança alimentar. De acordo com os pesquisadores, os números atuais são similares aos do início da década de 90, quando o Brasil tinha 32 milhões de pessoas abaixo da linha da pobreza e o sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, lançou uma campanha nacional contra a fome.

Anúncios

“O Auxílio Brasil não responde à altura do problema; embora seu valor seja maior do que o do Bolsa Família, a cobertura dele é bem menor”, explica Maitê Gauto, da Oxfam-Brasil. “Além disso, até o ano passado, um salário mínimo era suficiente para que a pessoa não entrasse em situação de fome; nesta pesquisa, isso já mudou, o valor da cesta básica já está batendo o do salário mínimo.”

A nova pesquisa mostra que a fome atinge as regiões do País de forma muito desigual. Em média, 15% dos brasileiros estão abaixo da linha da pobreza. O percentual, entretanto, chega a 25% e 21% no Norte e no Nordeste. A situação também é pior entre os negros e as mulheres.

Segundo o levantamento, 65% dos lares comandados por pessoas pretas e pardas convivem com alguma restrição alimentar. Comparando com o primeiro inquérito, a fome saltou de 10,4% para 18,1% dos lares comandados por pretos ou pardos.

Anúncios

As diferenças também são expressivas na comparação entre lares chefiados por homens e por mulheres. Nas casas em que a mulher é a pessoa de referência, a fome passou de 11,2% para 19,3%. Nos lares em que os homens são os responsáveis, o salto foi de 7,0% para 11,9%. Segundo os pesquisadores, isso ocorre por conta da desigualdade salarial entre os gêneros.

Outro dado preocupante levantado pelo estudo é que, em pouco mais de um ano, a fome dobrou nas famílias com crianças menores de 10 anos de idade – passando de 9,4% em 2020 para 18,1% em 2022. Na presença de três ou mais pessoas com até 18 anos de idade no grupo familiar, a fome atinge 25,7% dos lares. Já nos domicílios apenas com moradores adultos, a segurança alimentar chegou a 47,4%, número maior do que a média nacional.

Praticamente não há fome nas famílias com renda superior a um salário mínimo por pessoa. Em 67% desses domicílios o acesso a alimentos é pleno e garantido. Ainda assim, 33% das famílias enfrentam algum grau de insegurança alimentar. A fome é maior nas casas em que a pessoa responsável está desempregada (36,1%), trabalha na agricultura familiar (22,4%) ou tem emprego informal (21,1).

Anúncios

Cerca de metade das famílias que deixaram de comprar arroz, feijão, vegetais e frutas nos últimos três meses, convivem com insegurança alimentar moderada ou grave. Entre as famílias que deixaram de comprar carne nos três meses anteriores à pesquisa, 70,4% estavam passando fome. Dados semelhantes foram encontrados nos lares onde os moradores não haviam comprado frutas (64%) e vegetais (63,6%).

“Esse é outro problema sério”, diz a professora do Instituto de Nutrição Josué de Castro, da UFRJ, Rosana Salles, pesquisadora da rede. “Estamos abrindo uma janela para o aumento dos índices de doenças crônicas na população por conta da alimentação ruim.”

A segurança alimentar, por sua vez, é maior nos lares em que o chefe da família trabalha com carteira assinada (53,8%) e entre os que têm mais de oito anos de estudo (50,6%).

Anúncios

“Reverter essa situação é um desafio muito grande”, constata Rosana Salles. “Vai depender da reestruturação das políticas de governo, das políticas de combate à fome e à miséria, da valorização do salário mínimo, do controle dos preços da cesta básica. Além, é claro, da reestruturação do Conselho Nacional de Segurança Alimentar (Consea).”

Maitê Gauto lembra ainda que medidas emergenciais devem ser tomadas o mais rapidamente possível.

“Precisamos de programas de proteção social e transferência de renda para que essas pessoas possam se manter com dignidade enquanto a recuperação econômica não acontece; precisamos garantir as condições mínimas de sobrevivência para as famílias”, diz. “É preciso também qualificar o Programa Nacional de Alimentação Escolar, que também vem sendo desmontado.”

Por Estadão.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Presidente da Petrobras foi demitido após alertar sobre falta de diesel

Para até brincadeira, mas não é. O ex-presidente da Petrobras, Ferreira Coelho, foi demitido após alertar ao Governo Bolsonaro sobre o risco de desabastecimento de diesel no Brasil. Nesta terça-feira (24), a Agência Reuters acabou divulgando e confirmando sobre o risco de desabastecimento.

Anúncios

Como a solução de Jair Bolsonaro (PL) é de atacar quem comunicar as noticias ruins, o Ferreira Coelho acabou sendo sua resposta ao problema que pode afetar toda a economia brasileira.

O governo Bolsonaro anunciou na segunda-feira (23), mais uma troca na presidência da Petrobras, a quarta em dois anos. Ferreira Coelho assumiu o cargo por somente 40 dias. Caio Mário Paes de Andrade assume no lugar

A falta do diesel pode acabar afetando ainda mais o clã Bolsonaro que continua vendo seu eleitorado sendo diminuído ao longo dos tempos.

Então prepare os bolsos, o aumento continuo dos preços vai ter uma acelerada por causa do diesel.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Governo federal anuncia troca de presidente da Petrobras em menos de 2 meses

Caio Mário Paes de Andrade assume no lugar de José Ferreira Coelho, que estava no cargo por 40 dias

Anúncios

O Ministério de Minas e Energia divulgou, na noite desta segunda-feira (23), uma nota oficial em que informa que o governo federal, como acionista controlador da Petrobras, decidiu trocar o presidente da estatal. Segundo a nota, José Mauro Ferreira Coelho, que assumiu o cargo há 40 dias, será substituído por Caio Mário Paes de Andrade na presidência da empresa.

Na nota, o ministério agradeceu a Ferreira Coelho pelos resultados alcançados pela Petrobras durante sua gestão à frente da Petrobras, mas destaca que o país “vive atualmente um momento desafiador, decorrente dos efeitos da extrema volatilidade dos hidrocarbonetos nos mercados internacionais.”

Segundo o ministério, diversos fatores geopolíticos impactaram no preço da gasolina, do diesel e dos componentes energéticos e, para que sejam mantidas as condições necessárias para o crescimento do emprego e da renda da população, é necessário fortalecer a capacidade de investimento no setor privado. “Trabalhar e contribuir para um cenário equilibrado na área energética é fundamental para a geração de valor da empresa, gerando benefícios para toda a sociedade”, diz a nota.

Anúncios

Biografia

Paes de Andrade, que vai assumir a presidência, é formado em comunicação social pela Universidade Paulista, pós-graduado em administração e gestão pela Harvard University e mestre em administração de empresas pela Duke University. 

No governo federal, atualmente, Paes de Andrade é secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, onde é responsável pela Plataforma GOV.BR e é membro do Conselho de Administração da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e da Pré-Sal Petróleo S.A (PPSA). Entre 2019 e 2020, ele foi presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). Na inciativa privada, ele atuou na área de tecnologia de informações e no mercado imobiliário, além de ser fundador e conselheiro do Instituto Fazer Acontecer. 

Anúncios

O ministério diz, na nota, que acredita que Paes de Andrade reúne as qualificações necessárias para assumir a presidência da Petrobras e superar os desafios da atual conjuntura, “promovendo o contínuo aprimoramento administrativo e o crescente desempenho da empresa, sem descuidar das responsabilidades de governança, ambiental e, especialmente, social da Petrobras.”

A nota diz, ainda, que, com a mudança, o governo federal renova o seu compromisso de respeito com a governança da Petrobras.

Paes de Andrade é o quarto presidente da estatal no atual governo. Antes dele, foram presidentes da Petrobras, Roberto Castelo Branco, o general da reserva do Exército, Joaquim Silva e Luna e José Mauro Ferreira Coelho.

Anúncios

Petrobras

Em nota, a Petrobras informou que recebeu nesta segunda-feira ofício do Ministério das Minas e Energia solicitando providências para convocar uma Assembleia Geral Extraordinária com o objetivo de promover a destituição, e eleição de membro do Conselho de Administração para indicar Caio Mario Paes de Andrade em substituição a José Mauro Ferreira Coelho. O ofício solicita, ainda, que Paes de Andrade seja, posteriormente, avaliado pelo Conselho de Administração da Petrobras para o cargo de presidente da estatal.

“Tendo em vista que José Mauro Ferreira Coelho foi eleito pelo sistema do voto múltiplo na Assembleia Geral Ordinária realizada em 13 de abril último, caso aprovada pela assembleia geral, sua destituição implicará na destituição dos demais membros do conselho eleitos pelo mesmo processo, devendo a companhia realizar nova eleição para esses cargos, nos termos do artigo 141, § 3º, da Lei 6.404/76”, diz a nota.

Anúncios

A Petrobras informa que novos fatos relevantes serão oportunamente divulgados ao mercado.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Governo Bolsonaro aceitou pagar R$ 114 mil a mais pelo mesmo caminhão de lixo compactador

O “boom” na compra de caminhões de lixo pelo governo beneficiou empresas cujos donos verdadeiros podem estar ocultos por meio do uso de laranjas. É o caso da Fibra Distribuição e Logística Eireli, uma microempresa sediada em Goiânia e cujo dono, Jair Balduino de Souza, recebeu dinheiro do auxílio emergencial na pandemia da covid-19.

Anúncios

A firma ganhou um pregão de R$ 8,5 milhões na Codevasf de Pernambuco. A superintendência pagou R$ 477 mil por um caminhão de lixo. Dois meses antes, a Codevasf em Brasília havia comprado o mesmo veículo por R$ 391,3 mil, de outra empresa. Assim, o braço da estatal em Pernambuco, comandado por um apadrinhado do ex-líder do governo Jair Bolsonaro, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), deixou de economizar R$ 85.682,42 em cada um dos 18 caminhões. Ou R$ 1,5 milhão.

A prática contraria a instrução normativa número 73/2020, do Ministério da Economia, que obriga a considerar o preço de compras anteriores. A própria Codevasf já seguiu esta regra em outros casos.

Também sediada em Goiânia, a Globalcenter Mercantil Eireli, outra microempresa, ganhou uma licitação da Codevasf em São Luís (MA), no valor de R$ 1,7 milhão. O Estadão esteve na sede da empresa na última semana e encontrou uma casa abandonada, tomada pelo mato. No local, a reportagem descobriu que o suposto dono da Global – ao menos no papel – é funcionário da Fibra.

Anúncios

Desde 2020, a empresa participou de mais de 100 licitações do governo Bolsonaro, mas só recebeu dinheiro da unidade da Codevasf comandada por apadrinhado do deputado Aluisio Mendes (PSC-MA). Além dos caminhões, a Globalcenter informou à Receita Federal que atua em vários outros segmentos: do controle de pragas urbanas como ratos e baratas até cursos de pilotagem.

Na licitação vencida pela Globalcenter, a Codevasf-MA concordou em pagar R$ 356,9 mil por caminhão de lixo – uma semana antes, o braço da estatal em Pernambuco comprou o mesmo produto por R$ 319,7 mil. “A empresa fechou no fim de 2020, não tem mais. Não funciona mais. Quebrou financeiramente”, disse Herbert Rafael, da Globalcenter. Ele, porém, não explicou como a firma participou de licitações ao longo de 2021.

Nas centenas de documentos analisados pelo Estadão, a diferença mais gritante entre compras do mesmo caminhão chegou a R$ 114 mil. A Codevasf poderia ter poupado R$ 3,63 milhões apenas neste edital, se tivesse mantido o preço do pregão de menos de um mês antes para a compra de um novo lote de 32 veículos.

Anúncios

Oferta única

Em outro caso, na maior licitação de caminhões de lixo da Codevasf nos últimos anos, uma empresa de Minas Gerais arrematou um lote de 110 caminhões, avaliado em R$ 52 milhões, com apenas um lance. A empresa também foi a única a fazer uma oferta, e a fase de disputa do pregão se encerrou depois de apenas 88 segundos. Segundo servidores públicos, a situação é incomum.

No interior da Paraíba, os 3,1 mil habitantes da pacata São Domingos terão o lixo coletado por um caminhão moderno comprado com uma emenda de meio milhão de reais do deputado federal Wellington Roberto (PL) via Fundação Nacional de Saúde (Funasa). A máquina de R$ 549 mil é exagerada para a realidade local: com capacidade para 12 metros cúbicos de lixo, ela poderá recolher em uma única coleta todo o lixo produzido pela cidade em dois dias e meio.

Anúncios

Em Areia de Baraúnas, no interior paraibano, a prefeitura comprou um caminhão por R$ 470 mil também com emenda de Wellington Roberto. Os 2,1 mil habitantes terão um caminhão capaz de compactar quase 6 toneladas de lixo. A produção diária é de 1 tonelada. Procurado, o deputado não comentou.

Por Estadão.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Novo reajuste do diesel pode afetar preço do frete nas transportadoras

Presidente do SINDICAMP reitera importância de repassar aumento do diesel ao custo de frete

Anúncios

A alta do diesel registrada nesta semana afeta diversos setores, principalmente os de transportes de cargas, já que muitos fabricantes despacham produtos por caminhões. Nos últimos 12 meses, o valor do litro do diesel aumentou em torno de 50%. Com isso, o preço médio do combustível passou de R$ 4,51 para R$ 4,91, gerando a necessidade de reajuste adicional de 3,10% no frete das transportadoras.

O custo de frete é o valor combinado entre o embarcador e a transportadora e auxilia a cobrir os gastos de movimentação da carga da origem ao destino. Esse preço total é formado com base em diversas variáveis, negociadas antes de o contrato ser aprovado. Para que o fluxo operacional da empresa funcione, é comum utilizar a tabela de frete, que regula os valores mínimos a serem pagos por esses transportes.

Anúncios

Essa alta no preço do diesel eleva o custo de frete e prejudica os preços de produtos. “É uma questão de sobrevivência. Ou nós, empresários do transporte, repassamos isso para nosso custo de frete, ou fechamos as portas. O diesel representava na operação de transporte uma média de 33% a 35% dos custos. Com o aumento de 24,9% que tivemos no dia 11 de março, o diesel passou a representar 50%. Com essa alta de quase 9%, somos obrigados a repassar”, relata o presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas de Campinas e Região (Sindicamp), José Alberto Panzan.

Em nota, a Petrobras alegou que o aumento do diesel “segue outros fornecedores de combustíveis no Brasil, e que já promoveram ajustes nos seus preços de venda acompanhando os preços de mercado”. Segundo a estatal, o último acréscimo no preço do diesel, em 11 de março, refletiu apenas uma parte da alta observada nos preços de mercado.

Anúncios

Além do novo reajuste do diesel, diversas mercadorias também são afetadas devido à alta dos custos de frete, o que atinge diretamente os consumidores. “Os alimentos em supermercados, confecções, autopeças e medicamentos impactam diretamente o bolso dos consumidores, diminuindo ainda mais o poder de compra do trabalhador”, finaliza Panzan.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Juntar os divergentes para vencer os antagônicos, diz Lula sobre união pela democracia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu continuidade ao ato de lançamento do Movimento “Vamos Juntos pelo Brasil” e agradeceu, no início da noite de hoje (9) em Belo Horizonte (MG), a unidade dos partidos que compõem a aliança em torno dos nomes dele e de Geraldo Alckmin para a futura chapa que disputará as eleições deste ano.

Anúncios

Em fala para lideranças locais do PSB, PCdoB, PSol, PV, Rede e Solidariedade, durante ato “Lula abraça Minas”, o ex-presidente disse que as legendas conseguiram cumprir a profecia de Paulo Freire de juntar os divergentes para vencer os antagônicos. “Essa é que é a nossa grande tarefa”, afirmou, em auditório lotado, com sete mil pessoas dentro e cinco mil fora, no Expominas BH.

No primeiro de três dias de agenda em Minas – ele passará por Contagem, amanhã, e Juiz de Fora, na quarta, cidades geridas por prefeitas do PT, Lula lembrou os retrocessos que o país vive desde o golpe que tirou Dilma Rousseff da Presidência, em 2016, e disse que na disputa deste ano não está enfrentando um adversário qualquer, mas um adversário que não está alinhado com a democracia, o amor, a paz, a educação e o desenvolvimento.

Anúncios

“Não estaremos enfrentando um adversário qualquer, mas um adversário que representa a antidemocracia, o antiamor, a antipaz, a antieducação e o antidesenvolvimento. Um adversário que representa a ignorância, a violência e o fascismo. A gente vai ter que jogar esse fascismo no esgoto da história porque o Brasil nasceu para a democracia e para o desenvolvimento”, afirmou.

Lula ressaltou que o país do desemprego e da fome precisa ser descontruído para construir de novo o Brasil que surgiu em 2003, com criação de empregos, aumento do salário mínimo, apoio à pequena e média agricultura e grande investimento na educação, que levou filhos de famílias humildes para a universidade e para o exterior com o Ciência sem Fronteiras.

No encontro, com discursos dos partidos aliados, foram exibidos novamente os vídeos que emocionaram os presentes no ato de lançamento do Vamos juntos pelo Brasil, no sábado em São Paulo. Um retoma o jingle da campanha de 1989, com participação de artista de diferentes gerações e estilos. O outro aponta a diferença do Brasil da insensibilidade do atual governo com o Brasil da esperança que a candidatura Lula de novo representa.

Anúncios

A presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, disse que a união das legendas no primeiro turno mostra a unidade de um campo político que está do lado dos movimentos sindical, popular e social e daqueles que têm propostas e sabem governar. Segundo ela, do outro lado da disputa, os que não têm compromisso com o povo, não sabem o que está acontecendo no Brasil e não têm responsabilidade sobre a fome, o desemprego e a carestia.

“Temos muita responsabilidade nesse processo de retomar o Brasil para as mãos do povo brasileiro. E Minas é essencial para isso porque Minas reflete a grandeza que é esse Brasil. Minas é a síntese do Brasil. É o nó que ata o Brasil e transforma esse país numa coisa só. Isso foi dito por um mineiro e é verdade. É isso que Minas é. Por isso, a importância de a gente pisar aqui logo depois do ato do dia 7 para mostrar que nós queremos essa unidade”, afirmou.

O deputado federal Reginaldo Lopes, líder do PT na Câmara, se colocou à disposição para disputar o Senado e disse que Lula é o único candidato capaz de consolidar novamente a democracia no Brasil. “Temos a oportunidade única, ímpar, de fazer uma nova indústria para o país, conectada com a juventude, conectada com o século 21, digital, tecnológica, sustentável. Eu acredito muito que temos oportunidade de, a partir de seu legado, voltar a garantir emprego para todos os brasileiros e brasileiras, recuperar direitos previdenciários e trabalhistas e recuperar essa juventude que se encontra deprimida”, disse o parlamentar.

Anúncios

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Prefeituras do Maranhão receberam mais de R$ 1,3 bi do Orçamento Secreto

Foram 205 cidades maranhenses que partidos de representantes no Congresso Nacional destinaram recursos do orçamento do relator; PL foi a legenda que mais enviou verba: R$ 330 milhões.

Anúncios

Desde 2020 que deputados e senadores de todo o Brasil passaram a indicar prefeituras para repasse de valores por meio de emendas parlamentares. Não aquelas individuais ou de bancada, que já ocorrem há mais tempo. A verba em questão é a das emendas do relator, conhecido como orçamento secreto.

Foram mais de R$ 10 bilhões previstos no Orçamento da União para as emendas do relator em 2020 e mais de R$ 16 bilhões para o orçamento secreto em 2021.

Cerca R$ 1,3 bilhão dos dois anos de orçamento secreto (total de R$ 26 bilhões) vieram para prefeituras no Maranhão.

Anúncios

O Imirante fez o levantamento  das prefeituras, dos partidos e dos valores relacionados ao orçamento secreto de 2020 e 2021 com base em reportagem do jornal O Globo. No total, 205 municípios receberam recursos das emendas de relator.

Os partidos que mais destinaram dinheiro do orçamento secreto foi o PL e o PDT. Cada uma das legendas conseguiu destinar verba para 39 prefeituras. O PL, partido do deputado federal Josimar de Maranhãozinho e do presidente da República, Jair Bolsonaro, destinou mais de R$ 330 milhões nos anos de 2020 e 2021. 

O valor mais alto entre as destinações do orçamento secreto no Maranhão foi do PL. O partido destinou mais de R$ 54 milhões para a cidade de Miranda do Norte, que tem cerca de 27,2 mil habitantes. A prefeita de Miranda do Norte é Angélica Maria de Sousa que é do PL, partido do deputado Júnior Lourenço de que a prefeitura é mãe.

Anúncios

Já o PDT destinou no total em dois anos de orçamento secreto mais de R$ 250 milhões para 39 prefeituras. A cidade que recebeu maior verba da emenda do relator foi Bacabal. Foram enviados para esta prefeitura mais de R$ 31 milhões.

O município tem pouco mais de 104 mil habitantes e é comanda pela segunda vez por Edvan Brandão que é do PDT.

Pequeno

Na lista das prefeituras contempladas com o orçamento secreto chama atenção também os valores repassados pelo pequeno PMN. Para duas cidades, o partido indicou o repasse de mais de R$ 30 milhões. Foram destinados R$ 26,5 milhões para a Prefeitura de Santa Rita e R$ 4,3 milhões para a cidade de Bacabeira.

O prefeito de Santa Rita é Hilton Gonçalo que agora está filiado ao PMN. A outra contemplada, Bacabeira, tem como prefeitura a esposa de Gonçalo, Fernanda, que também é do PMN.

A capital maranhense, São Luís, também recebeu verba do orçamento secreto. O Podemos, antigo partido do prefeito Eduardo Braide, repassou R$ 10,5 milhões para a cidade.

Anúncios

Entenda quais são as emendas parlamentares no Congresso Nacional

As emendas são de quatro tipos: a individual, a de bancada, a de comissão e a do relator. 

As emendas individuais são destinadas a cada senador ou deputado. As emendas de bancada são coletivas, de autoria das bancadas estaduais. Também são coletivas as emendas apresentadas pelas comissões técnicas da Câmara e do Senado. 

Já as emendas do relator (também conhecidas como RP9 e orçamento secreto) são feitas pelo deputado ou senador que, num determinado ano, foi escolhido para produzir o parecer final sobre o Orçamento.

O apelido de orçamento secreto foi dado pela oposição ao governo de Jair Bolsonaro devido a falta de transparência nas indicações dos recursos e no repasse da verba. Ou seja, há a destinação do dinheiro, mas não com o nome de quem destinou a verba.

Anúncios

Veja a lista completa das prefeituras:

EMENDAS RELATOR MA 2020/2021 FONTE O GLOBO, EDIÇÃO 01MAIO2022
 PARTIDOVALOR
MIRANDO DO NORTEPL54.333.492,54
ZE DOCAPL40.253.262,87
VITORINO FREIREDEM33.065.633,40
BACABALPDT31.727.520,00
SÃO JOSE DE RIBAMARPL29.202.981,20
SANTA RITAPMN26.549.423,53
BALSASPDT24.631.410,03
IMPERATRIZDEM22.768.781,77
TIMONPSB22.757.145,23
CAXIASREPUBLICANOS18.842.369,96
PASSAGEM FRANCAPTB18.817.132,89
LAGO DA PEDRAPSDB18.079.402,80
SANTO ANTONIO LOPESPDT16.673.389,33
TUNTUMSOLIDARIEDADE16.724.497,43
CHAPADINHAPL16.605.513,77
IGARAPE GRANDEPDT16.119.889,00
COLINASREPUBLICANOS15.615.321,91
BELA VISTAPL14.987.423,01
ICATUREPUBLICANOS13.728.979,65
MARANHAOZINHOPL13.637.452,16
CENTRO DO GUILHERMEPL13.315.463,80
PAULO RAMOSPP13.147.577,00
PINHEIROPP12.810.215,00
SÃO BERNARDOPDT12.537.641,92
VARGEM GRANDEPC DO B12.005.238,00
URBANO SANTOSPSC11.765.997,07
PASTOS BONSPTB11.513.122,11
ITINGAPSDB11.502.000,00
BURITICUPUPATRIOTAS10.860.045,10
SÃO LUIS GONZAGAPDT10.757.401,23
CODOPSD10.672.442,87
TRIZIDELA DO VALEPDT10.561.527,89
SÃO LUISPODEMOS10.558.361,23
CANTANHEDEPDT10.383.568,84
CAPINZAL DO NORTEPC DO B10.268.189,33
ALTO AELGRE DO MAPL10.090.302,32
CANDIDO MENDESPL9.968.562,73
BOM JARDIMPL9.947.835,12
SÃO BENTOPL9.923.290,32
PRESIDENTE DUTRAREPUBLICANOS9.864.076,00
SANTA LUZIAPP9.576.047,84
SANTA QUITERIAMDB9.490.898,00
MATOESDEM9.138.520,95
ESTREITOPL8.886.533,00
NOVA YORKPL8.644.876,90
VITORIA DO MEARIMPL8.490.393,26
PIRAPEMASREPUBLICANOS8.426.723,86
PRIMEIRA CRUZREPUBLICANOS8.353.139,48
LOMA CAMPOSPDT8.323.207,55
BELAGUAPSC8.127.651,44
SENADOR ALEXANDRE COSTAPC DO B8.093.352,33
BERNARDO MEARIMPDT8.081.051,40
ROSARIOPSC7.956.621,34
SANTA HELENAPTB7.901.000,00
ALTO ALEGRE DO PINDAREPP7.782.116,90
SÃO FRANCISCO DO MARANHAOPC DO B7.734.497,51
AÇAILANDIAREPUBLICANOS7.529.778,63
GRAJAUMDB7.443.301,70
PARNARAMAPROS7.370.227,10
GOV NUNES FREIREPSB7.320.301,96
SÃO ROBERTOPTB7.294.297,45
PEDREIRASSOLIDARIEDADE7.245.084,90
OLINDA NOVAPDT7.035.303,77
SÃO MATEUSPSB6.937.500,00
PENALVAPP6.839.587,96
CAROLINAPL6.724.399,00
AMAPA DO MARANHAOPDT6.710.563,75
BURITI DE INACIA VAZPL6.609.069,78
CURURUPUPSB6.250.025,00
GENIPAPO DOS VIEIRAPDT6.193.003,00
TIMBIRASPATRIOTAS6.157.266,97
GOVERNADOR EDSON LOBAOPC DO B5.971.516,00
BARREIRINHASPC DO B5.931.163,90
BOM LUGARPC DO B5.793.025,00
BREJOPDT5.761.915,00
RAPOSAPL5.641.469,40
PEDRO DO ROSARIOPC DO B5.608.544,68
SÃO JOAO BATISTAPSC5.605.869,95
GOV, EUGENIO DE BARROSPDT5.575.807,00
SÃO BENEDITO DO RIO PRETOPSC5.572.663,65
PAÇO DO LUMIARPC DO B5.549.511,00
GONÇALVES DIASDEM5.449.582,17
ESPERANTINOPOLISPTB5.325.026,00
RIACHAOPATRIOTAS5.313.089,57
COELHO NETOPP5.244.487,00
SÃO RAIMUNDO DAS MANGABEIRASPSD5.234.440,00
MAGALHAES DE ALMEIDAMDB5.229.000,00
HUMBERTO DE CAMPOSDEM5.206.036,10
MATOES DO NORTEPDT5.185.160,21
PRESIDENTE JUSCELINOPL5.179.727,98
VIANAPL5.077.125,92
PERITOROPP5.048.042,79
CAMPESTREPSB5.039.141,00
AFONSO CUNHAPDT5.032.212,94
BOA VISTA DO GURUPIPL4.947.114,00
TUFILANDIAPL4.943.947,79
BARRA DO CORDAPL4.914.592,10
ANAJATUBAMDB4.877.527,26
ARAGUANAPL4.829.892,54
FORMOSA DA SERRA NEGRAPL4.808.006,13
SUCUPIRA DO NORTECIDADANIA4.747.929,75
SERRANOPL4.716.812,15
ALDEIAS ALTASPL4.712.331,67
ITAIPAVA DO GRAJAUPDT4.673.285,24
JOSELANDIAPDT4.615.028,18
POCAO DE PEDRAPDT4.521.942,80
MARACACUMEPL4.460.908,86
SANTA LUZIA DO PARUAPL4.427.702,31
BACABEIRAPMN4.315.000,00
LAGO DOS RODRIGUESDEM4.243.843,34
PORTO RICOPL4.163.913,00
NINA RODRIGUESPDT4.137.760,00
SÃO JOAO DO SOTERREPUBLICANOS4.118.943,76
SÃO JOAO DOS PATOSPTB4.090.858,89
GOVERNADOR NEWTON BELOPL4.078.065,00
SANTA INESREPUBLICANOS3.918.333,99
ARARIPTB3.905.190,99
MATA ROMAPDT3.862.747,16
ARAMEPTB3.828.065,00
SÃO DOMINGOS DO MARANHAOPP3.782.492,65
PIO XIIPL3.757.930,00
NOVA OLINDAPP3.754.999,00
APICUM-AÇUPSC3.747.930,00
DUQUE BACELARPDT3.700.000,00
FERNANDO FALCAOPDT3.679.964,00
BACURIPSC3.656.214,00
SÃO VICENTE DE FERRERDEM3.609.000,00
IGARAPE DO MEIOPL3.545.524,69
BOM JESUS DAS SELVASPDT3.443.321,78
PAULINO NEVESREPUBLICANOS3.352.945,66
AMARANTEPATRIOTAS3.339.000,00
BEQUIMAOMDB3.220.744,71
BARAO DE GRAJAUPSD3.131.750,00
LAGO DO JUNCOPDT3.050.000,00
PINDADRE MIRIMREPUBLICANOS3.017.080,00
GRACA ARANHAPDT3.008.321,78
MATINHAPC DO B2.987.024,85
SÃO RAIMUNDO DOCA BEZERRAPDT2.962.549,00
LAGO VERDEPP2.943.564,60
COROATAPT2.912.356,00
SITIO NOVOPDT2.840.607,00
PARAIBANOPTB2.818.018,40
JOAO LISBOAPDT2.635.000,00
ALTAMIRAPDT2.606.172,52
CARUTAPERASOLIDARIEDADE2.558.000,00
PRESIDENTE MEDICIREPUBLICANOS2.543.634,00
LUIS DOMINGUESPSDB2.523.641,00
FEIRA NOVA DO MARANHAOPSD2.471.254,69
TUTOIAPDT2.455.025,00
MORROSPL2.436.272,00
CEDRALREPUBLICANOS2.349.084,00
TURILANDIAPTB2.337.909,38
SUCUPIRA DO RIACHAODEM2.100.500,00
SANTANAPL2.026.021,87
FORTUNAPTB2.013.280,00
GOV. LUIZ ROCHAPSDB1.996.893,00
BURITIRANAPDT1.977.500,00
PRESIDENTE VARGASPDT1.930.323,05
MONÇÃOPL1.904.642,96
SANTA FILOMENAPP1.876.000,00
ALCANTARAPL1.843.641,00
AXIXAPDT1.839.122,45
SÃO JOAO DO CARUREPUBLICANOS1.813.114,66
MARAJA SO SENADEM1.800.000,00
SATUBINHAPL1.772.918,98
BREJO DE AREIADEM1.747.346,73
JUNCOPC DO B1.639.103,99
ITAPECURU MIRIMPSB1.544.847,00
BURUTI BRAVOPC DO B1.504.281,02
LAGOA DO MATOPP1.447.500,00
GOV RIBAMAR FIQUENEPDT1.455.000,00
MILAGRESREPUBLICANOS1.316.000,00
GOVERNADOR ARCHERPDT1.210.019,00
SÃO DOMINGOS DO AZEITAOREPUBLICANOS1.205.159,79
PORTO FRANCOPDT1.205.000,00
VILA NOVA DOS MARTIRIOSPL1.107.399,13
CACHOEIRA GRANDEPL1.043.504,09
OLHA DÁGUA DAS CUNHASPC DO B1.033.200,00
CENTRO NOVOPP1.000.000,00
FORTALEZA DOS NOGUEIRASPP964.430,01
LAJEADO NOVOPDT955.000,00
MIRINZALPP782.912,86
GODOFREDO VIANAREPUBLICANOS749.090,00
SENADOR LA ROQUEREPUBLICANOS730.000,00
AGUA DOCE DO MARANHAOMDB723.695,00
NOVA COLINASPC DO B687.306,00
ANAPURUSPC DO B684.120,00
LORETOREPUBLICANOS618.392,74
PALMERANDIAREPUBLICANOS598.186,66
SÃO JOAO DO PARAISOPC DO B500.000,00
PERI MIRIMPC DO B500.000,00
SÃO FRANCISCO DO BREJAOPSC500.000,00
SÃO JOAO DOS BASILIOSREPUBLICANOS500.000,00
JATOBAPTB405.184,00
BENEDITO LEITEPC DO B400.000,00
BACURITUBAPSD333.333,33
CENTRALREPUBLICANOS250.000,00
PRESIDENTE SARNEYPC DO B200.000,00
SANTO AMAROPC DO B81.717,36
DAVINOPOLISAVANTE69.814,98
ALTO PARNAIBAPDT67.873,33
CAJAPIODEM60.000,00
MIRADORREPUBLICANOS60.000,00

 

 

 
TOTAL
 
1.317.625.227,96

Por Imirante

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com