Arquivo da tag: Grande Ilha

Copa Interbairros de Futebol 7 chega à sua quarta edição

Competição contará com a participação de 24 equipes, distribuídas em três categorias: Sub-9, Sub-11 e Sub-13. Lançamento ocorrerá nesta quarta-feira (30).

Anúncios

A quarta edição da Copa Interbairros de Futebol 7, competição patrocinada pelo governo do Estado, pelo Armazém Paraíba e pela Potiguar por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, será lançada oficialmente na noite desta quarta-feira (30). A solenidade ocorrerá na Arena Olynto, no bairro do Olho d’Agua, a partir das 19h30. 

Durante o lançamento, a organização da Copa Interbairros de Futebol 7 realizará o congresso técnico da competição que, em sua quarta edição, será disputada em três categorias: Sub-9, Sub-11 e Sub-13. Ao todo, 24 times vão participar do torneio que será disputado em formato eliminatório. 

Vale destacar que todas as equipes participantes receberão kits esportivos com uniforme completo (camisa, calção e meião) e bolsas esportivas, que serão utilizados durante toda a competição, assim como ocorreu nas edições anteriores. 

Anúncios

“Competições desta natureza são muito importantes para nossas crianças e nossos jovens, que necessitam, cada vez mais, do esporte em suas vidas. A Copa Interbairros de Futebol 7 é um torneio já tradicional no calendário esportivo de São Luís. Nossa expectativa é que seja um sucesso mais uma vez. As equipes participantes têm belos projetos sociais e estão se preparando para fazer bonito dentro de campo. Por isso, nosso agradecimento ao governo do Estado, ao Armazém Paraíba e à Potiguar por acreditarem e apoiarem esta iniciativa”, afirmou o diretor-técnico da Copa Interbairros de Futebol 7, Waldemir Rosa.

Todos os jogos do torneio ocorrerão na Arena Olynto, no bairro do Olho d’Água. Tudo sobre o torneio está disponível nas redes sociais oficiais do torneio no Instagram e no Facebook (@copainterbairrosfut7ma).

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Novembro Azul: Tecnologia atua na prevenção do câncer de próstata  

Solicitação de biópsia para detectar a doença aumentou 9% em um ano; monitoramento inteligente impacta diretamente na detecção inicial do problema 

Anúncios

Entre 2020 e 2021 o número de solicitações de exames para detectar câncer de próstata cresceu 9% no Brasil, passando de 31.888 para 34.673 biópsias, segundo o Ministério da Saúde – houve também aumento no total de mortes, que passou de 15.983 em 2020 para 16.055 no ano seguinte, resultando em 44 óbitos por câncer de próstata por dia. Ao mesmo tempo, dados do órgão brasileiro de saúde apontam que 31% dos homens ainda não têm o hábito de ir ao médico. 

Ricardo Ramalho, sócio e diretor de operações da Axenya, healthtech que coordena planos de saúde corporativos de ponta a ponta, explica que culturalmente os homens associam o consultório médico a um lugar de crianças, mulheres, idosos e pessoas fragilizadas, o que prejudica os cuidados preventivos.  

Anúncios

Uma das formas de garantir o acompanhamento recorrente é por meio da tecnologia. A Axenya, por exemplo, usa inteligência artificial para aumentar a eficiência da prestação de cuidados com a saúde, fazendo com que o paciente consiga ter o diagnóstico logo no início da doença, o que aumenta em 90% as chances de cura. Isso é feito por meio de um monitoramento inteligente, que analisa indicadores como a idade do paciente e o chamado nível de Antígeno Prostático Específico (PSA), utilizados pelas sociedades médicas e Ministério da Saúde para diagnosticar o câncer de próstata. 

A startup cruza dados de exames de rastreamento para câncer com informações de utilização do plano de saúde. Quando as taxas de realização dos exames são baixas, a Axenya realiza uma intervenção com campanhas direcionadas a públicos específicos – quando a não realização de exames é pontual, é feito um contato com os pacientes para entender a situação. 

Anúncios

“Os médicos têm tempo reduzido e só podem medir sinais nos limites do consultório ou laboratório. Eles perdem o controle do paciente no minuto em que ele sai do consultório”, afirma Ramalho. “É importante que o monitoramento remoto seja recorrente”. 

Em pesquisa realizada com 8.000 vidas atendidas pela Axenya, cerca de 50% dos homens em idade de risco realizaram exames preventivos nos últimos 12 meses.  

Sobre a Axenya

Fundada em 2020, a healthtech Axenya usa inteligência artificial para coordenar carteiras de saúde corporativa de ponta a ponta, alinhando interesses de empresas, planos de saúde e pacientes em um único serviço. Por meio do monitoramento tecnológico, a empresa diminui a sinistralidade dos planos de saúde nas empresas, ao mesmo tempo em que promove saúde e bem-estar para os funcionários. Em julho de 2021, recebeu aporte de gestoras como big_bets, Igah Ventures e Alexia Ventures e, em agosto de 2022, anunciou fusão com a corretora HealthCO. Hoje, a Axenya atende cerca de 50 mil vidas e pretende chegar a R$ 25 milhões em faturamento em 2023.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Secretaria da SEMCAS, Ana Carla, é convocada para prestar esclarecimentos na Câmara

Ana Carla Figueiredo Furtado, secretária-adjunta de Gestão da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social de São Luís (SEMCAS), foi convocada pela Câmara Municipal de São Luís para prestar esclarecimentos na Câmara de Vereadores.

Anúncios

A convocação foi aprovado nesta segunda-feira (28), requerimento de autoria do co-vereador Jhonatan Soares (PT) no qual usa o artigo 250 do Regimento Interno da Câmara para chamar Ana Carla, que responde pela titularidade da SEMCAS há cerca de seis meses, para se pronunciar acerca das denúncias de desvio de recursos públicos.

De acordo com a denúncia, Ana Carla favoreceu a empresa AD Infinitum Serviços, Consultoria e Comercio LTDA em quatro contratos com a secretaria municipal que somam R$ 1.782.623,36 (um milhão, setecentos e oitenta e dois mil seiscentos e vinte e três reais e trinta e seis centavos).

Anúncios

A denúncia do vereador também revelou que a comandante da SEMCAS possui relações familiares com diversos servidores nomeados de forma comissionados na secretaria, e são esses mesmos funcionários que “fiscalizam” a execução do contrato com a AD Infinitum Serviços, Consultoria e Comercio LTDA, cujo os donos são ligados a própria Ana Clara.

Com informações do Blog de Domingos Costa

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Homem morde menina no pescoço em São José dos Basílios

Um homem foi preso por invadir uma casa e morde uma menina no pescoço em São José dos Basílios. O caso aconteceu no povoado Lagoa Grande, zona rural do município.

Anúncios

O suspeito, identificado como Carlos Emanoel, entrou na residência e agarrou a menina, tapou a boca dela para que não gritasse e a mordeu na bochecha e pescoço. O homem ainda tentou sufocar a vítima.

Carlos Emanoel ainda conseguiu roubar uma quantia em dinheiro, mas foi preso pouco tempo depois do crime, apresentado na delegacia da cidade e após procedimentos de praxe, ele foi encaminhado para um presídio no Maranhão.

Anúncios

A menina foi encaminhada ao hospital de São José dos Basílios, onde recebeu atendimento médico e depois alta médica.

Com informações do Portal Guará

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Coletivo Nós aponta indícios de irregularidades em contratos da Secretaria de Assistência Social

Mandato coletivo relatou casos de nepotismo e favorecimento em licitação envolvendo familiares e empresa ligada à secretária Ana Carla Furtado

Anúncios

O co-vereador Jhonatan Soares, do Coletivo Nós (PT), ocupou a tribuna na sessão desta segunda-feira (28) na Câmara Municipal de São Luís para denunciar, segundo ele, casos de nepotismo e favorecimento em quatro processos de licitação na Secretaria Municipal de Assistência Social (Semcas). O parlamentar ainda classificou a situação como “imoral” e “indecente”.

Em seu discurso, Jhonatan Soares disse que analisou algumas nomeações e descobriu que a secretária municipal Ana Carla Furtado teria nomeado para cargos comissionados alguns parentes. Nas denúncias, uma irmã da secretária, que foi identificada por Ana Cláudia Figueiredo Furtado, aparece desempenhando a função de diretora técnica de serviços. A lista inclui ainda um primo e uma filha de um primo da titular da Semcas nomeados com cargos comissionados no órgão municipal.

Anúncios

“Cabe destacar aqui, que não temos 100% das provas das irregularidades, mas é preciso ser investigado, pois este não é nosso papel. O que posso confirmar aqui é que o princípio da moralidade, previsto na Constituição Federal, não está sendo respeitado nesta gestão na Semcas. É assim que estamos vendo a administração do prefeito Eduardo Braide, com casos e mais casos imorais”, frisou o petista.

O caso de nepotismo não foi a única denúncia apresentada na tribuna com cópia para cada um dos vereadores em plenário. No pronunciamento, o co-vereador que representa o mandato coletivo, também apontou para um possível favorecimento em quatro processos de licitação para fornecimento de alimentos e fraldas.

Anúncios

De acordo com ele, os quatro contratos vencidos pela empresa Ad Infinitum Serviços, Consultoria e Comércio Ltda., somam mais de R$ 1,7 milhão. O co-vereador apontou ainda que as fiscalizações e autorizações dos processos de licitação foram feitas pelos próprios familiares da secretária. O problema, entretanto, é que antes do edital, conforme as denúncias, os dirigentes da empresa fornecedora já tinham tomado conhecimento do documento.

“Antes de lançar o edital de licitação, os proprietários da empresa Id Infinitum já tinham conhecimento. Estes proprietários são amigos pessoais da secretária Ana Carla. Curioso é que a própria secretária já trabalhou com um dos proprietários da empresa na Prefeitura de Paço do Lumiar na gestão da ex-prefeita Bia Venâncio”, revelou.

Jhonatan Soares disse ainda que o CNPJ da empresa vencedora da licitação não habilita a empresa a prestar os serviços previstos nos contratos. Jhonatan disse, porém, que não tem todas as provas que mostram irregularidades no processo licitatório. Mas sabe que a prática do nepotismo é evidente.

Anúncios

O parlamentar petista agradeceu ao vereador licenciado Paulo Victor, pela confiança em disponibilizar ao mandato coletivo os documentos que embasaram as denúncias. Ele destacou ainda que deverá encaminhar o dossiê detalhando os indícios de irregularidades ao Ministério Público Estadual para que o órgão de controle externo possa tomar as providências.

Convocação e investigação

Ao concluir o pronunciamento, Jhonatan Soares afirmou que vai apresentar requerimento para a convocação da secretária Ana Carla Furtado para que ela possa prestar esclarecimentos na Câmara Municipal.

Além da convocação, por sugestão da vereadora Concita Pinto (PCdoB), a Casa também deverá formar uma comissão para acompanhar o suposto ato ilícito praticado na Semcas contra a administração pública municipal.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Grupo Trem das Onze se reúne para celebrar o dia do samba no CCVM

Antecipando as comemorações do dia do samba, originalmente celebrado no dia 2 de dezembro, o Centro Cultural Vale Maranhão reunirá os integrantes do grupo Trem das Onze em seu Pátio Aberto com o show Memórias, na quinta-feira, 1º, às 19h

Anúncios

Criado em 1983 pelo violonista Luiz Carlos Sousa Monteiro, o Lula Bossa, com o nome de Banda Melodia, o Trem das Onze preserva as raízes do samba brasileiro com arranjos e composições autorais. O show contará com repertórios dos álbuns “Trem das Onze – Tributos” (1998), “Trem das Onze – Paixão Nacional” (2001) e músicas que não chegaram a ser lançadas no terceiro disco. A apresentação prestará uma homenagem aos integrantes que já partiram e celebrará o encontro dos que permanecem.

A entrada é gratuita. O Centro Cultural Vale Maranhão fica localizado na Rua Direita, nº 149, Centro Histórico.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Estudo simula o início da esquizofrenia usando neurônios e minicérebros; redução de proteínas chama atenção

Em parceria com o Instituto D’Or de Pesquisas (IDOR) e com as Universidades Federais de São Paulo (UNIFESP) e do Rio de Janeiro (UFRJ), um estudo realizado no Laboratório de Neuroproteômica (LNP) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) encontrou padrões anormais na quantidade de proteínas do sistema nervoso que podem estar relacionados com o início da esquizofrenia. Os pesquisadores observaram modelos que simulam o comportamento da doença e notaram deficiências na produção de substâncias importantes para o processamento do material genético e o desenvolvimento do sistema nervoso, entre outras funções do organismo. Os dados obtidos estão alinhados com informações encontradas em pesquisas com cérebros póstumos de pacientes com esse transtorno e publicados nesta segunda (28), na revista “Cell & Bioscience”.

Anúncios

Os pesquisadores mapearam a composição proteica de três modelos in vitro que simulam um ambiente nervoso afetado pela esquizofrenia: células não-diferenciadas provenientes de pessoas com o esquizofrenia (progenitoras), neurônios jovens e organoides cerebrais (órgãos em miniatura com características de um cérebro humano). “Vimos que as vias de formação de proteínas são algumas das mais afetadas pela doença, desde os progenitores e permanecendo em grande escala nos organoides cerebrais”, explica Juliana Minardi, professora da UNIFESP e uma das autoras do estudo. “Isto faz com que haja problemas no curso natural do desenvolvimento destas células neurais desde o princípio, ou seja, desde a formação de uma proteína”, complementa.

Ao todo, quase 6 mil proteínas foram identificadas nas amostras, das quais 1163 apareceram em quantidades atípicas nas amostras que representavam a esquizofrenia. Ainda, Minardi explica que boa parte dessas substâncias foi detectada em níveis inferiores do que o esperado para um organismo sadio. “As vias de processamento de RNA e de tradução de proteínas – moléculas e processos essenciais para a formação das dessas substâncias – se mostraram reduzidas ou com defeitos, causando essa diminuição nos níveis finais de proteínas”. Ela conta ainda que estes efeitos, a longo prazo, podem causar um atraso em diversos processos do desenvolvimento, “como o crescimento de neuritos, o amadurecimento celular e a formação de sinapses, por exemplo”.

Anúncios

Para além dos modelos in vitro, os dados obtidos neste estudo são bem semelhantes àqueles encontrados em trabalhos anteriores com cérebros póstumos de pacientes com a doença. “Vimos que as alterações que a gente observou no cérebro de pessoas adultas com esquizofrenia também estão presentes nas células cultivadas e diferenciadas como células neurais desde os primeiros estágios do desenvolvimento”, pontua Daniel Martins-de-Souza, professor de bioquímica na Unicamp, coordenador do LNP e um dos autores do estudo. “Além de indicar que estamos conseguindo mimetizar in vitro os efeitos que foram de fato observados no cérebro de pacientes, nossos resultados corroboram a hipótese de que a esquizofrenia é uma doença do neurodesenvolvimento”, acrescenta.

Bradley Smith, que também colaborou para a obtenção e análise dos dados para a pesquisa, concorda com a importância dessa descoberta e salienta que se trata de “uma confirmação de que os modelos que usamos hoje em dia representam bem o que se vê num ‘organismo de verdade’”. Segundo Juliana Minardi, essas semelhanças indicam que os modelos in vitro, como os organoides cerebrais, podem ser utilizados como uma plataforma interessante para estudar o mecanismo da doença e constituem uma aposta promissora para o futuro. “Como não é possível obter amostras cerebrais de pacientes vivos, costumamos usar modelos animais para estudar as doenças do sistema nervoso”, diz Martins-de-Souza. “É muito legal saber que podemos produzir e usar essas células e versões em miniatura do cérebro”, completa. 

Anúncios

Minardi comenta que o modelo pode, futuramente, trazer contribuições para a personalização dos tratamentos para a esquizofrenia. “Quem sabe um dia, com mais pesquisas e investimentos, possamos usá-los para desenvolver uma forma individualizada de entender a doença de cada paciente e o que funcionaria ou não, ou ainda montar plataformas com variabilidade genética para testar antipsicóticos e outros medicamentos de interesse”, diz a pesquisadora. Ela destaca ainda que, a longo prazo, os resultados do trabalho podem colaborar para a formulação de métodos para identificar a esquizofrenia logo no início do desenvolvimento do sistema nervoso. “Nosso estudo mostra que pode ser possível modelar o início da doença da esquizofrenia. Como próximos passos, podemos começar a definir se certas proteínas reduzidas durante o começo da doença, quando revertidas a valores similares ao controle, poderiam reverter alguns efeitos da doença”, propõe.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Acumulado de focos de calor na Amazônia em agosto e setembro de 2022 foi o maior desde 2010

Ricardo Muniz | Agência FAPESP – Artigo publicado na revista Nature Ecology & Evolution este mês verificou que o acumulado de focos de calor na Amazônia em agosto e setembro de 2022 foi o maior desde 2010. Além do volume recorde, superior a 74 mil focos, o grupo de pesquisa verificou que sua causa não resultou de seca extrema, como 12 anos atrás, mas de ações humanas recentes de desmatamento.

Anúncios

“A ideia da publicação surgiu quando analisamos dados fornecidos gratuitamente pelo Programa Queimadas do Inpe”, conta Guilherme Mataveli, pesquisador de pós-doutorado na Divisão de Observação da Terra e Geoinformática do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e bolsista da FAPESP.

Geralmente a ocorrência do fogo aumenta tipicamente nesses dois meses, que correspondem ao período em que as condições meteorológicas são mais favoráveis para a queima em cerca de metade da Amazônia. “Mas a grande incidência de queimadas em 2010 foi explicada por um evento de seca extrema que ocorreu em grande parte da Amazônia. Já em 2022 não houve nada semelhante, ou seja, o aumento nos focos de calor estava claramente relacionado com outros fatores”, explica Mataveli, que estuda – utilizando sensoriamento remoto e modelagem – a influência do uso e da cobertura da terra nas emissões de material particulado fino por queimadas nos biomas Amazônia e Cerrado.

Anúncios

Quando o grupo de cientistas analisou onde os focos de calor ocorreram, baseado em outro dado fornecido gratuitamente no portal TerraBrasilis do Inpe, observou que a maioria (62%) havia ocorrido em áreas de desmatamento recente. Além disso, comparando ao mesmo bimestre de 2021, a ocorrência de focos de calor em áreas de desmatamento recente nos meses de agosto e setembro disparou 71%; e os alertas de desmatamento emitidos pelo Sistema Deter do Inpe corroboraram a análise, indicando que a área desmatada foi 64% maior.

“Outra análise que apresentou resultado preocupante foi a localização desses focos de calor em relação à classe fundiária, ou seja, se ocorreram em terras públicas, minifúndios ou propriedades privadas de pequeno a grande porte”, diz Mataveli. A informação também consta no portal TerraBrasilis do Inpe e é baseada no Cadastro Ambiental Rural (CAR), instrumento essencialmente autodeclaratório por meio do qual o proprietário de um imóvel rural submete informações sobre as características ambientais do seu imóvel ao órgão responsável. Dos focos de calor detectados em agosto e setembro de 2022, 35% ocorreram em terras públicas em que o CAR não é requerido, como Unidades de Conservação e Terras Indígenas. Houve alta de 69% dos focos de calor nessas áreas sem o CAR ante o mesmo bimestre de 2021. “Nos últimos anos, a Amazônia se tornou mais vulnerável à grilagem e esse aumento expressivo das queimadas é um dos resultados do processo”, afirma o pesquisador.

Anúncios

Metas climáticas

O avanço de fogo, desmatamento, a degradação florestal, mineração ilegal e grilagem na Amazônia contraria as metas estabelecidas internacionalmente pelo Brasil para combater o aquecimento global, como zerar o desmatamento ilegal até 2028 e diminuir até 2030 em 50%, quando comparadas aos níveis de 2005, as emissões de gases do efeito estufa.

Além dos seus impactos negativos sobre a biodiversidade e a manutenção de serviços ecossistêmicos essenciais para a vida humana, como a regulação climática, o desmatamento sem controle e atividades associadas, colocam em risco a economia brasileira. Mercados compradores de commodities, como a União Europeia, estão no processo de aprovar novas regulamentações que impedem a compra de bens produzidos em áreas desmatadas ou degradadas.

Anúncios

“Este artigo aponta um problema sistêmico que deve ser seriamente enfrentado pela sociedade. A reversão desse quadro passa pela punição de infratores, implementação de políticas públicas eficientes, comunicação com a sociedade e busca por soluções alternativas, baseadas em ciência de ponta, que sejam sustentáveis para o desenvolvimento da região”, alerta Luiz Aragão, coautor do artigo.

“Identificar e responsabilizar aqueles que estão destruindo ilicitamente a maior floresta tropical do mundo é uma das tarefas desafiadoras na agenda ambiental a serem enfrentadas pelo governo federal que se inicia em 2023”, diz o cientista, que assina o artigo ao lado de Luciana Vanni Gatti e Nathália Carvalho (do Inpe), Liana Oighenstein Anderson (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), Gabriel de Oliveira (Universidade do Sul do Alabama), Celso H. L. Silva-Junior (Universidade da Califórnia, Instituto de Tecnologia da Califórnia e Universidade Federal do Maranhão) e Scott C. Stark (Universidade Estadual de Michigan).

Anúncios

AragãoAnderson e Gatti também são apoiados financeiramente em suas pesquisas pela FAPESP.

O artigo Record-breaking fires in the Brazilian Amazon associated with uncontrolled deforestation pode ser encontrado em: www.nature.com/articles/s41559-022-01945-2. Também está disponível em: https://rdcu.be/cZT77.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Covid-19: vigilância de casos leves nos serviços de atenção primária à saúde poderia ter freado o contágio no Brasil

A atenção primária à saúde é a porta de entrada no sistema de saúde no Brasil. Na pandemia da Covid-19, seu potencial para prevenção, vigilância e atendimento de casos leves poderia ter evitado a sobrecarga de hospitais e emergências. A conclusão é de pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB), do Instituto René Rachou (Fiocruz Minas) e da Escola de Administração de Empresas do Estado de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP) em artigo publicado nesta segunda (28) na “Revista Brasileira de Medicina da Família e Comunidade”.

Anúncios

Os autores analisaram documentos publicados durante o primeiro ano da pandemia, como recomendações do Ministério da Saúde (MS) e de órgãos governamentais como o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). Também compuseram a análise notas técnicas publicadas por sociedades científicas como a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC). O objetivo foi verificar os aportes técnicos para o trabalho na atenção primária à saúde, que compreende serviços como a Estratégia de Saúde da Família e procedimentos como vacinação e testagens.

A pesquisadora Michelle Fernandez, uma das autoras do artigo, explica que a atenção primária consegue chegar facilmente à população, pois tem capilaridade no território brasileiro e está presente em áreas de vulnerabilidade social. “Isto dá à atenção primária à saúde capacidade de mapear e recomendar isolamento de casos suspeitos, e esse é um mecanismo muito eficaz de desaceleração do contágio. Porém, no caso da Covid-19, não havia normativas do Ministério da Saúde indicando a atuação nesse sentido para frear o avanço naquele primeiro momento”, aponta.

Anúncios

Fernandez observa que outros entes, como estados e municípios, organizaram o enfrentamento à Covid-19 diante da ausência de coordenação nacional. Mesmo passados quase três anos do início da pandemia, ainda é tempo para o MS atuar de forma mais assertiva em diversas frentes do combate à Covid-19, sobretudo na vacinação, destaca a pesquisadora: “Já temos vacina para toda a população maior de seis meses e atualizadas para as novas cepas, mas o Ministério da Saúde ainda não comprou as vacinas com essa atualização”, destaca.

Conforme a autora, também é fundamental que a gestão pública atente para o bem-estar dos profissionais da atenção primária à saúde, que atuam em diversas frentes desde o início da pandemia: “Temos profissionais lidando com novos casos na triagem e cuidando de pacientes na Covid longa, e boa parte dessa demanda chega pela atenção primária. Também temos profissionais trabalhando ativamente na vacinação. Eles estão sobrecarregados, com saúde mental debilitada, e o atual governo não estabeleceu política para cuidado desses profissionais”, frisa Fernandez.

Anúncios

O estudo evidencia a importância da coordenação do Ministério da Saúde para a atuação bem-sucedida da atenção primária à saúde e de suas equipes em todo o Brasil. “Outro achado interessante é a participação de atores além dos estatais na ressignificação da política pública para a atenção primária à saúde”, completa Fernandez, mencionando a contribuição de redes e entidades científicas no período analisado.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Medo de falar em público? Veja 5 técnicas para se tornar um expert da comunicação

A comunicação é uma parte essencial da vida social, seja para se conectar com amigos e familiares ou para ter sucesso no local de trabalho. Estudos mostram que pessoas que não são boas em se comunicar com outras pessoas tendem a ter menos sucesso na vida do que aquelas que são. Se você deseja encontrar felicidade e realização e ser bem-sucedido, comece a aprender como se comunicar de forma eficaz trabalhando em suas habilidades sociais.

Anúncios

Saber se comunicar é uma habilidade importante tanto para nossa vida pessoal quanto profissional. Ser capaz de se expressar com clareza pode te ajudar a desenvolver relacionamentos mais fortes, maximizar seu potencial e atingir seus objetivos.

Gisele Alves é dona de uma vasta experiência como apresentadora de televisão, atriz e jornalista e também compartilha dicas valiosas para desenvolver uma boa comunicação e técnicas para conquistar a confiança de si mesmo e das pessoas.

Saber se expressar em diferentes situações e envolver o ouvinte no momento certo e com as palavras certas pode te ajudar em vários aspectos, explicar ideias, estabelecer uma estratégia, defender um ponto de vista ou até mesmo conversar sobre assuntos informais de maneira mais eficiente.

Anúncios

Pensando nisso, Gisele Alves cita algumas dicas para você começar a desenvolver sua forma de se comunicar, confira:

Eleve sua empatia

A comunicação é um caminho de mão dupla. Se você praticar o ato de enxergar pelo ponto de vista contrário, pode reduzir a dificuldade e a ansiedade que, de vez em quando, surgem quando tenta se comunicar verdadeiramente com os outros. Por exemplo, saber o que a outra pessoa realmente quer dizer, quando ela diz que está muito cansada para conversar. Desenvolver empatia te ajuda a melhor entender as partes não verbais da comunicação com os outros e a responder efetivamente.

Leitura é fundamental

Outra boa tática para melhorar a forma como você se expressa, é ler mais. Podem ser livros relacionados a negócios, comunicação, negociação ou a outros assuntos do seu interesse, jornais ou artigos da internet. A leitura ajuda a expandir o vocabulário, a melhorar o poder de argumentação e a ter uma boa noção de como organizar as ideias de maneira clara, todos estes são pontos que contribuem para que você se comunique melhor.

Anúncios

Treine, treine e treine mais um pouco

É bastante conhecida a teoria de Steve Jobs de que se leva dez mil horas de prática para dominar uma habilidade – tocar piano, jogar basquete ou jogar tênis. Acredita-se vivamente que isso também se aplica à habilidade de se comunicar. Muitas pessoas dizem que jamais serão tão refinadas quanto Steve Jobs ou outros grandes oradores do mundo dos negócios, porque simplesmente “não são boas em falar em público”. Bem, Steve Jobs também não nasceu sabendo. Ele trabalhou duro para desenvolver essa habilidade.

Em suas primeiras apresentações, incluindo o lançamento do Macintosh em 1984, Jobs se manteve rígido no palco, agarrado a bancada e lendo anotações. Ele foi melhorando a cada ano que passava. Na verdade, cada década testemunhou um grande avanço em seu estilo e suas técnicas de oratória. Jobs ficou famoso por ensaiar incansavelmente para uma apresentação – muitas, muitas horas ao longo de muitas, muitas semanas. E acabou sendo considerado um dos líderes de negócios mais carismáticos do mundo. O que muita gente não consegue perceber é que Jobs parecia se apresentar sem esforço porque se empenhou muito nisso!

Anúncios

Use técnicas de respiração para se concentrar

O nosso cérebro consome cerca de 20% de todo o oxigênio que passa pelo seu corpo? Isso acontece porque o órgão precisa bastante desse elemento para realizar suas principais tarefas, desde as automáticas, como garantir o batimento do coração, até as mais complexas, como os processos de atenção e comunicação.

Por esse motivo, utilizar técnicas de respiração para concentração é uma excelente maneira de aproveitar o que se sabe sobre a nossa cognição e ter mais produtividade nas tarefas. Isso sem contar que melhorar a oxigenação do corpo auxilia no controle da ansiedade, do estresse e do humor.

Sabia que só o ato de prestar atenção na respiração pode fazer com que a sua concentração melhore? Isso porque, quando você volta o foco para uma determinada atividade, as distrações vão embora. Então, vale a pena tirar 1 minuto do dia apenas para sentir o ar saindo e entrando pelas narinas.

Anúncios

Você pode usar também técnicas mais elaboradas, como, por exemplo, a respiração alternada. Essa técnica consiste em:

Tampe uma narina, concentrando-se para que o ar passe por apenas uma delas. Em seguida, basta repetir o mesmo movimento no outro lado.

Conhece o sinal de “hang loose”? Basta fechar a mão, deixando o polegar e o dedo mindinho abertos. A partir disso, é só seguir estes passos:

  • respire fundo e segure o ar;

  • cubra a narina direita com o dedo polegar;

  • expire apenas pela narina esquerda;

  • inspire totalmente e segure novamente o ar;

  • cubra a narina esquerda com o dedo mindinho;

  • deixe o ar escapar pela narina direita;

  • repita todo o procedimento por, pelo menos, 4 vezes.

Anúncios

Seja natural e tenha sua própria opinião

Procure trabalhar nos pontos citados, mas de forma natural. Não tente copiar a maneira de alguém falar, por exemplo. A linguagem corporal exerce um papel tão importante quanto a fala na comunicação. É através dela que você coloca emoções em suas palavras, enfatiza suas frases, passa segurança e receptividade as pessoas. Imagine uma pessoa usando a mesma expressão facial para dizer que está triste ou feliz: é no mínimo estranho, não acha? O mais importante, nunca fuja de sua essência e do que acredita, você conquistará as pessoas certas pelo que você é.” finaliza Gisele Alves.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com