Arquivo da tag: Lula

Lula manifesta solidariedade a vítimas de terremoto que deixou mortos na Turquia e na Síria

Até a manhã desta segunda, governos dos países afetados contabilizavam mais de 1,6 mil mortos, 50 mil feridos e milhares de desaparecidos; ainda não há registro de brasileiros atingidos.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manifestou solidariedade às vítimas do terremoto que atingiu uma região na fronteira entre a Síria e a Turquia, e deixou centenas de mortos nos dois países na manhã desta segunda (6) – noite de domingo (5), no horário de Brasília.

“Olhamos com preocupação para as notícias vindas da Turquia e Síria, após terremoto de grande magnitude. O Brasil manifesta sua solidariedade com os povos dos dois países, com as famílias das vítimas e todos que perderam suas casas nessa tragédia”, escreveu Lula em uma rede social.

Até as 9h20 desta segunda, o Ministério das Relações Exteriores ainda não havia informado a presença de brasileiros entre os mortos ou feridos pela catástrofe.

O balanço oficial dos governos da Síria e da Turquia apontava, até o mesmo horário, mais de 1,6 mil mortos e 50 mil feridos em decorrência do tremor.

O terremoto de magnitude 7,8 atingiu o sul da Turquia e o norte da Síria na segunda-feira, derrubando centenas de edifícios e matando pelo menos 1.200 pessoas nos dois países.

Acredita-se que centenas ainda estejam presas sob os escombros. O número de vítimas pode aumentar à medida que equipes de resgate vasculham os destroços em cidades e vilas tanto na Turquia quanto na Síria.

Em ambos os lados da fronteira turca, moradores foram acordados pelo terremoto antes do amanhecer e correram para fora em uma noite fria, chuvosa e com neve de inverno, enquanto os prédios foram destruídos e fortes tremores secundários continuaram.

Equipes de resgate e residentes em várias cidades procuraram por sobreviventes, trabalhando em emaranhados de metal e pilhas gigantes de concreto.

Por G1

Lula retomará programa Minha Casa Minha Vida no dia 14 de fevereiro

Cerca de 3 mil unidades habitacionais devem ser inauguradas na data por todo país

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, afirmou, no domingo (5.fev), que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) irá retomar o programa Minha Casa Minha Vida no dia 14 de fevereiro. Segundo ele, na data, o mandatário visitará a Bahia, onde acompanhará a inauguração de um conjunto habitacional na cidade de Santo Amaro. 

No mesmo dia, também serão disponibilizadas outras 3 mil unidades residenciais em todo o país, bem como as diretrizes do Minha Casa Minha Vida. Rui Costa informou ainda que o governo deve dialogar com prefeitos e governadores para retomar as 120 mil obras da faixa 1 do programa – destinada a famílias de baixa renda -, que estão incompletas.

“O governo anterior extinguiu a faixa 1 do programa, destinada a pessoas mais carentes. Nós vamos retomar e garantir moradia às famílias que mais precisam. Infelizmente, a sensação que nós temos é de que não tinha governo. Essa é a expressão. Não é que o governo era apenas ruim, não existia”, disse o ministro.

Fonte: SBT News

Presidente Lula assina decretos que ampliam a participação popular no governo

Ministro Silvio Almeida participa de solenidade que aumenta interlocução do governo com movimentos sociais e organizações da sociedade civil

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, assinou decretos que criam o Conselho de Participação Social e o Sistema de Participação Social Interministerial, nesta terça-feira (31), em Brasília (DF). Com a criação do Conselho, o governo manterá a interlocução permanente com os movimentos sociais e organizações da sociedade civil na construção de políticas públicas. Já o Sistema institui uma Assessoria de Participação Social e Diversidade em cada um dos ministérios, que serão coordenadas pela Secretaria-Geral da Presidência da República.

Na cerimônia, Lula ressaltou a importância da sociedade civil para a implementação de políticas públicas. “Esse conselho vai servir para nos ajudar a reconstruir ou construir uma coisa nova. A proposta consiste em uma participação popular efetiva onde vocês sejam tratados em igualdade de condições. Que vocês possam dizer “sim” e também possam dizer “não” e serem respeitados em ambos os casos. Sempre ouviremos nossos companheiros de luta que nos ajudaram a construir o que foi preciso para chegarmos à Presidência da República”, declarou.

Entre as autoridades presentes, estiveram o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Márcio Macedo; o ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC), Silvio Almeida; e a ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva.

Lula confirmou que vai criar Guarda Nacional e desarmar a polícia? Isso é falso!

Montagem manipulou perfil do presidente eleito para espalhar desinformação

Anúncios

É falso que o presidente eleito, Lula, tenha declarado que planeja criar uma suposta Guarda Nacional, desmilitarizar ou desarmar polícias. Imagens contendo prints de publicações atribuídas às redes sociais de Lula são montagens.

O que estão dizendo?

A imagem que circula nas redes sociais é uma montagem que reúne dois supostos prints de mensagens escritas por Lula no Instagram. “Não vamos tolerar manifestações fascistas de caminhoneiros que querem prejudicar o Brasil. Vamos combater o neonazismo desde o primeiro dia com a nossa nova Guarda Nacional”, diz o primeiro trecho.

No segundo bloco de mensagens, o presidente eleito teria destacado que a ação seria de imediato: “Policiais devem servir o Brasil e não organizações bolsonaristas. No meu primeiro pacote de ações como Presidente está a desmilitarização, despolitização e desarmamento das polícias”.

Anúncios

As informações são falsas. O primeiro fato enganoso é dizer que os prints seriam do Instagram do presidente eleito, já que as imagens simulam postagens no Twitter. Na verdade, em nenhuma rede social de Lula foram publicadas tais afirmações.

Anúncios

Os falsos tuítes indicam que as publicações teriam sido feitas às 8h07 do dia 01 de novembro de 2022, mas ao conferir no perfil do presidente eleito no Twitter é possível ver que a primeira postagem neste dia foi às 8h53.

Ainda que se considere a possibilidade das postagens terem sido apagadas, isso não aconteceu. É o que mostram os registros do Projeto 7c0, iniciativa que cataloga perfis políticos e registra quando postagens são apagadas. Também não consta nenhuma postagem apagada nos registros do Internet archive, projeto que guarda o histórico visual de mais de 700 bilhões de páginas na internet, incluindo o perfil de Lula.

Anúncios
Anúncios

Além das redes sociais, esta reportagem também verificou que termos como Guarda Nacional, desmilitarização, despolitização e desarmamento das polícias não são encontradas no plano de governo da chapa Lula e Alckmin apresentado ao Tribunal Superior Eleitoral.

As propostas de governo onde policiais são citados, tratam somente de planos para a modernização e melhoria das condições de trabalho dos policiais. O novo boato afirmando que Lula confirmou que vai criar Guarda Nacional para combater protestos se trata apenas de mais uma versão de um assunto que já foi explorado por diversos conteúdos falsos e desmentido por várias iniciativas de checagem de fatos.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Lula fez cirurgia para retirada de lesão na laringe

Procedimento mostrou ausência de neoplasia 

Anúncios

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva deu entrada ontem (20) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para a realização de uma laringoscopia para retirada de leucoplasia da prega vocal esquerda, uma lesão na laringe. O procedimento mostrou ausência de neoplasia (câncer).

Lula teve alta nesta segunda-feira (21), às 7h45, e foi acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelos especialistas Roberto Kalil Filho, Artur Katz, Rubens Brito, Rui Imamura e Luiz Paulo Kowalski.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

COP27: presidente eleito cita “combate sem trégua” a crimes ambientais

Lula discursou na área da ONU, na conferência das partes no Egito

Anúncios

O presidente eleito do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, prometeu “combater sem trégua” os crimes ambientais no país, ao discursar na Conferência das Partes (COP27). Para atingir esse objetivo, voltou a citar a criação do Ministério dos Povos Originários, além de fortalecer as organizações de fiscalização e sistemas de monitoramento ambientais.

“Esses crimes afetam sobretudo os povos indígenas. Por isso vamos criar o Ministério dos Povos Originários, para que eles próprios apresentem propostas de governo que garantam, a eles, paz e sobrevivência. Serão eles os primeiros parceiros, agentes e beneficiários de um modelo de desenvolvimento local”, disse ao comentar a possibilidade de essas comunidades usarem riquezas naturais para produzirem medicamentos e outros produtos não danosos ao meio ambiente.

Lula também citou investimentos na transição energética do país para fontes eólica, solar, biocombustíveis e, também, para a produção de hidrogênio verde, combustível 100% renovável que tem despertado cada vez mais o interesse de outros países.

Anúncios

Cooperação internacional

O presidente eleito deu o tom de como será seu governo, a partir do ano que vem: “quero dizer que o Brasil está de volta para reatar os laços com o mundo; para ajudar novamente a combater a fome no mundo; e para cooperar com os países mais pobres, sobretudo da África e da América Latina”, disse Lula.

“A frase que mais tenho ouvido dos líderes mundiais com quem tenho encontrado é: ‘o mundo sente saudade do Brasil’”, disse o presidente eleito. “Voltamos para uma nova ordem pacífica de diálogo, multilateralismo e pluralidade. Para um comércio justo e pela paz entre os povos”, acrescentou.

Lula então voltou a defender a necessidade urgente de mecanismos financeiros para remediar perdas e danos causados em função da mudança do clima. “Não podemos adiar esse debate. Não podemos continuar nessa corrida rumo ao abismo”.

Anúncios

Ele reiterou a proposta feita mais cedo, de o Brasil, por meio de um estado amazônico, sediar a COP30, em 2025, e convidou os países sul-americanos a se reunirem para discutir “de forma soberana o desenvolvimento integrado da região com responsabilidade social e climática”.

O presidente eleito também defendeu uma reforma da Organização das Nações Unidas (ONU), de forma a se adequar a um mundo já distante do contexto de sua criação. “Não é possível que a ONU seja dirigida sob a mesma lógica da geopolítica da Segunda Guerra Mundial”, disse.

“O mundo e os países mudaram e querem participar mais, e precisamos de uma governança global, sobretudo na questão climática. Se tem algo que precisa de governança global é a questão ambiental. Precisamos de fórum mundial para isso. É com esse objetivo que eu voltei a me candidatar, e é por isso que falo que voltei não para fazer o mesmo, mas para fazer mais”.

Anúncios

Emergência climática

Ao discursar na Blue Zone, área da Organização das Nações Unidas (ONU) na CO27, o presidente eleito comentou as consequências decorrentes das mudanças climáticas, que atingem todos os países. Entre os efeitos, citou os tornados e tempestades tropicais cada vez mais frequentes nos Estados Unidos; os incêndios e os fenômenos meteorológicos na Europa; e as secas e enchentes que têm afetado o Brasil.

Citou também os prejuízos causados a países pobres. “Apesar de ser o continente com menor taxa de emissões, a África vem sofrendo efeitos climáticos extremos. A elevação dos níveis dos mares poderá ser catastrófica para os egípcios do Delta do Nilo”. “Países insulares estão ameaçados de desaparecer. A emergência climática afeta a todos, embora seus efeitos sejam mais percebidos entre os mais pobres”.

Anúncios

Para corroborar a argumentação, Lula disse que 1% dos países – no caso, os mais ricos – emitem 30 vezes mais gás carbônico do que os menos desenvolvidos, e que isso contribuirá de forma significativa para fazer com que o aumento da temperatura se intensifique ainda mais, impossibilitando o cumprimento do que foi acordado em edições anteriores da COP.

“Por isso, a luta contra o aquecimento é indissociável da luta contra a pobreza, e por um mundo menos desigual e mais justo”, acrescentou ao lembrar que a segurança climática está diretamente relacionada à proteção da Amazônia sul-americana – motivo pelo qual assumiu o compromisso de “não medir esforços” para zerar o desmatamento deste e de outros biomas brasileiros.

Lula reiterou a importância de que todos os participantes da conferência das partes cumpra acordos feitos em edições anteriores do encontro: “não podemos ficar prometendo e não cumprindo porque seremos vítimas de nós mesmos”, acrescentou ao lembrar dos compromissos feitos na COP15, de Copenhague em 2009, na qual os países mais ricos se comprometeram a destinar, a partir de 2020, US$ 100 bilhões por ano para ajudar os menos desenvolvidos a enfrentarem a mudança climática. “A minha volta é também para cobrar o que foi prometido”, complementou.

Anúncios

Agronegócio

Sobre a agricultura, Lula disse que a meta de seu governo será a de uma produção com equilíbrio, sequestrando carbono e protegendo a biodiversidade, com aumento de renda para agricultores e pecuaristas.

“Estou certo de que o agronegócio será um aliado estratégico na busca de uma agricultura regenerativa e sustentável, com valorização da tecnologia no campo. Há vários exemplos exitosos de agroflorestas no Brasil. Temos conhecimento tecnológico para isso, de forma a não desmatarmos um metro sequer. Este é o desafio que se impõe aos brasileiros e demais países produtores de alimentos”, disse ao reiterar o propósito de reduzir a fome no Brasil e no mundo.

Segundo ele, o resultado das eleições mostraram que os brasileiros fizeram uma escolha pela paz, pelo bem-estar, pela sobrevivência da Amazônia “e, portanto, pela sobrevivência do nosso planeta”.

Anúncios

“A todo momento o planeta nos alerta de que precisamos uns dos outros para sobrevivermos e que, sozinhos, estamos vulneráveis à tragédia climática. Ignoramos esses alertas gastando trilhões em guerras que só trazem morte, enquanto 900 milhões de pessoas não têm o que comer”. “Entre 2030 e 2050, o aquecimento global poderá resultar em 250 mil mortes a mais ano por doenças decorrentes do calor excessivo, e o impacto econômico desse processo é estimado entre US$ 2 e 4 bilhões anuais. Ninguém está a salvo”, argumentou.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Equipe de transição de Lula confirma Ministério dos Povos Originários

Prometido durante as eleições, a equipe de transição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) confirmou que irá criar o Ministério dos Povos Originários. Sendo uma pasta inédita dentro da democracia brasileira.

Anúncios

O ministério é uma resposta aos povos indígenas. O futuro presidente Lula prometeu que os indígenas teria voz e vez durante os 4 anos desse novo mandato.

Os povos originários são aqueles que descendem dos primeiros habitantes de um território. No Brasil, esses povos são os que estavam aqui antes da chegada dos europeus-no caso, os indígenas.

Anúncios

Eles representam 0,4% da população, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Ao todo, são 305 povos vivendo no território brasileiro, a maioria concentrada na região da Amazônia, de acordo com o Cimi (Conselho Indigenista Missionário).

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Lula e Alckmin serão diplomados até 19 de dezembro

Diplomação atesta que candidatos foram eleitos e podem tomar posse

Anúncios

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, disse hoje (3) que o presidente da República eleito Luiz Inácio Lula da Silva e o vice, Geraldo Alckmin, serão diplomados até 19 de dezembro.

“As eleições acabaram. O segundo turno acabou democraticamente no último domingo [30], e o TSE proclamou os vencedores, que serão diplomados até 19 de dezembro e tomarão posse em 1º de janeiro de 2023”, afirmou Moraes perto do fim da sessão plenária que a Corte realizou nesta quinta-feira.

Ao destacar a participação dos eleitores e a rapidez com que o TSE anunciou o resultado do pleito, Moraes declarou que “a democracia venceu novamente no Brasil”. O ministro alertou que quem usar de estratégias ilícitas para questionar a vontade da maioria dos eleitores será identificado e punido.

Anúncios

“Isto é democracia, é alternância de poder, é estado republicano. Não há como contestar um resultado democraticamente divulgado com movimentos ilícitos, antidemocráticos, criminosos. Estes serão combatidos e os responsáveis, apurados e responsabilizados sob a pena da lei”, afirmou Moraes, ao lembrar que observadores internacionais e técnicos do Tribunal de Contas da União que auditaram cerca de 4.161 boletins de urnas atestaram a legalidade do processo eleitoral brasileiro e a segurança das urnas eletrônicas.

“Mais uma vez, as missões de observação eleitoral soltaram suas notas e, novamente, reiteraram a total confiabilidade no sistema eleitoral brasileiro e nas urnas eletrônicas. A missão da OEA [Organização dos Estados Americanos] sublinhou que, “mais uma vez, o TSE demonstrou seu alto nível de profissionalismo e solidez, o que lhe permitiu realizar com sucesso um processo eleitoral em um contexto complexo, marcado pela polarização, desinformação e ataques às instituições eleitorais”, concluiu o ministro.

Anúncios

Diplomação

Durante a cerimônia de diplomação, o TSE atesta que os candidatos à Presidência da República e à Vice-Presidência foram efetivamente eleitos e estão aptos a tomar posse nos cargos. A entrega dos diplomas só é concretizada após o término do prazo de questionamento legal do resultado e de processamento final do resultado das eleições.

No caso de governadores, senadores, deputados federais, estaduais ou distritais e suplentes, a diplomação é feita pelos tribunais regionais eleitorais dos 26 estados e do Distrito Federal, que também devem observar a data limite de 19 de dezembro.

Anúncios

Não podem ser diplomados candidatos do sexo masculino que não apresentarem o documento de quitação com o serviço militar obrigatório, nem os eleitos cujo registro de candidatura tenha sido indeferido, mesmo que ainda aguardem a decisão final.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Bolsonarista sobe na frente de caminhão em protesto contra vitória de Lula

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Lula venceu em 98,9% dos municípios do Nordeste, no 2º turno

Candidato do PT também foi o mais votado na maioria dos municípios brasileiros

Anúncios

Nesse domingo (30), o 2º turno das Eleições foi marcado por uma disputa muito acirrada entre os candidatos à Presidência, com Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vencendo as Eleições com 50,9% dos votos válidos.

No entanto, na perspectiva do número de municípios onde cada candidato ganhou, é possível observar outras características. Lula foi o candidato mais votado em 3.123 municípios brasileiros, contra 2.444 onde Bolsonaro venceu.

O presidente eleito foi vitorioso em 56% das cidades, contra 44% do atual mandatário. Em dois municípios do país a votação terminou empatada.

Anúncios

Além da vantagem geral no país, Lula teve a preferência em 98,9% dos municípios do Nordeste. Lula saiu vitorioso em 1.774 cidades nordestinas, já Bolsonaro teve mais da metade dos votos em apenas 20 municípios da região.

O petista também teve a preferência dos eleitores na maior parte dos municípios da região Norte, ganhando em 65,6% dos municípios, contra 34,4% que foram ganhos por Bolsonaro.

Os dados foram divulgados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e analisados pela Agência Tatu. A partir de recortes geográficos foi possível verificar a distribuição nacional, regional, estadual e municipal dos votos para presidente da república no segundo turno das eleições 2022.

Anúncios

Por estado

Ceará, Paraíba, Piauí e Sergipe registraram 100% de vitória no Lula em todos os seus municípios. O destaque vai ao município de Guaribas, no Piauí, como a cidade que mais deu votos ao petista representando 93,8% do eleitorado local do município.

Anúncios

O estado da Bahia é um dos mais importantes para as eleições no Nordeste e foi quase totalmente ganho por Lula. O petista ganhou em 415 dos 417 municípios baianos.

Já em Minas Gerais, um dos estados mais importantes para as eleições, o presidente eleito conseguiu ganhar, mas com uma diferença não tão grande quanto conseguiu no Nordeste. Foram 564 municípios ganhos por Lula contra 288 do adversário.

Anúncios

Já Bolsonaro, teve mais municípios ganhos no Centro-Oeste (78,4%), Sul (73,8%) e Sudeste (63,4%). Contudo, o único estado que deu 100% de vitória a Bolsonaro com seus municípios foi Rondônia; também ganhou no Distrito Federal.

A preferência pelo candidato de direita é bem evidente também no Sul, já que Nova Pádua (RS) é destaque como o município que mais teve votos para o candidato do PL, que ficou com 88,9% dos votos válidos da cidade.

Anúncios

Empate nas Eleições 2022

Duas cidades brasileiras tiveram um empate no número de votos para cada um dos dois candidatos. Em Guará (SP) e Irati (SC) que fecharam o 2º turno resultando em 50/50 na votação. O município paulista deu exatos 5.529 votos a cada um dos candidatos, já os eleitores da cidade catarinense deram 846 votos tanto a Bolsonaro quanto a Lula.

Por Agência Tatu

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com