Arquivo da tag: Salvador

Quase metade dos lares chefiados por mulheres negras em Salvador sofrem com insegurança alimentar

O retrato da insegurança alimentar em Salvador, capital baiana, pode ser encontrado com mais facilidade em um endereço: nos lares chefiados por mulheres negras. A fome na capital baiana pode ser identificada pela cor, sexo e gênero, assim como revela a pesquisa feita por professores e estudantes de pós-graduação da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que mapearam a (in)segurança alimentar nos domicílios, tendo como base o contexto social e histórico local. O resultado da pesquisa foi publicado na sexta (5) na “Revista Cadernos de Saúde Pública”, da Fundação Oswaldo Cruz.

Anúncios

O Mapa da Fome em Salvador revela que a prevalência de insegurança alimentar foi mais elevada nos domicílios chefiados por mulheres negras (insegurança alimentar leve: 25,6% e insegurança alimentar moderada ou grave: 21,2%). Os autores destacam que a insegurança alimentar está presente nos lares de mulheres negras independentemente das condições socioeconômicas, como escolaridade e renda. Por sua vez, a maior segurança alimentar foi observada nos lares chefiados por homens brancos (74,5%). A pesquisa analisa a situação da fome em 14.713 domicílios, entre os anos 2018 e 2020, em 160 bairros de Salvador, através da aplicação da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar.

Silvana Oliveira, coautora da pesquisa, explica que os dados foram classificados em diferentes níveis: residências com segurança alimentar (àquelas com acesso à alimentação em quantidade e qualidade), insegurança alimentar leve (ou seja, lares onde as pessoas não sabem se vão ter acesso a comida num futuro próximo), insegurança alimentar moderada (lares com restrição na quantidade de alimentos entre os adultos) e insegurança alimentar grave (restrição na quantidade de alimentos entre as crianças ou a fome propriamente dita entre crianças e adultos), além de dados de raça/cor e sexo para conhecer a situação de insegurança alimentar nos lares chefiados por homem branco, mulher branca, homem negro e mulher negra.

Anúncios

“Existe a necessidade de se incorporar a interseccionalidade – que considera as relações de poder, como o racismo e sexismo – para entender um problema na elaboração de políticas públicas de combate à fome. Viver em situação de insegurança alimentar sinaliza não somente privações materiais, mas também mecanismos ideológicos que interditam oportunidades de melhorias de vida da população negra. Não é possível discutir a insegurança alimentar sem considerar a hierarquização social, racial e de gênero, suas articulações e a persistência de práticas discriminatórias reproduzidas tanto em Salvador, quanto em todo o Brasil”, ressalta Silvana.

80% em Salvador são pretos ou pardos

Com aproximadamente 3 milhões de habitantes e 80% da população autodeclarada preta e/ou parda, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Salvador é um território marcado pelas históricas desigualdades sociais e segregações raciais, situação que afeta, de forma direta, sobretudo a população negra. Tendo como base esse quadro, que já foi identificado em estudos anteriores, o objeto de pesquisa das estudantes de pós-graduação da UFBA foi montar um mapa da segurança e os níveis da insegurança alimentar na cidade.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Salvador festeja casamento coletivo de casais LGBTs em junho

A capital da Bahia, Salvador, irá celebrar o casamento homoafetivo ao receber pela primeira vez a cerimônia de uniões coletivas dentro do projeto “Sim Ao Amor”. Os casais interessados em participar devem se inscrever com antecedência para poder dar entrada nos trâmites de prazos dos cartórios.

O projeto é do Ministério Público da Bahia, que busca o reconhecimento de casais do mesmo sexo como uma instituição social e judicial. Os noivos devem subir ao altar no dia 28 de junho. A cerimônia é gratuita.


Leia mais Notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp (98) 98506-2064

Para O Cubo crescer, vamos precisar da sua ajuda. Seja patrão do blog dando um pequeno patrocínio.

https://www.catarse.me/ocubo?ref=project_link


Digite seu e-mail para assinar as notificações deste site

Junte-se a 1.444 outros seguidores

 

Duda Baroni é eleita Miss Salvador Gay

Neste domingo (18) foi realizado o Concurso Miss Salvador Gay, onde a candidata Duda Vanini foi eleita para representar a capital baiana no Concurso Missa Bahia Gay, que acontece em julho.

Duda Baroni, que é do Bairro da Vitória, em Salvador, concorreu com nove candidatas nesta 11° edição do concurso, que aconteceu no Centro Cultural de Plataforma. A comissão julgadora foi composta por sete profissionais da área.

Como de costume, a faixa para a vencedora do Miss Salvador Gay 2018 foi passada pela a miss do ano passado, DesiRée Back.

Geddel Vieira foi preso pela PF

geddel-temer-748x410O ex-ministro do governo Michel Temer, Geddel Vieira Lima, do PMDB, foi preso pela Polícia Federal na manhã desta sexta-feira(8). Após 3 dias de ter encontrado 51 milhões em apartamento em Salvador, Geddel já estava detido em prisão domiciliar desde julho, sob acusação de pressionar a mulher do doleiro Lucio Funaro – preso na Operação Sépsi – não fazer delação premiada.

Geddel foi preso preventivamente (sem prazo determinado) junto com Gustavo Ferraz, Diretor-geral da Defesa de Salvador acusado de está ligado ao ex-ministro. A Prefeitura da capital baiana demitiu Ferraz logo após a prisão. Geddel se recusa a passar as senhas dos computadores e celular. Sendo um ativista anti-corrupção onde saiu contra o governo de Dilma, está sendo preso por corrupção e ainda se recusa a colaborar com a PF.