Arquivo da tag: Saúde

170 municípios ficam sem receber novas doses de vacina contra Covid-19

Conforme o decreto nº 36.531 do Governo do Maranhão, dos 217 municípios do Maranhão, 170 estão impossibilitados de receber novas doses da vacina contra o novo coronavírus.

O Governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou nesta quarta-feira (03) um novo decreto que impôs novas medidas preventivas objetivando conter a proliferação da Covid-19. O decreto determina que “municípios que não tenham efetivamente aplicado, conforme registro no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIM), pelo menos 60% das vacinas recebidas terão a entrega de novas doses suspensa até o atingimento do referido percentual”.

Abaixo, por regional, confira as cidades que, neste momento, estão impedidas de receber vacinas de um novo lote de mais de 62 mil doses que o Governo maranhense adquiriu:

Regional Açailândia – Açailândia, Buriticupu, Cidelândia, São Francisco do Brejão, Itinga do Maranhão, São Pedro da Água Branca, Vila Nova dos Martírios.

Regional Bacabal – Bacabal, Altamira do Maranhão, Conceição de Lago Açu, Lago Verde, Olho D´Água das Cunhãs, Paulo Ramos, Vitorino Freire, Alto Parnaíba.

Regional Balsas – Feira Nova do Maranhão, Fortaleza dos Nogueiras, Loreto, Nova Colinas, Riachão, Sambaíba, São Félix de Balsas, São Raimundo das Mangabeiras.

Regional Barra do Corda – Arame, Barra do Corda, Itaipava do Grajaú, Grajaú, Fernando Falcão, Jenipapo dos Vieiras.

Regional Caxias: Buriti, Coelho Neto, Duque Bacelar, São João do Sóter.

Regional Chapadinha: Água Doce do Maranhão, Anapurus, Araioses, Brejo, Chapadinha, Magalhães de Almeida, Milagres do Maranhão, Santa Quitéria do Maranhão, Santana do Maranhão, São Bernardo, Tutóia.

Regional Codó: Alto Alegre do Maranhão, Codó, Coroatá, Peritoró, São Mateus do Maranhão, Timbiras.

Regional Imperatriz: Amarante do Maranhão, Buritirana, Campestre do Maranhão, Carolina, Davinópolis, Estreito, Governador Edison Lobão, João Lisboa, Lajeado Novo, Montes Altos, Porto Franco, Ribamar Fiquene, São João do Paraíso, Senador La Roque, Sítio Novo.

Regional Itapecuru-Mirim: Anajatuba, Arari, Cantanhede, Itapecuru-Mirim; Miranda do Norte, Pirapemas, Presidente Vargas, São Benedito do Rio Preto, Vitória do Mearim.

Regional Metropolitana – Alcântara, Paço do Lumiar, São José de Ribamar.

Regional Pedreiras – Bernardo do Mearim, Esperantinópolis, Lago da Pedra, Lago do Junco, Lagoa Grande do Maranhão, Lima Campos, Pedreiras, Poção de Pedras, São Roberto.

Regional Pinheiro – Bacuri, Bequimão, Cedral, Central do Maranhão, Cururupu, Guimarães, Mirinzal, Pedro do Rosário, Peri Merim, Pinheiro, Porto Rico do Maranhão, Presidente Sarney, Santa Helena, Serrano do Maranhão, Turiaçu, Turilândia.

Regional Presidente Dutra – Capinzal do Norte, Fortuna, Gonçalves Dias, Governador Eugênio Barros, Governador Luiz Rocha, Graça Aranha, Presidente Dutra, Santa Filomena do Maranhão, São Domingos do Maranhão, Senador Alexandre Costa, Tuntum.

Regional Rosário – Bacabeira, Barreirinhas, Icatu, Morros, Rosário, Santa Rita, Santo Amaro do Maranhão.

Regional Santa Inês – Alto Alegre do Pindaré, Bom Jardim, Bela Vista do Maranhão, Governador Newton Bello, Monção, Pindaré Mirim, Pio XII, Santa Inês, Santa Luzia, Satubinha, Tufilândia.

Regional São João dos Patos – Barão de Grajaú, Benedito Leite, Buriti Bravo, Mirador, Nova Iorque, Paraíbano, Pastos Bons, São Domingues do Azeitão, São João dos Patos, Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão.

Regional Viana – Bacurituba, Cajapio, Cajari, Matinha, Olinda Nova do Maranhão, Palmeirândia, Penalva, São Bento, São João Batista, São Vicente Férrer, Viana.

Regional Zé Doca – Boa Vista do Gurupi, Cândido Mendes, Carutapera, Centro Novo do Maranhão, Godofredo Viana, Governador Nunes Freire, Luis Domingues, Maracaçume, Maranhãozinho, Nova Olinda do Maranhão, Presidente Medice, São Luzia do Paruá, Zé Doca.

Prefeitura de São Luís entrega 50 leitos para atendimento de pacientes Covid

A Prefeitura de São Luís entregou, na manhã desta terça-feira (16), 50 leitos exclusivos para atendimento a pacientes com casos moderados e graves de Covid-19, no Hospital da Mulher. A unidade será de referência da rede municipal de saúde.

Os leitos estão divididos em 30 de enfermaria, 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 10 de Suporte Avançado. Com isso, somente nesta unidade, serão 20 leitos para atendimento especializado para pacientes em estado mais grave da doença.

A entrega faz parte do Plano Municipal de Enfrentamento às Síndromes Respiratórias por meio do qual a Prefeitura de São Luís ofertará 120 leitos exclusivos para o tratamento dos pacientes infectados pelo coronavírus.

Durante a entrega dos leitos no Hospital da Mulher, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (PODEMOS), destacou que a Prefeitura tem tomado todas as medidas necessárias para combater a pandemia.

“Iremos disponibilizar em nossa rede 120 leitos exclusivos para atendimento a pacientes com Covid-19, sendo 30 leitos de UTI e 90 de enfermaria. O Hospital da Mulher, a partir de hoje, passa a ser nossa unidade municipal de referência para atendimento aos casos moderados e graves que exijam cuidados mais especializados. Temos aqui 50 leitos divididos em 10 de UTI e 40 de enfermaria, sendo que destes 40 leitos 10 serão leitos de suporte avançado. Portanto, são 20 leitos para atendimento especializado”, completou.

A unidade conta com equipe multiprofissional para atender aos pacientes e equipamentos como respiradores e ventiladores, bem como cilindros de oxigênio para dar todo o suporte que os pacientes necessitarem de ventilação mecânica invasiva – quando o equipamento é conectado ao paciente por meio de entubação -, e ventilação mecânica não invasiva – quando o equipamento é conectado ao paciente através de máscaras, durante o seu tratamento. Os pacientes atendidos no local serão encaminhados das unidades definidas como porta de entrada para o tratamento contra Covid-19.

Até o fim deste mês, também, serão entregues as demais quatro unidades para atendimento às síndromes respiratórias leves, localizadas na zona rural, Cidade Operária, Bairro de Fátima e área Itaqui-Bacanga, além do ambulatório especializado em reabilitação de pacientes e profissionais de saúde, que irá funcionar na Unidade Mista do Bequimão. Também entrarão em funcionamento os leitos no Hospital Universitário da Ufma – Unidade Presidente Dutra.

O secretário municipal de Saúde, Joel Nunes, explicou que a rede exclusiva para atendimento a pacientes com Covid-19 foi estruturada de modo a não atrapalhar a prestação dos demais serviços ofertados pela rede municipal de saúde. “Ontem nós entregamos o Centro Municipal de Atendimento às Síndromes Respiratórias Leves, no Centro de Saúde José Carlos Macieira, no Sacavém. Nos próximos dias, iremos entregar a Unidade Mista do Bequimão com 30 leitos de enfermaria, que também será nossa unidade de referência no tratamento pós-Covid e teremos ainda 40 leitos no Hospital Universitário, sendo 20 de UTI e 20 de enfermaria para ampliar nossa capacidade de atendimento. Fechando toda esta rede, faremos ainda a entrega mais de quatro centros para atendimentos às síndromes gripais leves espalhadas em áreas estratégicas da nossa cidade”, disse.

Para evitar prejuízos aos pacientes atendidos pelo Hospital da Mulher, que já referência na assistência à saúde feminina e em neurocirurgias, todos os procedimentos serão realizados no Hospital Universitário e o acesso aos serviços se dará por meio dos mesmos canais já utilizados antes, como o atendimento telefônico e a Central de Marcação de Consulta (Cemarc). O atendimento será feito por equipes próprias da Prefeitura que irão para o Hospital Universitário acompanhar os pacientes.

Além do titular da Semus, Joel Nunes, acompanharam o prefeito Eduardo Braide, a equipe do Hospital da Mulher e os vereadores Álvaro Pires e Domingos Paz.

Governo inclui adultos com 45 anos ou mais em público-alvo do drive-thru de testagem para covid-19

O drive-thru de teste para Covid-19, disponibilizado pelo Governo do Estado no Parque do Rangedor, passará a atender a partir desta quarta-feira (10) um novo público: adultos acima de 45 anos de idade. Idosos, gestantes, pessoas com deficiência e pessoas de 50 a 59 anos continuam como público-alvo do serviço, que permanece ativo por tempo indeterminado. 

O serviço, que integra as ações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) de combate à pandemia, é coordenado pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), e é uma das ferramentas para o monitoramento da Covid-19 na Grande Ilha. 

“Estamos acompanhando o desenvolvimento da Covid-19 no estado do Maranhão e ampliando nossos serviços de testagem gradualmente, incluindo agora pessoas acima de 45 anos. Queremos, com isso, identificar o paciente que está em fase de transmissão do vírus, para encaminhar para tratamento, quebrando a cadeia de contágio”, explicou o presidente da EMSERH, Marcos Grande.  

O drive-thru possui três tendas, instaladas no estacionamento do Parque do Rangedor, no Calhau, e funciona no horário de 8h às 16h, de segunda a sexta-feira. Cerca de 30 profissionais de saúde atuam diariamente no serviço. Pessoas que já testaram em drives anteriores não estão impedidas de testarem novamente.  

Desde quando o serviço de drive-thru de testagem foi reiniciado em São Luís, em 20 de janeiro, até 8 de fevereiro, foram realizados 9.605 testes rápidos. Destes, 7.938 apresentaram o resultado negativo.  

“O diagnóstico preciso e correto, assim como o quantitativo total de casos, são fundamentais para que o Governo do Estado proponha medidas relacionadas à prevenção e ao prognóstico da infecção”, complementou Lícia Dourado Trinta, coordenadora do drive-thru.  

Para realizar o teste, é preciso apresentar um documento oficial com foto. As mulheres grávidas devem apresentar também o cartão da gestante ou o teste de gravidez.

Por Governo do Estado

Governo do Maranhão suspende eventos de pequeno porte

O Governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES), realizou nesta segunda-feira (25), uma coletiva de imprensa para anunciar medidas na rede estadual de saúde diante do cenário de aumento de casos da Covid-19 no Maranhão.

O Secretario da Saúde, Carlos Lula, comunicou que estará suspensos eventos de pequeno porte por 14 dias (proibido aniversários, casamentos, batizados, etc) em todo o Maranhão.

Algumas das atividades consideradas não essenciais foram suspensas por 14 dias, tais como, cirurgias eletivas e consultas ambulatoriais, até mesmo os eventos de pequeno porte, que já haviam sido liberados no ano passado.

O secretário de saúde, Carlos Lula, afirmou que o que contribuiu para o grande número de contágio no estado foram as festividades de final de ano, como natal e Réveillon. Só em |São Luís, 80% dos leitos de UTI já foram ocupados. Unidades das UPAS do Vinhais e do Parque Vitória que serão exclusivas para pacientes suspeitos e confirmados com a doença.

Pazuello mente ao dizer que Saúde nunca indicou remédios contra a covid-19

O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, mentiu hoje ao dizer que a pasta nunca indicou nenhum medicamento para o tratamento da covid-19. Logo depois de sua posse, em 20 de maio, o ministério lançou um protocolo que sugeria a prescrição de hidroxicloroquina e cloroquina aos infectados, ainda que não haja nenhuma comprovação da eficácia desses remédios contra o coronavírus.

“A senhora nunca me viu receitar, dizer, colocar para as pessoas tomarem este ou aquele remédio. Nunca. Não aceito a sua posição. Eu nunca indiquei medicamentos a ninguém, nunca autorizei o Ministério da Saúde a fazer protocolos indicando medicamentos”, disse o ministro a uma jornalista durante coletiva no Palácio do Planalto.

O protocolo divulgado em maio, porém, orienta o uso de cloroquina, hidroxicloroquina e outros medicamentos, bem como a dosagem recomendada (abaixo rasuradas) para cada um deles.

Assim como o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Pazuello já defendeu o uso de cloroquina contra a covid-19 em diversas oportunidades. Em 21 de julho, por exemplo, o ministro citou o antimalárico e a ivermectina, que também não tem eficácia comprovada contra a doença, quando falava sobre “tratamento precoce”.

À época, apesar da existência do protocolo, Pazuello disse que era apenas uma “orientação”, não uma diretriz. Segundo ele, o Ministério da Saúde apenas apresentou quais medicamentos estão sendo usados, quais estão dando resultados e qual a melhor dosagem e momento de uso.

“Temos a hidroxicloroquina, ivermectina e azitromicina listadas, e cabe ao médico prescrever qual é o medicamento adequado naquela fase e para aquele paciente”, afirmou ele durante visita ao Rio Grande do Sul.

Depois, ao lado de Bolsonaro, ele voltou a recomendar o uso de cloroquina no tratamento da covid-19. A declaração foi feita em transmissão ao vivo em 22 de outubro (assista abaixo), um dia depois de Pazuello ser diagnosticado com a doença. Tanto ele como o presidente, que também já foi infectado, apareceram sem máscara.

Por UOL

STF sentencia que governo publique dados sobre a Covid-19

Nesta segunda-feira (23), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o Governo Federal deve divulgar diariamente os dados epidemiológicos integrais sobre a covid-19 como eram divulgados anteriormente pelo Ministério da Saúde.

No mês de junho, Ministério começou a restringir as informações na página online que mantém para comunicar a evolução da doença, mas voltou atrás após liminar do ministro Alexandre de Moraes.

A decisão foi realizada em plenário virtual da Corte, ferramenta que permite aos magistrados analisarem processos sem a necessidade de reunião física ou por videoconferência. Os ministros julgaram os pedidos enviados pela bancadas de oposição ao governo, cobrando transparência na divulgação dos dados do novo coronavírus. Para o ministro relator, Alexandre de Moraes, o fornecimento de todas as informações necessárias para o planejamento e combate à pandemia é obrigação do governo.

Nos termos da decisão, o governo federal fica obrigado a divulgar os dados “exatamente conforme realizado até o último dia 04 de junho de 2020”. A decisão se estende ainda ao governo do Distrito Federal que, em agosto, também mudou a metodologia de contabilidade dos casos e óbitos e agora deve retornar ao modelo anterior dos boletins.

Kroton contrata profissionais de medicina para o programa Mais Médicos

A companhia abre vagas de emprego para docentes da área no Maranhão, além de contribuir para a melhoria da saúde no estado

A Kroton, que integra a holding Cogna Educação, contará com 3 unidades de ensino no Mais Médicos. Através do programa, cujo objetivo é suprir a carência de médicos nas regiões onde há escassez ou ausência desses profissionais, a companhia vai beneficiar os municípios de Bacabal e Codó, localizados no Maranhão – estado com menor número de médicos por habitantes do país, segundo pesquisa do IBGE divulgada em 2019. Com a novidade, serão três unidades da marca Pitágoras que oferecem o curso de medicina, uma vez que desde 2018 a faculdade já oferece o Mais Médicos na cidade de Eunápolis, no extremo sul da Bahia, onde vem contribuindo para a transformação no cenário da saúde pública no município. 

Visando fomentar o número de profissionais nas regiões, o Mais Médicos prevê, ainda, investimentos em infraestrutura e equipamentos para o Sistema Único de Saúde (SUS), além de treinamento e capacitações de recursos da rede pública para o atendimento ao público, e a oferta de até 3 programas de residência para garantir a continuidade de formação de profissionais médicos na região. Em Eunápolis, desde que a faculdade Pitágoras passou a oferecer o curso de Medicina, a cidade já foi beneficiada com doação de foco cirúrgico – dispositivo para iluminar a área da cirurgia – e macas para o hospital municipal, um raio-x para a UBS, reformas do Instituto Médico Legal e da UBS, empréstimo de leitos para apoiar o combate à covid-19 no município e ações gratuitas de atendimento à população, como consultas e exames. 

Com a contemplação no programa Mais Médicos para Bacabal e Codó, a Pitágoras inicia a contratação de profissionais da área, abrindo vagas de emprego para docentes de Medicina no Maranhão. As oportunidades são para os profissionais com formação em Medicina, Biologia ou Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Matemática ou Estatística, Nutrição e Pedagogia. Preferencialmente, os candidatos devem possuir mestrado ou doutorado, e ter experiência em áreas como saúde básica, psiquiatria, clínica geral, ortopedia, infectologia, medicina intensiva, reumatologia, entre outras. As inscrições para o processo seletivo devem  ser realizadas na página de carreiras da Kroton, no site https://jobs.kenoby.com/kroton/. As etapas da seleção incluem inscrição no banco de talentos, verificação de requisitos, convocação para prova de aula e banca docente, análise de currículo e entrevista.  

No município de Bacabal, a Pitágoras está em atividade desde 2017, oferecendo cursos como Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Engenharia Civil, Mecânica e Elétrica, Direito, Biomedicina, Educação Física, Agronomia e Administração. Em Codó, a inauguração do prédio que funcionará a instituição de ensino está prevista para o primeiro semestre de 2021. 

Formação na área 

De acordo com o Conselho Federal de Medicina, quase meio milhão de médicos atuam no país. Para atender à crescente necessidade por profissionais da área, a Kroton está empenhada em ampliar ainda mais seu portfólio na área da saúde. Atualmente, oferece o curso – fora do programa Mais Médicos – em três estados: Bahia (Unime Lauro de Freitas) Mato Grosso (Unic Beira Rio) e Mato Grosso do Sul (Uniderp). Todas as graduações oferecem um mix de metodologias ativas. Desde o primeiro semestre do curso, o aluno é inserido na comunidade e no sistema de saúde por meio de atividades práticas integradas à teoria. 

Com mais de 3 mil alunos já formados em Medicina nas universidades da Kroton, o curso oportuniza que todos alunos passem por aperfeiçoamento em laboratórios avançados e de simulação realística, além de oferecer uma estrutura de ambulatório exclusiva, onde podem acessar a prática desde os primeiros semestres. Na graduação, os acadêmicos têm contato com a realidade da prática médica durante os estágios, por meio de parcerias com modernos centros de saúde nas áreas ambulatorial, clínicas e hospitalares.  

Sobre a Pitágoras 

Fundada em 2000, a Faculdade Pitágoras já transformou a vida de mais de um milhão de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação, extensão e ensino técnico, presenciais ou a distância. 

Presente nos estados de Minas Gerais, Maranhão, Goiás, Ceará, Pará, Piauí, Paraíba, Pernambuco, Acre, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Paraná e São Paulo, a Faculdade Pitágoras presta inúmeros serviços gratuitos à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Faculdade Pitágoras oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais.  

A Faculdade Pitágoras nasceu herdando a tradição e o ensino de qualidade oferecido pelo Colégio Pitágoras, fundado em 1966, que também deu origem ao grupo Kroton. Para mais informações, acesse: http://www.faculdadepitagoras.com.br 

Sobre a Kroton   A Kroton, que faz parte da holding Cogna Educação, uma companhia brasileira e uma das principais organizações educacionais do mundo, atende ao mercado B2C do Ensino Superior, levando educação de qualidade em larga escala. Presente em mais de 900 municípios em todo Brasil, a companhia conta com 176 unidades próprias, 1.410 polos de ensino a distância e mais de 844 mil estudantes, sob as marcas Anhanguera, Fama, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar. Transformar a vida das pessoas por meio da educação, formando cidadãos e preparando profissionais para o mercado, é a missão da instituição, que trabalha para continuar concretizando sonhos em todos os cantos do país. Para mais informações acesse: www.kroton.com.br

OAB recomenda praticas da pseudociência em sua Cartilha da Saúde Mental da Advocacia

A pseudociência são um conjunto de teorias, métodos e afirmações com aparência científica, porém usam de elementos falsos e não usam métodos científicos.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) recomendou em sua Cartilha da Saúde Mental da Advocacia a pratica e uso de pseudociência como métodos integrativas e complementares, como o Barra de Access. A cartilha contem ações que visam dar destaque a programas de prevenção e tratamento de doenças ocupacionais e mentais que afetam advogadas e advogados brasileiros.

A pseudociência são um conjunto de teorias, métodos e afirmações com aparência científica, porém usam de elementos falsos e não usam métodos científicos. O problema está em colocar essas falsas ciências como métodos recomendáveis para cuidar da saúde mental, como se houve alguma comprovação cientifica. Entre as pseudociências recomendadas está: a Meditação, Yoga e Barra de Access.

Sendo a OAB uma instituição que tem a finalidade a defesa dos direitos humanos, tem a obrigação não propagar métodos duvidosos e falsos. Por exemplo, a Barra de Access é fruto de uma religião chamada Cientologia que mistura ciência, dogmas religiosos e teria da conspiração que envolve alienígenas. Na Cartilha divulgada, a OAB afirma que o método usa abordagem terapêutica, o que é puramente falso, pois a Barra Access nunca foi aceita pela Psicologia ou Psiquiatria. O criador do método, Gary Douglas, nunca publicou qualquer artigo que comprovasse a eficácia dessa abordagem terapêutica.

A recomendação de uso da pseudociência pode agravar um problema psicológico, do mesmo modo que não se deve recomendar e incentivar o uso de remédio sem recomendação médica. Nesse caso, existe o perigo do uso de um método falso e sem comprovação da área da psicologia.

A denuncia foi feita pela Doutora em Física de Partículas, Gabriela Bailas, em seu canal do Youtube “Física e Afins”. A doutora usa o Youtube para propagar o conhecimento cientifico e combate a propagação das pseudociências. No vídeo, ela explica a origem e toda a história por trás da Barra de Access.

https://www.youtube.com/watch?v=dx_z4HWGKAQ&t=273s

Maranhão tem o maior número de casos de câncer de pênis no mundo, diz pesquisa

Uma pesquisa realizada pelo Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA) mostra que o Maranhão tem o maior número de casos de câncer de pênis no Brasil e no Mundo.

Foram utilizados dados de três hospitais de São Luís, sendo eles o Hospital Universitário da UFMA, Hospital Aldenora Belo e Hospital Geral Tarquinio Lopes Filho e foi feito com base em registro de 2004 a 2014 de cada uma dessas instituições referentes aos prontuários e laudos das biopsias.

Em uma faixa-etária entre homens de 18 e maiores de 80 anos, foram detectados 392 casos de câncer de pênis. Destes, mais de 90% estão associados com o HPV. Baseado na pesquisa, o artigo científico “Penile Cancer in Maranhão, Northeast Brazil: the highest incidence globally?”, publicado recentemente na conceituada revista interncaional BMC Urology, determina a incidência mínima de câncer de pênis e descreve as características epidemiológicas e clínicas dos pacientes diagnosticados com a doença no estado do Maranhão.

Fonte: MA 10

 

Vacinação contra Influenza começa próxima segunda no Maranhão

Na próxima segunda-feira (23) começa a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza que deve vacinar mais de 1,6 milhão de maranhenses contra as gripes H1N1 e H3N2. A campanha vai até 1° de junho, e o Dia “D” de mobilização está marcado para o dia 12 de maio.

A vacina previne contra os subtipos do vírus Influenza A e contra a Influenza B. O governo tem como meta vacinar 1.687.524 maranhenses. No total, o Ministério da Saúde (MS) vai enviar 1.858.500 doses de vacina para o Maranhão, divididos em sete lotes.


Leia mais Notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp (98) 98506-2064

Para O Cubo crescer, vamos precisar da sua ajuda. Seja patrão do blog dando um pequeno patrocínio.

https://www.catarse.me/ocubo?ref=project_link


Digite seu e-mail para assinar as notificações deste site

Junte-se a 1.389 outros assinantes