Décimo terceiro: veja dicas para usar o dinheiro de forma eficiente

Veja dicas para aproveitar melhor a renda extra que chega no fim do ano

Anúncios

Quem trabalha em regime de CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) recebe junto a remuneração de novembro e dezembro – prazo limite para as empresas efetuarem o pagamento – um valor equivalente ao décimo terceiro salário. E a pergunta que sempre fica no ar é: “qual a melhor estratégia financeira para esse recurso financeiro?”… comprar presentes de Natal, investir em renda fixa ou guardar o dinheiro em uma caderneta de poupança?
 

Na opinião do professor do curso de Administração da Faculdade Anhanguera, Kennedy Chaves Veloso, é importante que todos tenham cautela com o valor extra, analisando com calma o que fazer, já prevendo 2023. Entre as maneiras de utilizar bem o valor extra estão: quitar as dívidas, pagar as contas do início do ano, como IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), fazer investimentos ou poupar parte do dinheiro.

Anúncios

“Cada pessoa deve usar o dinheiro extra do décimo terceiro de forma inteligente, levando em conta sua situação financeira. Quem tem dívidas, deve quitá-las antes de contrair novas ou pensar em investir. Além disso, é importante também planejar os gastos do ano seguinte, que costumam sempre pesar no orçamento dos primeiros meses do ano”, completa.
 

O professor universitário elencou, a seguir, cinco dicas cruciais para usar o décimo terceiro salário de forma inteligente.
 

1. Dívidas
 

Anúncios

Quem está no cheque especial ou parcelas de financiamento no cartão de crédito, deve usar o décimo terceiro salário para quitar essas dívidas. Se não der para “zerar” tudo, comece pelas contas que cobram os juros mais altos. Use a quantia recebida para ganhar um abatimento das dívidas na hora da negociação.
 

2. Contas do começo do ano
 

O planejamento é fundamental para tudo na vida. Já pensou começar o ano com o IPTU, IPVA, matrículas e materiais escolares pagos? Pois é, utilize o recebimento de novembro e dezembro para começar 2022 com uma folga no orçamento.
 

3. Reserva de emergência
 

Ter um fundo para imprevistos é fundamental para deixar a cabeça tranquila. Nunca se sabe quando vai ocorrer uma doença na família ou a perda de um emprego. Por isso, aproveite o salário extra para iniciar um “fundão”. O ideal é que se tenha um valor equivalente a, pelo menos, seis meses de despesas mensais.
 

Anúncios

4. Investimentos
 

Se você já tem um fundo para emergências e não tem dívidas, aproveite para investir. Escolha investimentos adequados às suas necessidades. O salário também pode se transformar no primeiro passo para contratar produtos financeiros que garantam a segurança financeira de todos da sua casa. Sempre aplique o dinheiro de forma estratégica, de olho no futuro.
 

5. Presentes
 

Se ainda assim você é daqueles que não consegue ficar sem gastar na época em que mais se presenteia, busque promoções. Aproveite a Black Friday e antecipe as compras, utilize apenas uma parte do valor recebido para os presentes.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

União estável: quais os direitos e os deveres das pessoas que optam por ela

Com o número crescente desde o auge da pandemia, pessoas buscam regrar suas relações

Anúncios

O termo “união estável” já não é novidade. Já faz alguns anos que a escritura de união estável vem sendo cada vez mais adotada pelos casais brasileiros. Com a pandemia, aumentou, de maneira significativa, as formalizações destas uniões, principalmente em razão das mudanças nas relações, onde muitos casais passaram a dividir a mesma casa. “União estável se dá quando duas pessoas se unem, de forma duradoura, contínua e com convivência pública, sempre com o objetivo de constituir família”, comenta o Substituto do Tabelião, Douglas Gavazzi, do Cartório Paulista, de São Paulo, SP, ao explicar que esta escritura tem a finalidade de regrar os direitos e os deveres do casal, podendo definir o regime de bens e até mesmo a alteração dos nomes.

Segundo ele, é indicada para as pessoas que desejam definir um regime de bens que regre a relação, para que fique provada a convivência perante os órgãos públicos e, assim, garantir todos os direitos em caso de falecimento de um dos dois. Gavazzi conta que antigamente a lei estabelecia um prazo de cinco anos para a configuração da união estável. Já o código civil atual e a jurisprudência, excluiu a necessidade de comprovação de tempo, sendo que agora o requisito imprescindível para a sua configuração é o chamado animus familiae (objetivo de constituição de família).

Anúncios

Idade
 

A união estável pode ser constituída a partir dos 16 anos. Porém, é necessário haver uma autorização dos pais do casal. De acordo com o substituto do tabelião, trata-se de uma emancipação de forma indireta que, neste caso, o regime de bens deverá ser o da separação obrigatória. “A partir dos 18 anos o casal não precisa de qualquer autorização e pode contratar livremente”, diz, ao revelar que não existe divórcio dentro da união estável. Se por ventura a relação não prosperar, o casal precisará dissolver a união por meio de uma nova escritura. “Para oficializar a dissolução, além do consenso dos conviventes, o casal não pode ter filhos menores de idade e é necessária a assistência de um advogado. Caso haja filhos menores, será preciso recorrer ao judiciário. Quanto aos documentos necessários, é preciso das identidades das pessoas e da certidão que comprove o seu estado civil.” Segundo Gavazzi, quando consensual, este procedimento pode ser online, por meio de videoconferência e de assinatura digital, por meio de certificado padrão ICP-Brasil ou e-notariado.
 

Anúncios

Atente-se
 

É possível acontecer de uma pessoa já ter um contrato de união estável de um antigo relacionamento, mas se casar com outra no civil. Para evitar que este e problemas maiores possam ocorrer, após a lavratura da escritura de união estável, recomenda-se registrar a união estável no Registro Civil. “No entanto, é importante ressaltar que ela se dissolve e se extingue com a ruptura da vida comum. Além disso, se a afetividade terminar, a dissolução da união estável se dá pelo término da convivência, possibilitando o casamento. Porém, não isenta o ex-casal de sofrer consequências jurídicas”, adverte.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Natal Solidário da APAE de São Luís

Beleza, emoção e propósito de ampliar a rede do bem…. Essas foram as marcas do evento promovido pela Apae de São Luís no lançamento da Campanha Natal Solidário 2022, realizado em uma live e que apresentou os novos produtos à venda para ampliar essa corrente de solidariedade, e que são também opções de presentes de Natal.

Anúncios

Com o tema “Esperança que APAExona” o evento foi aberto pelo Presidente da instituição, Sebastião Vanderlaan Rolim, que reforçou a necessidade de arrecadação de recursos para a ampliação e manutenção das atividades socioeducativas da escola Eney Santana, mantida pela instituição, e que atualmente atende cerca de 256 crianças, adolescentes e adultos, além de prestar apoio aos familiares.

Outro destaque foi o Coral formado por pais, assistidos e funcionários da APAE de São Luís que se apresentou com o tenor Sérgio Pacheco. Eles entoaram canções natalinas para celebrar esse momento de amor e fraternidade.  A programação contou também com a participação de pais e alunos que relatam suas experiências da transformação de vidas, através do atendimento realizado pela APAE de São Luís, com serviços prestados pela Assistência Social, Educação e Saúde desenvolvidas pela instituição.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

ADH4RAA confirma participação no Festival Kebrada

A artista independente ADH4RAA , confirmou sua participação no Festival Kebrada e conta que em seu show apresentará ao público, seu próximo lançamento um R&B ”BaBy’B” é uma faixa que será lançada em janeiro , produzida pelo produtor Carioca Xavier2bit que já produziu grandes nomes no cenário Hip Hop como Nabrisa, Major RD entre outros.

Anúncios

A Rapper , Cantora e Compositora, de apenas 22 anos também deixou claro, que lançara algumas faixas de seu novo EP o qual será lançado em 2023, o EP com 7 faixas é intitulado “7caos” e está sendo produzido em collab com o produtor CARVXLIO (Carv) , que produziu a faixa “Nivy – Quinto Degrau ” .

Em carreira solo, participou do Festival Baddest Party em 2021, em São Luís-MA. Ato que a fez capa no Jornal Difusora ON, além de obter matérias na revista O cubo, no noticiário periférico e Jornal JMTV, disponível ainda no site G1, em 2022 participou do festival Facada Fest , em Marabá-PA, movimento anti-racista. 

Anúncios

E pra fecha esse ano no drop , subirá ao palco do “Festival Kebrada”, show que conta com participações de grandes artistas do cenário músical marenhense. 

Arte e Resistência

A jovem nortista , flutua entre o ReB , Trap e declamações de poesias, Adh4raa compõe sobres suas vivências como mulher negra paraense vem trazendo músicas autorais , que excitam o empoderamento feminino, quebrando o machismo predominante na cena da cultura Hip Hop, um exemplo desse conceito é seu último lançamento “Gloss da Fenty ” Disponível em todas as plataformas de streaming. 

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Paulão apresenta mix de ritmos afro-brasileiros em EP visual “Corpo Aberto”

Samba, reggae e jazz são alguns dos ritmos que o cantor e compositor maranhense explora em EP visual no YouTube 

Anúncios

A obra do cantor e compositor maranhense Paulão vem sendo marcada pela forte influência dos ritmos afro-brasileiros. Em “Corpo Aberto” essas referências são expostas, mas numa equação elegante e genuína de ritmos e harmonias que são conduzidas pelas melodias da voz suave de Paulão. Batidas orgânicas e samplers se misturam a guitarras, sintetizadores, rhodes e efeitos sonoros, como se dizendo que o ancestral se faz presente no agora.  

O EP apresenta fortes referências dos ritmos lo-fi, samba, jazz, soul e à artistas como Tim Maia e Jorge Bem formando um bom caldo sonoro. No entanto, esses elementos são trazidos em meio a um sotaque maranhense que traz outro sabor para “Corpo Aberto”. Afinal, São Luís-MA tem seu toque de caribe, influenciada por ritmos como reggae, dancehall e o dub – notas que se fazem sentir no trabalho. Além do próprio bumba-meu-boi, manifestação afro-indígena maranhense, é re(v)ferenciada em algumas passagens do EP e também é possível sentir as batidas dos blocos tradicionais na faixa “Tô Só”.   

Anúncios

A escrita sensível de Paulão faz com que “Corpo Aberto” seja um disco de sutilezas, em que o artista expõe vulnerabilidades e humanidades que o racismo tenta apagar dos homens negros. Como o próprio cantor diz em “Tô Só”, é “preciso chorar”. Outros temas estão presentes como a exaltação da ‘vadiagem’ como resistência cultural em “Vadio” e reflexões sobre as cidades e o tempo em “Hoje tudo vai bem”, tudo costurado de forma precisa pelo lirismo de Paulão.   

O título do EP é uma expressão que chama atenção, dado ser mais comum a referência a “corpo fechado” na cultura afro-brasileira. Segundo o artista, “Corpo Aberto fala sobre o próprio movimento, o caminho, a construção de identidades, a abertura aos encontros comigo, com o lugar e com a comunidade. Não deixa de ser também sobre as vulnerabilidades de um corpo aberto por feridas físicas, emocionais e espirituais”.    

Paulão assina a produção musical do EP em parceria com Adnon Soares, sendo uma produção do selo Upaon Mundo. O EP conta ainda com participações de Dicy e Joquebede como backing vocals e uma parceria inédita com a rapper Pantera Black. O ícone Humberto de Maracanã (in memoriam) é sampleado em “A Coroa”, uma espécie de bumba dub, trazida por Paulão como encerramento do disco. Contribuições relevantes também surgiram com as participações dos músicos Diogo Nazareth e Isaías Alves.   

Anúncios

“Corpo Aberto” é também um EP visual dirigido pela diretora e fotografa Ingrid Barros, que transforma os sons e estéticas regionais em uma obra visual alinhadas a cultura diaspórica, amores e as belezas que esculpiram o Maranhão e o Brasil. A produção é assinada por Gabriel Marques, direção de fotografia de Jonas Sakamoto, Neila Albertina na direção de arte, João Belfort no figurino e Stenio Maciel assinando a maquiagem. Além de participações especiais de Célia Sampaio, Seu Baixinho, Pantera Black, Dallyyla Amazzyymba, Dicy, Eduardo Guterres e Thais Regina, o EP visual está disponível no YouTube, no formato ‘visualizer’ em oito vídeos.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Mais Renda participa do Natal do Maranhão neste fim de semana

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), irá levar o programa Mais Renda para o “Natal do Maranhão – O Maior a Nossa História”, que será aberto, oficialmente, neste sábado (3), a partir das 18h. O evento contará com diversas atrações, na Praça Deodoro, em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite.

Anúncios

Durante toda a programação natalina do Governo do Estado, os beneficiários do Mais Renda estarão vendendo os mais diversos tipos de lanches, na Praça Dom Pedro II e na Praça Deodoro, no período de 3 a 23 de dezembro.

Para o secretário da Sedes, Paulo Casé Fernandes, a participação assídua dos beneficiários do Mais Renda é a comprovação do sucesso do programa. “O Mais Renda vem se destacando cada vez em nosso estado e, com isso, está ganhando espaço em grandes eventos. Devemos essa conquista ao nosso governador Carlos Brandão, que sempre se mostrou sensível no que tange as políticas de geração de renda e de inclusão socioprodutiva em nosso estado”, afirmou o secretário.

Anúncios

Sobre o programa

O Mais Renda já beneficiou aproximadamente 5 mil beneficiários, contemplando 98 municípios do Maranhão, incluindo a capital São Luís.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Natal do Maranhão 2022 será aberto oficialmente no dia 3 de dezembro, na Praça Deodoro

O Natal do Maranhão 2022 – “O Maior da Nossa História” – será aberto oficialmente neste sábado (3), a partir das 18h, com uma vasta programação na Praça Deodoro, em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite. A solenidade de abertura terá a presença do governador Carlos Brandão, e de secretários de Estado, dentre outras autoridades. Na programação haverá apresentação da Orquestra João do Vale, desfile natalino com personagens do Natal, além de outras atividades.

Anúncios

O Natal do Maranhão 2022 é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e vai acontecer em 20 bairros da capital e zona rural, e em mais 20 cidades maranhenses.

Além das programações, uma decoração especial de Natal abrilhanta o Centro de São Luís, a exemplo da Praça dos Pescadores, portal de entrada da cidade, Praça Dom Pedro II, Palácio dos Leões, Prédio da JUCEMA, Palácio Episcopal, Igreja da Sé, Secretaria de Turismo, Edifício João Goulart, Tribunal de Justiça, Praça dos Catraeiros, Praça Nauro Machado, Praça Deodoro, Biblioteca Pública, além do Forte Santo Antônio (na Ponta d’Areia).

“O tradicional projeto de Natal do Maranhão este ano traz várias novidades. O desfile que acontecia na Beira-Mar, este ano será na Praça Deodoro; além disso, teremos programações itinerantes nos bairros e em mais 20 municípios maranhenses. Será realmente o maior Natal da nossa história”, disse o secretário de Estado da Cultura, Yuri Arruda.

Anúncios

A programação do Natal na capital ocorrerá em 6 pontos com várias atividades. Na Praça Deodoro, acontece até o dia 23 de dezembro, com desfile natalino, visitação à casa do Papai Noel, encenação lúdica na casa do Papai Noel, apresentações musicais, Cantata Natalina, além de máquina de neve. Uma das novidades deste Natal é que também na Praça Deodoro haverá apresentação de vídeo mapping. Os beneficiários do programa Mais Renda também estarão dentro do circuito, comercializando várias guloseimas e produtos artesanais.

Programação no Centro Histórico

Na Praça Dom Pedro II, a programação acontece a partir do dia 4, e terá apresentação, assim como em anos anteriores, de vídeo mapping na fachada do Palácio dos Leões. No local ainda haverá palco para apresentações natalinas de danças, corais e musicais, árvore cantante, presépio e espaços instagramáveis. O Palácio Episcopal será decorado com luzes.

Anúncios

Na Praça Nauro Machado e na Praça dos Catraeiros, haverá luzes, decoração e espaços para tirar lindas fotos.

Na REFFSA (Beira-mar), a população vai se encantar com a decoração do prédio, e o trem soltando fumaça. Um Laser Show na fachada vai projetar luzes sobre as águas do mar, além de um painel interativo e outro em 3D.

E na Rua Portugal, haverá um espetáculo de luzes, projetado nas ruas e nas fachadas dos prédios, por meio dos Globes Show (globos espelhados efeito arquitetônico).

O Natal do Maranhão 2022 tem patrocínio do Mateus, Equatorial, Audiolar, Potiguar e Fribal.

Natal acontece em 20 bairros da capital

Anúncios

Este ano, o Natal acontecerá com uma programação itinerante, com a participação do espetáculo Natalina da Paixão, da Cia Barrica, nos espaços Vivas dos bairros da capital: Anjo da Guarda, Anil, Cidade Operária, Cohatrac, Coroadinho, Estiva, Ipase, João Paulo, Liberdade, Maracanã, Praça da Ilhinha, Quebra-Pote, Santa Bárbara, Turu, Vinhais, Vila Embratel e Vila Palmeira; além do Viva Maiobão (em Paço do Lumiar), e nas cidades de São José de Ribamar e Raposa.

O Natal nos bairros tem apoio do Sistema Fiema.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Sindicato dos Rodoviários deflagra greve geral em São Luís em até 72 horas

Durante a Assembleia Geral Extraordinária, realizada neste sábado (03), o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, decidiram deflagrar greve geral em São Luís em até 72 horas, para segunda-feira (05).

Anúncios

O motivo da greve é o descompromisso do Sindicato Patronal (SET) em pagar o décimo terceiro do trabalhadores Rodoviários. O SET enviou um oficio propondo pagar o décimo terceiro em oito parcelas mensais. Em assembleia, os rodoviários recusaram a oferta.

Veja a nota:

Em Assembléia, Rodoviários decidem por unanimidade deflagrar greve geral em São Luís em até 72 horas.

Na manhã deste sábado (03), o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, realizou Assembléia Geral, na sede da entidade, para informar os trabalhadores sobre o recebimento de um oficio encaminhado pelo sindicato patronal (SET), informando que o décimo terceiro dos trabalhadores Rodoviários que atuam no sistema de transporte público na Grande São Luís, será pago em oito parcelas mensais. Não iremos aceitar esse absurdo informado pelos patrões, O 13º salário é um direito adquirido pelos trabalhadores brasileiros.

Anúncios

Diante desse cenário, a categoria decidiu em votação deflagrar Greve Geral, a entidade irá tomar todas as medidas cabíveis, jurídicas, e irá comunicar a justiça e todos os órgãos competentes. O que os patrões estão querendo fazer é um total desrespeito e injustiça contra a nossa classe. A paralisação do transporte público da Grande Ilha acontecerá nas próximas 72 horas, caso o Sindicato Patronal não apresente condições justas, que atenda os direitos e reivindicações dos trabalhadores.

“Os empresários já não cumprem vários acordos, estabelecidos conforme Convenção Coletiva de Trabalho. Atrasam salários, atrasam o ticket alimentação, atrasam pagamento das férias e agora sugerem esse absurdo, pagar o 13º salário em oito parcelas. Não vamos aceitar. Isso é uma afronta e um desrespeito aos trabalhadores. Nos reunimos em assembléia geral, agora pela manhã, e foi decidido pela própria categoria cruzar os braços, pois com essa proposta indecente dos patrões não nos resta outra alternativa, que não seja partir para greve”, enfatiza Marcelo Brito, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

Ascom Sind. Rodoviários -MA

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Pesquisa com Brasil e mais 10 países revela impacto da pandemia nos currículos

Estudo do Vozes da Educação, encomendado pelo Movimento pela Base, mostra que Covid-19 exigiu intervenções curriculares e que sistemas de ensino não estavam preparados para situações emergenciais

Anúncios

Sem diretrizes educacionais emergenciais, países ricos e pobres, incluindo o Brasil, foram obrigados a promover intervenções curriculares tardias e algumas vezes desorientadas durante a pandemia de Covid-19, situação que prejudicou a trajetória da retomada, dificultando a recomposição das aprendizagens e a redução da evasão escolar.
 

Esta é uma das conclusões do estudo “Intervenções Curriculares na pandemia: um olhar para quinze territórios”, encomendado pelo Movimento Pela Base, rede não governamental e apartidária que monitora a implementação de qualidade da BNCC e do Novo Ensino Médio. A pesquisa foi realizada pela consultoria de inteligência educacional Vozes da Educação.
 

Anúncios

O levantamento apurou intervenções curriculares em 15 localidades de 11 países: África do Sul, Argentina, Brasil (município de Sobral-CE e estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul), Butão, Canadá (províncias de Ontário, Quebec e New Brunswick), Chile, Equador, Estados Unidos (estado de Massachusetts), Índia, Portugal e Reino Unido (Inglaterra). O levantamento aponta três tipos principais de intervenção (veja quadro abaixo).

Anúncios

“No Brasil e em outros países, as intervenções curriculares durante a pandemia tornaram-se uma necessidade, especialmente pelo longo período de fechamento das escolas, o que prejudicou o fluxo de aprendizagem”, explica Deborah Kaufmann, coordenadora de Inteligência de Dados do Movimento Pela Base. “Nosso país foi um dos que mantiveram as escolas fechadas por mais tempo e isso impactou nas adaptações necessárias ao currículo escolar.”
 

Intervenções x planejamento

A pesquisa detectou que houve intervenções curriculares por períodos de tempos pré determinados nas escolas dos 15 territórios analisados. Em 9 territórios, de 6 países, as mudanças foram obrigatórias para as redes de ensino, incluindo o Brasil, em suas 3 localidades (veja quadro abaixo).

Anúncios

Os países tiveram diferentes tempos de resposta para adaptação ao cenário da pandemia e início do planejamento e aplicação das intervenções: dos 15 territórios selecionados, apenas 5 apresentaram uma proposta de intervenção curricular ainda no primeiro semestre de 2020 – entre eles o estado de SP. Em Sobral (CE) e MS, isso ocorreu neste ano.
 

O levantamento aponta, ainda, que a intervenção curricular impactou outros eixos da educação básica: 8 territórios ofereceram formação para professores; 4 disponibilizaram material didático atualizado; 11 ofereceram recursos pedagógicos; e 8 adotaram estratégias de comunicação, como circulares, normativas, lives e orientações in loco.
 

Anúncios

“Construir uma intervenção curricular durante um evento de crise é uma tarefa mais complexa quando não há orientação sobre como realizá-la. Consequências dessa falta de diretriz podem se refletir no atraso da recomposição das aprendizagens e aumentar a evasão escolar, por exemplo”, aponta a pesquisa.
 

O levantamento cita, ainda, uma pesquisa da Unicef com 122 países, que revelou que cerca de 70% dos países de baixa e média renda fizeram intervenções curriculares durante a pandemia. E que apenas 1 dentre 5 países de alta renda o fizeram. A conclusão relaciona a necessidade de intervenção curricular ao tempo de escolas fechadas.
 

Desafios e BNCC

Kaufmann explica que as intervenções curriculares realizadas durante a pandemia visaram auxiliar os educadores na definição de quais habilidades e competências deveriam ser priorizadas, mas que a falta de um plano prévio para situações de emergência — como guerras ou desastres naturais — dificultou esse trabalho.
 

“Uma intervenção curricular precisa contextualizar necessidades, hierarquizar conteúdos, definir prioridades, avaliar a demanda por inclusão de conteúdos e, além de tudo isso, coordenar a comunicação de mudanças, a capacitação de professores e a distribuição de materiais. Na pandemia, foi um desafio para o qual todos precisavam estar melhor preparados”, alerta.
 

“O aprendizado que tiramos disso é a necessidade de órgãos de educação começarem a criar um planejamento prévio com diretrizes para futuras intervenções em casos de emergência. Um ponto positivo do Brasil nessa discussão é a BNCC (Base Nacional Comum Curricular), que define as aprendizagens essenciais da Educação Básica e com a qual os currículos estão alinhados. Ter o referencial da BNCC traz agilidade e clareza para escolas e redes promoverem intervenções curriculares, de acordo com cada realidade.”
 

Sobre o Movimento Pela Base

O Movimento Pela Base é uma rede não governamental e apartidária de pessoas e instituições que desde 2013 se dedica a apoiar a construção e implementação de qualidade da BNCC e do Novo Ensino Médio. Sua missão é trabalhar em parceria para garantir os direitos de aprendizagem e desenvolvimento de todas as crianças e jovens brasileiros.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Estudo mostra perfil de mulheres mais atingidas pelo câncer de colo de útero

Entre os casos analisados, mais de 60% eram em mulheres negras e cerca da metade em mulheres com baixa escolaridade

Anúncios

Mulheres negras, mulheres com baixa escolaridade e mulheres da região norte do país são as mais acometidas pelo câncer de colo de útero no Brasil. As informações estão na info.oncollect, publicação inédita da Fundação do Câncer.

Segundo o boletim, o câncer de colo de útero, em sua forma mais grave, acomete 49 a cada 100 mil mulheres no Brasil. Considerada apenas a região norte, a incidência é maior, 79 a cada 100 mil mulheres, a maior taxa do país. A região sudeste registra a menor incidência: 36 a cada 100 mil mulheres.

Entre os casos analisados, mais de 60% eram em mulheres negras e cerca da metade em mulheres com baixa escolaridade. Considerada apenas a forma mais grave do câncer, 62% dos casos foram registrados em mulheres com baixa escolaridade. O boletim usa dados populacionais e registros de cerca de trezentos hospitais do país de 2005 a 2019.

Anúncios

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), aproximadamente uma mulher morre a cada 60 minutos de câncer de colo de útero no Brasil: são 16.370 mil novos casos e 8.079 mortes a cada ano. Na região norte, o número é maior, 15 a cada 100 mil mulheres, enquanto na região sudeste cai para aproximadamente 6 mulheres a cada 100 mil.

De acordo com os pesquisadores, os dados mostram o quanto é desigual o atendimento ao câncer no Brasil, revelando a vulnerabilidade dessas populações e gargalos nos serviços de saúde.

Como se proteger

A principal causa do câncer de colo de útero, segundo o Ministério da Saúde, é a infecção por alguns tipos do vírus HPV (Papiloma Vírus Humano): cerca de 80% da população mundial será acometida por pelo menos um dos tipos de HPV ao longo da vida, e mais de 630 milhões de homens e mulheres (1:10 pessoas) estão infectados. No Brasil, acredita-se que haja de 9 a 10 milhões de infectados por esse vírus e que, a cada ano, 700 mil novos casos ocorram.

Anúncios

“Diante deste cenário alarmante, é fundamental conhecer e prevenir a doença”, afirma Carlos Moraes, ginecologista e obstetra pela Santa Casa/SP, Membro da FEBRASGO e Especialista em Perinatologia pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Albert Einstein, e em Infertilidade e Ultrassom em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO, e médico nos hospitais Albert Einstein, São Luiz e Pro Matre.

Segundo ele, o câncer de colo de útero tem início com alterações na região cervical chamadas de neoplasia intraepitelial cervical (NIC). “Essa neoplasia no útero tem como característica um desenvolvimento lento, que sofre interferências da angiogênese do colo do útero (quando as células tumorais estimulam a formação dos novos vasos sanguíneos necessários para o fornecimento dos nutrientes essenciais para seu crescimento acelerado)”.

O câncer de colo do útero pode ser dos seguintes tipos: carcinoma de células escamosas, que representa 70 a 80% dos casos; adenocarcinoma, de células pequenas e o sarcoma uterino, que é um tumor formado a partir de músculos, gorduras e tecidos fibrosos.

Anúncios

“Esse tipo de câncer uterino geralmente é descoberto quando já está em um estágio avançado. A realização de exames preventivos, como o Papanicolau, aumenta as chances de um diagnóstico precoce e de cura. A colposcopia e a biópsia são exames que também podem ser realizados para o diagnóstico”, orienta Carlos Moraes.

Para o tratamento do câncer de colo de útero podem ser realizados três tipos de procedimentos: cirurgia (como a criocirurgia, cirurgia a laser, conização, histerectomia, traquelectomia, extração pélvica ou dissecção dos linfonodos pélvicos), quimioterapia e radioterapia. “A vacinação preventiva está disponível para a população pelo SUS para meninas de 9 a 14 anos. Vale lembrar que o câncer de colo de útero tem quase 100% de prevenção com vacinação, diagnóstico e tratamento”, finaliza Carlos Moraes.

Leia mais notícias em ocuboblog.com e nos sigam nas redes sociais: Facebook, Twitter, Telegram, Instagram e Tiktok. Colabore com mais informações nos enviando através do telefone e whatsapp/telegram (98) 98506-2064 ou pelo e-mail ocuboblog@gmail.com

Ou mande qualquer quantia pelo PIX para ocuboblog@gmail.com

Blog Jornalístico